Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Modernas
 
Disciplina: FLM0500 - Tradução e Literatura

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2010 Desativação:

Objetivos
Aprofundamento da análise e crítica da tradução pela observação das especificidades de textos literários de diferentes tipos traduzidos do francês para o português e vice-versa. Produção de traduções do francês para o português de textos literários em francês. Ainda que o curso privilegie a crítica e a prática da tradução, espera-se que ele auxilie o aluno a desenvolver seus conhecimentos sobre as características estilísticas e formais do texto literário.
 
Docente(s) Responsável(eis)
458133 - Adriana Zavaglia
 
Programa Resumido
A tradução é uma forma de prática dos textos. Os textos literários oferecem certos traços específicos que analisaremos a fim de criar condições de propor soluções aos desafios da prática da tradução literária.
 
Programa
Sensibilizar os alunos para a diferença entre os domínios literário e não-literário pela comparação de textos sob o olhar das tipologias e dos gêneros discursivos. Estudar em paralelo textos originais e suas traduções do francês para o português e vice-versa com o apoio das diferentes abordagens dos Estudos da Tradução, colocando em relevo a questão da autoria. Analisar criticamente as traduções por procedimentos específicos, colocando em relevo aspectos estilísticos e formais. Produzir traduções de textos literários curtos do francês para o português.
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, exercícios de aplicação.
Critério
Participação, trabalhos práticos, prova escrita final.
Norma de Recuperação
Critérios: os mesmos utilizados no item acima; Época: até a primeira semana letiva do semestre subseqüente da reprovação.
 
Bibliografia
     
AMOSSY, R., HERSCHBERG PIERROT, A. Stéréotypes et clichés. Langue, discours,société. Paris : Nathan Université, 1997.
ARROJO, R. Tradução, desconstrução e psicanálise. Rio de Janeiro: Imago, 1993.
AUBERT, F. H. Indagações acerca dos marcadores culturais na tradução. Revista de Estudos Orientais, São Paulo, v. 5, p. 23-36, 2006.
_____. Traduzindo as diferenças extralingüísticas - procedimentos e condicionantes. Tradterm, São Paulo, v. 9, p. 151-172, 2003.
AUBERT, F. H.; ZAVAGLIA, Adriana. Cultural markers in Brazilian translation. Perspectives: studies in translatology, Copenhague, v. 13, n. 1, p. 38-47, 2005.
_____. Reflexos e refrações da alteridade na literatura brasileira traduzida (1) - as versões de Sagarana para o frances e para o norueguês. Tradterm, São Paulo, v. 9, p. 173-188, 2003.
BASSNETT, S. Translation studies. Londres, Nova York: Methuen & Co., 1978.
BENJAMIN, W. La tâche du traducteur. In: ______. Oeuvres: mythe et violence. Tradução e prefácio de Maurice de Gandillac. Paris: Les Lettres Nouvelles, 1971. p. 261-275.
BENEDETTI, I; SOBRAL, A. (Orgs.). Conversas com tradutores: balanços e perspectivas da tradução. São Paulo: Parábola, 2003.
BERMAN, A. ; GRANEL, G.; JAULIN, A.; MAILHOS, G.; MESCHONNIC, H. Les tours de Babel : essais sur la traduction. Mauvezin : Trans-Europ-Repress, 1985.
DANON-BOILEAU, L. Du texte littéraire à l’acte de fiction: lectures linguistiques et réfléxions psychanalitiques. Paris: Ophrys, 1995.
DERRIDA, J. Des tours de Babel. In: GRAHAM, J. F. (Ed.) Difference in translation. Ithaca/Londres: Cornell University Press, 1985. p. 209-248.
FALEIROS, A. S.; GOMES, A. L. Editorial do número A tradução de Obras Francesas no Brasil. Cerrados (UnB), v. 23, p. I-VII, 2007.
FALEIROS, A. S. O tipográfico e o topográfico na tradução poética. Cadernos de Tradução (UFSC), v. XV, p. 35-54, 2005.
FROTA, M. P. A singularidade na escrita tradutora. Campinas: Pontes, 2000.
GAMBIER, Y. La Retraduction, retour et détour. Meta, 39 (3), 1994, p. 413–417.
GENTZLER, E. Contemporary translation theories. London: Routledge, 1993
GODARD, B. Une littérature en devenir: la réécriture textuelle et le dynamisme du champ littéraire. Les écrivaines québécoises au Canada anglais, Voix et Images, 72, 1999, 496-527.
JOLICOEUR, L. (Org.) Traduction et enjeux identitaires. Québec: Presses de L'Université laval, 2007.
LARANJEIRA, M. Poética da tradução. São Paulo: Edusp, 1993.
MESCHONNIC, H. Poétique du traduire. Lagrasse: Editions Verdier.
NERGAARD, S. (Org.). Teorie contemporanee della traduzione. Milano: Strumenti Bompiani, 1995.
PAES, J. P. Tradução: a ponte necessária – aspectos e problemas na arte de traduzir. São Paulo: Editora Ática, 1990.
PAZ, O. Traducción: literatura y literalidad. Barcelona: Tusques Editor, 1971.
PYM, A. Method in Translation History. Manchester, UK: St Jerome Publishing, 1998.
RIFFATERRE, M. La production du texte. Paris : Seuil, 1979.
RIVAS, P. (Org.). Dernière tentation de Valéry Larbaud: le Brésil. Paris: Cendres, 2005
RODRIGUES, C. C. Tradução e diferença. São Paulo: Editora UNESP, 2000. (Coleção Prismas).
RÓNAI, P. A tradução vivida. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1981. (Coleção Logos).
______. Babel & Antibabel: ou o problema das línguas universais. São Paulo: Editora Perspectiva, 1970. (Coleção Debates).
SIMON, S. Le Trafic des langues. Montréal: Boréal, 1994.
STEINER, G. After Babel: aspects of language and translation. Oxford: Oxford University Press, 1975.
TORRES, M.-H. C. Variations sur l´étranger dans les lettres: cent ans de traductions françaises des lettres brésiliennes. Col. Traductologie. Lille : Artois Presses Université, 2004.
TOURY, G. Descriptive translation studies and beyond. Amsterdam, Philadelphia: John Benjamins, 1995.
TYMOZCKO, M. Translation and Political Engagement: Activism, Social Change and the Role of Translation in Geopolitical Shifts. The Translator, Volume 6, Number 1, 2000, p. 23-47.
_____. Translation in a Postcolonial Context. Manchester: St. Jerome, 1999.
VENUTI, L. Escândalos da tradução. Tradução de Laureano Pelegrin, Lucinéa Marcelino Villela, Marileide Dias Esqueda, Valéria Biondo. EDUSC: Bauru, 2002.
_____. Rethinking Translation: discourse, subjectivity, ideology. Londres et New York: Routledge, 1992
_____. The Translator’s Invisibility: A History of translation. London: Routledge, 1995.
ZAVAGLIA, A. Lingüística, tradução e literatura: observando a transformação pela arte. Alfa (Araraquara) 48 (1), 2004, p.99-117.

OBSERVAÇÕES: São exigidos conhecimentos de francês.
 

Clique para consultar os requisitos para FLM0500

Clique para consultar o oferecimento para FLM0500

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP