Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Línguas Orientais
 
Disciplina: FLO0375 - Literatura Hebraica III: Do Iluminismo Judaico à Literatura Hebraica
Hebrew Literature III

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
O Iluminismo judaico, a Instrução, ou Hascalá, movimento cultural que surgiu na Alemanha em fins do século 18 como resposta às mudanças que a Europa e o povo judaico da região vinham sofrendo, foi decisivo para o futuro do judaísmo num sentido amplo. O surgimento de uma literatura em hebraico (ficção, poesia, ensaística) precede e influencia a adoção do hebraico por idioma nacional do futuro Israel, projetado pela iniciativa sionista de fins do século 19. Essa literatura, de temática européia, assim como vários de seus autores, se transfeririam para a então Palestina onde lançariam as bases da literatura hebraica israelense. Introdução a essa produção literária em textos de seus autores.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1575640 - Moacir Aparecido Amâncio
 
Programa Resumido
A Literatura hebraica laica no século XIX europeu.
 
 
 
Programa
1. A sátira de Jospeh Perl, Avraham Mapu e a inspiração bíblica. A questão da língua clássica frente às necessidades da expressão atual 2. Mêndele Mocher Seforim e a criação do novo estilo, o chamado Nússah. 3. Haiim Nahman Biálik e o surgimento da moderna poesia hebraica. Bialik como poeta nacional judaico 4. A ficção de Iossef Haiim Brenner, a questão ideológica dos judeus na Rússia, na Europa e na Palestina 5. A ficção de Micha Berdichevski sobre a vida judaica no Leste Europeu 6. Os contos de A. A. Kabak, G. Schofman e Dvora Baron 7. O surgimento da ficção sefardita e oriental em Iehudá Burlá e Itshak Shami, o tema judaico e o tema árabe. Moshê Smilanski e a temática árabe. Iehoshua bar-Iossef. 8. A ficção de Schmuel Iossef Agnon: entre a Europa e a Palestina. Análise do conto “Tehila” 9. Análise dos principais poetas do período
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, leituras em grupo e exposição de transparências
Critério
A avaliação será realizada mediante trabalhos escritos, com temas a serem determinados ao longo das aulas
Norma de Recuperação
Prova e trabalho escrito.
 
Bibliografia
     
AGNON, S.I. – História Simples, trad. Eliana Langer, SP, Perspectiva,
BEREZIN, Rifka, O hebraico moderno – fundamentos históricos – em Dicionário hebraico-português, SP, Edusp, 2003
BIALIK, H. N. A Trombeta Envergonhada, (trad. Nancy Rozenchan e Eliana Langer ), São Paulo, Editora Globo, 2006
EVEN-ZOHAR, Itamar, “O Surgimento de Uma Cultura Hebraica Nativa na Palestina (1882-1948)” e “Entrada do modelo do ‘Hebreu Novo’ na Literatura Hebraica”, em Cadernos de Língua e Literatura Hebraica 1, São Paulo, FFLCH/Humanitas, 1998
GUINSBURG, Jacó, introdução a Nova e Velha Pátria, assim como os contos Avraham Mapu: Amnon e Tamara, Micha Berditchevski: Sua Casa, Yossef Haim Brenner, “A Saída”, M. Smilanski: Hadiya e Latifa, I. Schami: Entre as Areias do Deserto, I. Burlá: Num Olhar, Iehoshua bar-Iossef: O Filho da Velhice, Micha Berdichevski: Sua Casa, S.I. Agnon, Tehila.
LANGER, Eliana, Bialk e o Ressurgimento do Hebraico, em Cadernos... 6, SP, Targumim, 2008
PERL, Joseph, Revealer of secrets, trad. Dov Taylor, Westveiw Press, Bouder, Colorado, 1997
RABIN, Chaim, Ressurgimento da Língua Hebraica, SP, Editora B’nai B’rith, 1970
STAVANS, Ilan, Resurrecting Hebrew, New York, Schocken, 2008
 

Clique para consultar os requisitos para FLO0375

Clique para consultar o oferecimento para FLO0375

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP