Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Modernas
 
Disciplina: FLM0687 - Tópicos de Poesia de Língua Alemã
Topics in German Poetry

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2013 Desativação:

Objetivos
Desenvolver e aprofundar a capacidade de análise e interpretação de textos de poesia em língua alemã. Apresentar obras de poetas de língua alemã, de fins do século XVIII até o início do século XXI, não contempladas pelas disciplinas obrigatórias. Ampliar conhecimentos da poesia de língua alemã, de forma a oferecer base de comparações para a poesia em língua portuguesa. Desenvolver a capacidade crítica com relação aos textos teóricos relativos ao gênero da poesia. É necessário ter conhecimentos de língua alemã correspondentes a Língua IV para bom aproveitamento do curso.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
854312 - Juliana Pasquarelli Perez
 
Programa Resumido
Estudo e discussão de textos da poesia de língua alemã, escritos do final do século XVIII até o início do século XXI, tais como Goethe, Schiller, Friedrich Hölderlin, Clemens Brentano, Joseph von Eichendorff, Stefan George, Hugo von Hofmannstahl, Else Lasker-Schüler, Georg Trakl, Rainer M. Rilke, Gottfried Benn, Nelly Sachs, Paul Celan, Ingeborg Bachmann, Johannes Brobowski, H. M. Enzensberger, Ulrich Beil, Durs Grünbein, entre outros.
 
 
 
Programa
Formas poéticas e funções da poesia ao longo do tempo. A reflexão dos poetas sobre a poesia: estudos comparativos de textos poetológicos do século XVIII ao século XXI. A poesia em suas relações com outras artes e áreas do conhecimento. Leitura crítica de poemas de autores como Goethe, Schiller, Friedrich Hölderlin, Clemens Brentano, Joseph von Eichendorff, Stefan George, Hugo von Hofmannstahl, Else Lasker-Schüler, Georg Trakl, Rainer M. Rilke, Gottfried Benn, Nelly Sachs, Paul Celan, Ingeborg Bachmann, Johannes Brobowski, H. M. Enzensberger, Ulrich Beil, Durs Grünbein.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Leitura analítica e interpretação dos poemas.
Critério
Um trabalho escrito e mais uma atividade didática (seminário ou prova escrita) sobre um dos temas do curso.
Norma de Recuperação
Um trabalho escrito ou prova sobre um dos temas do curso, a ser entregue ou realizada até a primeira semana letiva do semestre subseqüente da reprovação.
 
Bibliografia
     
BACHMANN, I. Werke. München: Pieper, 1978.
BEIL, Ulrich. Aufgelassene Archive. Köln: Dumont, 1998.
BENN, Gottfried. Gesammelte Werke in 3 Bänden. Hg. Dieter Wellershoff. Frankfurt a. M., 2003.
CELAN, Paul. Sete rosas mais tarde. Seleção, tradução e introdução de João Barrento,Y.K.Centeno. Lisboa: Cotovia, 1993.
_______. Arte poética. tradução de João Barrento e Vanessa Milheiro; Posfácio e notas de João Barrento. Lisboa: Cotovia, sd.
______. Die Niemandsrose. Frankfurt ªM: Suhrkamp 2001. (BCA)
______. Der Meridian. Frankfurt a./M.:Suhrkamp 1999. (TCA).
GOETHE, Johann Wolfgang: Gedichte. Hg. von Karl Eibl. Frankfurt a.M.: Klassiker Verlag 1998.
GRÜNBEIN, Durs. Strophen für Übermorgen. Suhrkamp, 2007.
HÖLDERLIN, F. Sämtliche Werke (Stuttgarter-Hölderlin-Ausgabe). Hrsg. v. Friedrich Beißner, Stuttgart 1943-85. (StA)
HÖLDERLIN, F. Sämtliche Werke (Frankfurter Ausgabe). Historisch-Kritische Ausgabe hrsg. v. D. E. Sattler, Frankfurt a. M. 1975 ss. (FHA)
HÖLDERLIN, F. “Bevestiger Gesang”. Die neu zu entdeckende hymnische Spätdichtung bis 1806. Hrsg. Dietrich Uffhausen, Stuttgart 1989. (HBG).
Lasker-Schüler, E. Werke und Briefe. Gedichte. Kritische Ausgabe. Bearbeitet von Karl Jürgen Skrodzki unter Mitarbeit von Norbert Oellers [Hrsg. Norbert Oellers, Heinz Rölleke, Itta Shedletzky] Frankfurt. Jüdischer Verlag 1996. 2 Bd. Gedichte/Anmerkungen. Bd. 1.1; Bd. 1. 2
RILKE, R. M. Elegias de Duíno. Os sonetos a Orfeu. [Trad. Dora Ferreira da Silva]. Porto Alegre: Globo, 1972.
RILKE, R. M. Die Gedichte. Frankfurt a. M.: Insel 1993.
Schiller, Friedrich: Gedichte. Hg. v. Gerhard Fricke. Stuttgart: Reclam 1952 u.ö
TRAKL, Georg. Gedichte. Frankfurt a. M.: Suhrkamp, 1994.
______. Outono transfigurado. Trad. João Barrento. Lisboa: Assírio Alvim, 1992.


Textos críticos

BANDEIRA, M. “A versificação em língua portuguesa”. In: Seleta de prosa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira,1997. P. 533-558.
BOSI, Alfredo. Sobre alguns modos de ler poesia: memórias e reflexões. In: ___. Leitura de poesia. São Paulo: Ática, 1996.
BURDORF, Dieter. Einführung in die Gedichtanalyse. Stuttgart: Metzler, 1997. 2ed.
CÂNDIDO, A. O estudo analítico do poema. FFLCH, USP, 1993.
_______. Na sala de aula. Caderno de análise literária. São Paulo: Ática, 1989.
EMMERICH, W. Gottfried Benn. Reinbeck bei Hamburg: Rowohlt, 2006.
ENGEL, M. Hg. Rilke Handbuch. Leben- Werk- Wirkung. Stuttgart: Metzler, 2004.
GARRAIO, Júlia. Um lugar para a poesia. Günther Eich e a construção da imagem do poeta entre 1927 e 1959.
GELLHAUS, Axel. “Ofício de barqueiro”. Humboldt 77 (1998).
HILDEBRANDT, Olaf (org.). Poetologische Lyrik von Klopstock bis Grünbein. Gedichte und Interpretationen. Köln/Weimar/Wien 2003.
HÖLLER, Hans. Ingeborg Bachmann. Reinbeck bei Hamburg: Rowohl, 1999.
HOLTHUSEN, Hans Egon. Rainer Maria Rilke. Hamburg: Rowohlt 1958.
LEWIS, C. S. Um experimento na crítica literária. São Paulo: Ed. UNESP, 2009.
PETERSDORFF, Dirk. Geschichte der deutschen Lyrik. München, 2008.
SAID ALI, M. Versificação portuguesa. São Paulo: Edusp, 1999.
 

Clique para consultar os requisitos para FLM0687

Clique para consultar o oferecimento para FLM0687

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP