Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Línguas Orientais
 
Disciplina: FLO0140 - Cultura Armênia I
Armenian Culture I

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2009 Desativação: 31/12/2017

Objetivos
Oferecer um panorama geral da história e cultura armênias.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
427308 - Deize Crespim Pereira
 
Programa Resumido
Armênia: história e cultura.
 
 
 
Programa
1. História da Armênia: panorama geral
2. A língua armênia: formação histórica e variedades lingüísticas
3. A origem do povo armênio: Gênesis; Hayk; O reino de Urartu
4. Período Pré-cristão: Literatura Oral. Mitologia. Grandes reis armênios da Antiguidade
5. A adoção do cristianismo
6. A criação do alfabeto e o Século de Ouro da literatura armênia
7. O reino armênio da Cilícia e o Século de Prata da literatura armênia
8. O genocídio dos armênios pelos turcos
9. A diáspora armênia no Brasil e no mundo
10. Traços da identidade armênia na (literatura da) diáspora

 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas e debates
Critério
Resenhas e monografias
Norma de Recuperação
A recuperação se fará mediante trabalho escrito

 
Bibliografia
     
ABRAHAMIAN, L. (2012). A Armênia e os armênios entre Oriente e Ocidente. In: CAVALIERE, A.; ARAÚJO, R.G. (orgs. 2012). Linguagens do Oriente: Territórios e Fronteiras. São Paulo, Targumim, p. 51-66.
ALEM, Jean Pierre. (1961). A Armênia. São Paulo, Difusão Européia do Livro. Tradução de ArakcyKafejian Martins Rodrigues.
ANANIKIAN, Mardiros H. (1925). The Mythology of All Races. Vol VII: Armenian Mythology. New York, Macmillan Co. Publicação eletrônica, disponível em:
ARLEN, M.J. (1978). Passagem para Ararat. Rio de Janeiro, Paz e Terra. Tradução de Ana Teresa J. Reynaud.
ARTZRUNI, Ashot. (1976). História do povo armênio. São Paulo, Comunidade da Igreja Católica Apostólica Armênia do Brasil.
CAMARGO, Y. M (1997). A importância dos Cantos de Goghten para a Literatura Armênia. Revista de Estudos Orientais, no1, março de 1997, p.105-122.
DAVIDIAN, Vicente Pe. (1965). Vida de São Judas Tadeu: Apóstolo da Armênia. Impresso por Comissão Especial do Exmo. e Revmo.sr. Dom Manuel Pedro da Cunha Cintra, Bispo de Petrópolis. Petrópolis, R.J.
DINIZ, B. (1990). O paganismo na formação cultural da Armênia e suas projeções. In: Berezin, R. (org.): Cultura Oriental e Cultura Ocidental: Projeções. São Paulo, DLO/FFLCH/USP, 1990, p.307-314.
GRÜN, Roberto (1992). Negócios & Famílias: Armênios em São Paulo. São Paulo, Editora Sumaré.
HACIKYAN, A.J. (2000a). “Mitologia Armênia”. In: HACIKYAN, A.J. (coord. 2000). The Heritage of Armenian Literature. Volume I: From the Oral Tradition to the Golden Age. Detroit, Wayne State University Press. Cap. 5: “Armenian Mythology”. Tradução de Deize C. Pereira (inédita).
HACIKYAN, A.J. (2000b). “A conversão ao cristianismo”. In: HACIKYAN, A.J. (coord. 2000). The Heritage of Armenian Literature. Volume I: From the Oral Tradition to the Golden Age. Detroit, Wayne State University Press. Cap. 6: “The Conversion to Christianity”. Tradução de Deize C. Pereira (inédita).
HACIKYAN, A.J. (2000c). “O Alfabeto Armênio”. In: HACIKYAN, A.J. (coord. ed. 2000). The Heritage of Armenian Literature: From the Oral Tradition to the Golden Age. Detroit, Michigan, Wayne State University Press. Cap. 7: “The Armenian Alphabet”. Tradução de Elaine Mathias de Castro (inédita).
HACIKYAN, A.J. (2000d). “A Idade de Ouro”. In: HACIKYAN, A.J. (coord. ed. 2000). The Heritage of Armenian Literature: From the Oral Tradition to the Golden Age. Detroit, Michigan, Wayne State University Press. Cap. 8: “The Golden Age”. Tradução de Elaine Mathias de Castro (inédita).
HAMALIAN, L. (1978/2004). “Cercado de generosidade e saudoso”. In: Burn After Reading. New York, Ararat Press, pp.106-111; publicado novamente em Ararat, vol. XLV, no. 179, Summer, 2004. Tradução de Deize C. Pereira (inédita).
HAMALIAN, L. (1980). As others see us: The Armenian Image in Literature. New York, Ararat Press.
HAMALIAN, L. (2001). “Uma pequena questão de identidade”. In: Armenusp I: Cadernos de Armênio. São Paulo, Humanitas, FFLCH/USP, p.123-137. Tradução de Rosana de S. Costa.
KERIMIAN, Nubar (1998). Massacre de armênios. São Paulo, Comunidade da Igreja Apostólica Armênia do Brasil.
KEROUZIAN, Y.O. (1964). O Povo Armênio e sua Evolução Histórica. Revista de História no. 58, abril-junho de 1964, p.257-293.
KEROUZIAN, Y.O. (1970). Origens do alfabeto armênio. São Paulo, USP, tese de Doutoramento.
KEROUZIAN, Y. O. (1978). Os documentos antigos da poesia armênia. Separata da Revista Língua e Literatura no. 7. São Paulo, FFLCH/USP, 1978.
KHORENATSI, M. (2012). História dos armênios. São Paulo, Humanitas. Capítulos 30 a 34 referentes à adoção do cristianismo, e capítulos 47, 52, 53 e 67 referentes à criação do alfabeto. Tradução do armênio para o português de Deize C. Pereira.
KURKJIAN, Vahan M. (1958). “Mitologia Armênia”. In: KURKJIAN, V. M. (1958). A History of Armenia. Chicago, Armenian General Benevolent Union of America. Capítulo XXXIV: “Armenian Mythology.” Tradução de Deize C. Pereira (inédita). Disponível em:
LANG, D.M. (1968). Armenia: Cradle of Civilization. London, George Allen & Unwin Ltd.
LOUREIRO, H.A.C. (2006). Breve História dos Primórdios da Igreja Apostólica Armênia. RHEMA, vol. 13, no. 40. Juiz de Fora, Instituto Teológico Arquidiocesano Santo Antônio.
LOUREIRO, H.A.C. (2007a). Alusivo à História da Armênia, em razão do 92º aniversário do Genocídio. Texto feito para ser lido no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza - CE no dia 24 de abril de 2007, em razão do 92º aniversário do Genocídio Armênio, entre 1915 e 1923, perpetrado pelos turcos-otomanos. Lido pelo Sr. Vahan Salibian.
LOUREIRO, H.A.C. (2007b). “Considerações sobre a abordagem da mídia Brasileira ao Genocídio Armênio”. Ética e Filosofia, edição especial sobre o genocídio, no. 10, Junho de 2007. Publicação eletrônica: www.eticaefilosofia.ufjf.br
LOUREIRO, H.A.C. (2009): “Genocídio é sim matéria de revisão”. Rumo à Tolerância, v. 1, p. 1/1.Publicação eletrônica: http://www.rumoatolerancia.fflch.usp.br/node/1942
MARCARIAN, M. Nalbandian. (2006). “Cristianismo armênio”. Handout do curso de difusão cultural Armênia: 4000 anos de cultura. São Paulo, USP.
MARCARIAN, M. Nalbandian (2008). “Diáspora Armênia no Brasil”. Revista de Estudos Orientais, No.6. São Paulo, DLO/FFLCH/USP, p. 109-115.
MARTINS, A. H. C. (2007a). “O genocídio da Primeira Nação Inteiramente Cristã”. Ética e Filosofia, edição especial sobre o genocídio, no. 10, Junho de 2007. Publicação eletrônica, disponível em:
MARTINS, A. H. C. (2007b). “Armênia, um povo em luta pela liberdade: o mais longo genocídio da história”. Ética e Filosofia, edição especial sobre o genocídio, no. 10, Junho de 2007. Publicação eletrônica, disponível em:
MEKHITARIAN, N. (2005). O Reino Armênio da Cilícia e História de Zeytun. São Paulo, Edições Inteligentes.
PALOMO, S. M. S. (1990). O Oriental e o ocidental no idioma armênio. In: Berezin, R. (org.): Cultura Oriental e Cultura Ocidental: Projeções. São Paulo, DLO/FFLCH/USP, 1990, p.367-75.
PALOMO, S. M. S. (1997). Sobre a posição do armênio dentro do indo-europeu. Revista de Estudos Orientais, no.1, março, 1997, p.177-183.
PATULO, A.A.P. (2001). Mesrob e a criação do alfabeto armênio. In: Armenusp I- Cadernos de armênio. São Paulo, Humanitas/FFLCH/USP, p.23-34.
PEREIRA, D. C. (2010). O genocídio armênio e seus reflexos na literatura. Revista de Estudos Orientais no. 8, São Paulo, FFLCH/USP, p. 91 - 105.
PINHEIRO, P. S. (1994). Um genocídio em julgamento: O processo Talaat Paxá na República de Weimar. Rio de Janeiro, Paz e Terra. Tradução de Erlon Paschoal, prefácio de Paulo Sérgio Pinheiro.
RAFFI (1880). Khent. Tradução de Charles Apovian. Publicação eletrônica, disponível em:
SAPSEZIAN, A. (1988). História da Armênia. Rio de Janeiro. Paz e Terra. “Origens”, p. 15-21; “Antiguidade”, p.22-28; “Cristianização”, p.29-36; “A Nova Armênia”, p. 51-67; “Armênia turca e Armênia russa”, p. 75-82; “Os massacres de 1895-1896”, p. 105-110; “Os jovens turcos”, p. 111-117; “O genocídio”, p. 118-125; “A diáspora”, p. 159-169; “Os armênios no Brasil”, p. 170-177.
SAPSEZIAN, A. (2010). História Sucinta e Atualizada da Armênia. São Paulo, Emblema.
SAPSEZIAN, A. (1994). Literatura Armênia. Rio de Janeiro, Paz e Terra. “Período Pré-cristão”, pp. 17-20; “Período Clássico”, pp.21-33.
SAPSEZIAN, A. (1997). Cristianismo Armênio. São Paulo, Bentivegna Editora.
SAROYAN, W. (1934). “70 Mil Assírios”. In: SAROYAN, W. (1934). The Daring Yong Man on the Flying Trapeze and Other Stories. New York, New Directions Books. Tradução de Deize C. Pereira (inédita).
SAROYAN, W. (1939). “O homem com o coração nas terras altas”. In: SAROYAN, W. (1992). O homem com coração nas terras altas e outras histórias. Portugal, Bertrand Editora. Trad. de Ana Cristina F. de Sousa.
SAROYAN, W. (1958)."Os escritores armênios" In: SAROYAN, W. (1994). The William Saroyan Reader. New York, Barricade Books Inc. Tradução de Deize C. Pereira (inédita).
SUMMA, R. F. (2007). “Vozes Armênias: memórias de um Genocídio”. Ética e Filosofia, edição especial sobre o genocídio, no. 10, Junho de 2007. Publicação eletrônica, disponível em:
TOYNBEE, A. (2003). Atrocidades Turcas na Armênia: Denúncias de grandes personalidades. SãoPaulo, Paz e Terra.
VERNEUIL, H. (1985). Mayrig. São Paulo, Edicon. Trad. para o português de Charles Apovian.
YEGHIAZARYAN, L. (2006). “O Papel das traduções no desenvolvimento e estruturação da arte literária armênia”. Revista de Estudos Orientais n.5, p.185-194.
YEGHIAZARYAN, L. (2012). A peculiaridade da escrita armênia. In: CAVALIERE, A.; ARAÚJO, R.G. (orgs. 2012). Linguagens do Oriente: Territórios e Fronteiras. São Paulo, Targumim, p. 333-349.
Filmes:
EGOYAN, A. (2002). Ararat. Canadá/ França.
JOURDAN, L. (2005). The Armenian Genocide/ Le Génocide Arménien. Documentário. França.
Sites:
http://www.armenia.brasil.nom.br/
www.armsite.com
www.agbu.org
www.hamovhotov.com
www.yerevannights.com
www.hayeren.hayastan.com/english
http://www.hairenik.com/
www.armenianow.com
www.armenianhouse.org
 

Clique para consultar os requisitos para FLO0140

Clique para consultar o oferecimento para FLO0140

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP