Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Modernas
 
Disciplina: FLM0498 - Práticas de Tradução do Francês

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2010 Desativação:

Objetivos
Familiarizar o aprendiz de língua francesa com a prática da tradução de textos. Conscientizá-lo da complexidade dessa prática, que envolve técnicas de análise e interpretação de texto, estratégias de produção textual e métodos específicos de pesquisa lexicológica, terminológica, estilística e cultural nas duas direções, do português para o francês e do francês para o português. Ainda que o curso privilegie a prática da tradução, espera-se que ele auxilie o aluno a desenvolver seus conhecimentos lingüísticos e culturais em língua e literatura francesa.
 
Docente(s) Responsável(eis)
458133 - Adriana Zavaglia
 
Programa Resumido
Trabalho prático progressivo apoiado em estudos teóricos visando à produção de traduções de textos tipologicamente distintos. Utilização de material de apoio à prática da tradução (dicionários, glossários, consultas a especialistas, sites da internet, ferramentas computacionais de tradução ou aplicadas à tradução). Análise das traduções efetuadas pelos aprendizes durantes as oficinas de tradução propostas.
 
Programa
Familiarizar o aprendiz de língua francesa com a prática da tradução de textos. Conscientizá-lo da complexidade dessa prática, que envolve técnicas de análise e interpretação de texto, estratégias de produção textual e métodos específicos de pesquisa lexicológica, terminológica, estilística e cultural nas duas direções, do português para o francês e do francês para o português. Ainda que o curso privilegie a prática da tradução, espera-se que ele auxilie o aluno a desenvolver seus conhecimentos lingüísticos e culturais em língua e literatura francesa.
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, exercícios de aplicação.
Critério

Participação, trabalhos práticos, prova escrita final.
Norma de Recuperação
Critérios: os mesmos utilizados no item acima; Época: até a primeira semana letiva do semestre subseqüente da reprovação.
 
Bibliografia
     
ARROJO, R. O signo desconstruído. Implicações para a tradução, a leitura e o ensino. Campinas, Pontes, 1992, p. 99-105.
AUBERT, F.H. As (In)fidelidades da tradução. Servidões e autonomia do tradutor, Campinas, Editora Unicamp, 1993.
BAKER, Mona (ed.). Routledge Encyclopedia of Translation Studies. London / New York: Routledge, 2005.
BASSNET, S. (1991) Translation Studies. Londres, Routledge.
BAKER, Mona. (1992): In other words. Londres: Routledge.
BERMAN, A. L’épreuve de l’étranger. Paris : Gallimard, 1995.
BOHANNON. L. (1971) Shakespeare in the busch. In SPRADLEY, J. P. & McCURDY, J. P. Conformity and Conflict: Readings in Cultural Anthropology. Boston, Little Brown and Co.
BUDICK, S. & ISER, W. (ed.). The Translatability of Cultures. California: Standford University Press. p. 25-36.
BORGES, Jorge Luis. (1926/1997): Las dos maneras de traducir. In: Textos recobrados. Buenos Aires: Emecé, 1997. Publicado por primera vez en La Prensa. Buenos Aires, 1 de agosto de 1926.
CARBONELL I CORTÉS, Ovidi. (1999): Traducción y cultura. Salamanca: Colegio de España.
CINTAS, Jorge Díaz. (2003): Teoría y práctica de la subtitulación: inglés / español. Barcelona: Ariel.
CORREA, Regina Helena Machado Aquino. (2000): Ensino de tradução e a tradução de cultura. In: DURÃO, Adja Balbino de Amorim Barbieri & ANDRADE, Otávio Goes (org.). Anais das II Jornadas de Estudos Hispânicos: Problemas de Ensino / Aprendizagem de Brasileiros Estudantes de Espanhol. Tomo II. Londrina: UEL.
GOETHE, J. W. von. (1819/1994): Diván de Oriente y Occidente. In: VEGA, Miguel Ángel (ed.). Textos clásicos de teoría de la traducción. Madri: Cátedra, 1994. p. 247-248.
CORDONNIER, J.L. Traduction et culture (coll. LAL). Paris: Hatier/Didier, 1995.
CORMIER, M.C. Proposition d'une typologie pour l'enseignement de la traduction technique. In: LEDERER, M. (org.) Études traductologiques en hommage à Danica Seleskovitch. Paris, Minard, 1990, p. 173-187.
DELISLE, J. & WOODSWORTH, J. (1995) Translators through history . John Benjamins/UNESCO.
ECO, U. Dire quasi la stessa cosa. Milano: Bompiani, 2004.
FUCHS, C. Paraphrase et énonciation, Paris, Ophrys, 1994.
GILE, D. Les fautes de traduction: une analyse pédagogique. In: Meta XXXVII, 2, 1992, p.251-262.
HURTADO ALBIR, Amparo (org.). (1999): Fundamentos. Objetivos de aprendizaje y metodología en la formación de traductores e intérpertes. In: Enseñar a traducir. Metodología en la formación de traductores e intérpretes. Madri: Edelsa.
LE FÉAL, K.D. Pédagogie raisonnée de la traduction. In: Meta XXXVIII, 2, 1993, p. 155-197.
MILTON, J. (1993) O poder da tradução. São Paulo, Ars Poetica.
_____ (1998): Tradução. Teoria e Prática. São Paulo: Martins Fontes.
OSIMO, Bruno (2001): O processo de tradução (primeira parte). In: Curso de tradução. Disponível na Internet em:
http://www.logos.it/pls/dictionary/linguistic_resources.traduzione_bp?lang=b
PORTINHO, W.P. (Org.) A tradução técnica e seus problemas. São Paulo, Editora Álamo, 1983.
RICOEUR, P. Sur la traduction. Paris : Bayard, 2004.
ROBINSON, Douglas. (1997/2002): Construindo o tradutor. trad. Jussara Simões. Bauru, SP: EDUSC. (Becoming a Translator. An accelerate course. Londres: Routledge, 1997.)
RÓNAI, P. A tradução vivida, 2ª ed. rev. e aum. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1981, p. 16-33.
ROSENTHAL, E. T. (1976) Tradução - Ofício e Arte. São Paulo, Cultrix/Edusp
SCHLEIERMACHER, F. (1813/1994): Sobre los diferentes métodos de traducir. In: VEGA, Miguel Ángel (ed.). Textos clásicos de teoría de la traducción. Madri: Cátedra, 1994. p. 224-235.
STEINER, G. Après Babel: Paris: Albin Michel, 1998.
VINAY, J.P. & DARBELNET, J. (1958) Stylistique comparée du français et de l'anglais. Paris, Didier.
WILSS, W.; SNELL-HORNBY, M. Translation Studies: An Integrated Approach. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 1988.
Tradterm Revista da FFLCH da USP.
Cadernos de Tradução da NUT da UFSC

OBSERVAÇÕES: São exigidos conhecimentos de francês.

 

Clique para consultar os requisitos para FLM0498

Clique para consultar o oferecimento para FLM0498

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP