Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Modernas
 
Disciplina: FLM1007 - Literatura Alemã: Teatro
German Literature: Theatre

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2016 Desativação:

Objetivos
Leituras do cânone da literatura alemã, levando em conta o horizonte de expectativas e a competência linguística do leitor brasileiro. Oferece aos alunos de Licenciatura conhecimentos gerais e modelos para trabalho com textos literários em sala de aula.
 
 
 
Programa Resumido
A dramaturgia alemã, de Lessing até a atualidade. Tradição e modernidade. Teatro e política. Ceticismo e dúvida. Leitura e discussão de autores selecionados.
 
 
 
Programa
A tradição e a modernidade. A formação de um teatro nacional alemão. O drama burguês. A crise do drama moderno. Teatro e política. Ceticismo e dúvida diante da linguagem. Codificação da experiência cotidiana e a documentação da História (teatro documental). Leitura crítica de autores tais como Lessing, Lenz, Büchner, Kleist, Hauptmann, Wedekind, Kaiser, Brecht, Frisch, Eich, Dürrenmatt, P. Weiss, Kipphardt, W. Borchert, Tankred Dorst, Thomas Bernhard, Heiner Müller, Jelfriede Jelineck e outros.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas e, facultativamente, seminários.
Critério
Trabalho em alemão e/ou prova e, eventualmente, seminários .
Norma de Recuperação
Critérios: os mesmos utilizados no item acima; Época: no prazo estipulado pelo Calendário Escolar da USP.
 
Bibliografia
     
ANDREOTTI, Mario. Traditionelles und modernes Drama. Bern: Haupt, 1996.
BENTHIEN, Claudia. Ethos, Pathos, Ideologie - ein Forschungsbericht zum aktuellen Tragödiendiskurs. IASL, v. 37, n. 2, 2012. 422-461.
BOHRER, Karl Heinz. Das Tragische. Erscheinung, Pathos, Klage. München: Hanser, 2009.
BRECHT, Bertolt. Teatro Dialético - Ensaios. Ed. Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 1967.
HONOLD, Alexander. Risiko des Schauspiels. Die prekäre Balance dramatischer Verstellungskunst. In: SCHMITZ- EMANS, M.et al. (Org.). Literatur als Wagnis. Berlin, New York: de Gruyter, 2013.
LAZAROWICZ, K., BALME. Chr. Texte zur Theorie des Theaters. Ditzingen, Reclam, 1991.
MENNEMEIER, Franz N. Modernes deutsches Drama. Vol. 2. Munique, Fink,1975.
PFISTER, M. Das Drama. Theorie und Analyse. Stuttgart, UTB, 2001.
SZONDI, Peter. Theorie des modernen Dramas (1880-1950). Frankfurt a. M.: Suhrkamp, 1978.
http://theaterforschung.de/
WILLET, John. The Theatre of the Weimar Republic. New York; London: Homes&Meier, 1988.
SCHERER, Stefan. Einführung in die Dramen-Analyse. Darmstadt: WBG, 2010.
CARLSON, Marvin. Teorias do teatro. Trad. Gilson César Cardoso de Souza. São Paulo: Unesp, 1997.
LUKÁCS, Georg. Entwicklungsgeschichte des modernen Dramas. Darmstadt; Neuwied: Luchterhand, 1981.
 

Clique para consultar os requisitos para FLM1007

Clique para consultar o oferecimento para FLM1007

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP