Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Modernas
 
Disciplina: FLM1005 - Literatura Alemã: de 1890 até 1945
German Literature: 1890 until 1945

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 10 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2016 Desativação:

Objetivos
Proporcionar conhecimentos das vanguardas alemãs através do estudo de tendências e autores representativos. b) Proporcionar conhecimentos das tendências da literatura de expressão alemã contemporânea, da década de 1990 até hoje, e de sua relação com a sociedade. Oferece aos alunos de Licenciatura conhecimentos gerais e modelos para trabalho com textos literários em sala de aula.
 
 
 
Programa Resumido
Estudo de uma ou várias tendências, obras e autores representativos do período de fins do século XIX até o fim da 2ª Guerra.
 
 
 
Programa
Análise e interpretação de um ou vários dentre os seguintes autores e tendências: Arthur Schnitzler, Rainer Maria Rilke, Else Lasker-Schüler, Expressionismo alemão, Kafka, Brecht, Thomas Mann, Alfred Döblin, Walter Benjamin, Robert Musil, Nova Objetividade, Literatura do exílio.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas e, facultativamente, seminários.
Critério
Uma prova escrita e/ou trabalhos escritos em alemão e/ou seminários.
Norma de Recuperação
Critérios: os mesmos utilizados no item acima; Época: no prazo estipulado pelo Calendário Escolar da USP.
 
Bibliografia
     
BECKER, Sabina; Kiesel, Helmuth (Hg.). Literarische Moderne. Begriff und Phänomen. Berlin: De Gruyter, 2007.
BRECHT, Bertolt, Teatro completo em 12 volumes. Vol. 3. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.
DÖBLIN, Alfred, Berlin Alexanderplatz (1929). München: dtv, 1977.
---, Berlin Alexanderplatz, trad. Irene Aron. São Paulo: Martins Fontes, 2009.
HERMAND, Jost & TROMMLER, Frank. Die Kultur der Weimarer Republik. München: Nymphenburger, 1978. Interpretationen. Romane des 20. Jahrhunderts, vol. I. Stuttgart, Reclam 1993.
JÜNGER, Ernst, In Stahlgewittern. Stuttgart: Klett-Cotta, 2001.
---, Tempestades de aço, trad. Marcelo Backes. São Paulo: Cosac & Naify, 2013.
KAES, Anton (org.). Weimarer Republik. Manifeste und Dokumente zur deutschen Literatur und politischen Publizistik. Stuttgart: Metzler, 1983.
KIESEL, Helmuth. Geschichte der literarischen Moderne. Sprache, Ästhetik, Dichtung im zwanzigsten Jahrhundert. München: Beck, 2004.
KAFKA, Franz, Der Prozeß. Text und Kommentar. Frankfurt a. M.: Suhrkamp Basis Bibliothek.
---, O processo, trad. Modesto Carone. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.
PINTHUS, Kurt (org.). Menschheitsdämmerung. Ein Dokument des Expressionismus. (1919) Reinbek: Rowohlt, 1959.
REMARQUE, Erich Maria, Im Westen nichts Neues (1930). Berlin: Ullstein, 1974.
---, Nada novo no front, trans. Helen Rumjanek. São Paulo: Abril Cultural, 1981.
HARTUNG, Harald (Hg.), Vom Naturalismus bis zur Jahrhundertmitte. Gedichte und Interpretationen, 5. Stuttgart: Reclam, 1983.
MIX, York-Gothart (Hg.), Naturalismus. Fin de siècle. Expressionismus. 1890-1918. München: Hanser / dtv, 2000.
RILKE, Rainer Maria, "Die Aufzeichnungen des Malte Laurids Brigge (1910)", Werke. Bd. 4. Frankfurt: Insel, 1996.
---, Os cadernos de Malte Laurids Brigge, trad. Lya Luft. São Paulo: Novo Século, 2008.
RÖTZER, Hans Gerd. Geschichte der deutschen Literatur. Bamberg: Buchner, 1992.
SCHNITZLER, Arthur, Fräulein Else und andere Erzählungen. Frankfurt a. M.: Fischer, 1996.
---, Senhorita Else, trad. Marijane Lisboa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
 

Clique para consultar os requisitos para FLM1005

Clique para consultar o oferecimento para FLM1005

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP