Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Ciência Política
 
Disciplina: FLP0423 - Políticas de Ciência e Tecnologia no Contexto da Globalização
Policies for Science and Technology in the Context of Globalization

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
As políticas públicas da área ciência de tecnologia vêm passando por importantes reformulações em âmbito global. Essa é uma das áreas onde é mais evidente o crescente entrelaçamento de agendas gestadas em âmbito nacional, sub-nacional e supra-nacional. Essa realidade dá origem a dinâmicas complexas que ao mesmo tempo em que produzem convergências extraordinárias no desenho de políticas em diferentes países, mas simultaneamente abrem espaços de experimentação e diversidade dentro de cada país. Tendo em vista esse cenário, o curso tem por objetivo explorar diferentes instrumentos analíticos que permitem compreender esse processo de negociação e definição de uma política em função da interação de atores situados nesses diferentes níveis: o ambiente internacional, o nacional e o sub-regional.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2090774 - Elizabeth Balbachevsky
 
Programa Resumido
O curso parte de uma análise dos novos cenários produzidos pelos processos de globalização tecnológica para analisar as respostas produzidas tanto no âmbito da política doméstica de diferentes países como também no âmbito das grandes organizações internacionais, tais como a OECD, Banco Mundial, UNESCO, etc.
 
 
 
Programa
Globalização e desenvolvimento tecnológico/
A emergência de novos atores no cenário internacional/
As grandes organizações internacionais e seus projetos de reforma/
Atores e arenas nacionais/
A comunidade científica e a nova agenda de políticas de C&T /
Modelos e ferramentas analíticas para os processos de reforma na área de C&T
A ação de comunidades epistêmicas no âmbito nacional e internacional
Processos de localização de normas internacionais /
A mobilização de atores sub-nacionais.
Centralização e descentralização das políticas de C,T& I
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas e seminários.
Critério
Prova escrita, trabalho escrito e participação em seminário.
Norma de Recuperação
Prova escrita sobre todo o programa da disciplina.
 
Bibliografia
     
Archaya, A. 2004 “How ideas spread: whose norms matter? Norm localization and institutional change in Asian regionalism” International Organization, 58(2): 239-275
Bleiklie, I e H. Byrkjeflot, 2002 “Changing knowledge regimes: universities in a new research environment” Higher Education, 44(3) 519-532
Bonaccorsi, A. 2007 “Explaining poor performance of European science: institutions versus policies” Science and Public Policy, 34(5) pp. 303-316.
Braun, D., 2003. “Lasting tensions in research policy-making – a delegation problem”. Science and Public Policy 30(5) pp. 309-321.
Braun, D. e M. Benningholf 2003 Policy learning in Swiss research policy - the case of the National Centres of Competence in Research. Research Policy 32(10) pp. 1849-1863.
Chesnay, F., 1992 “National systems of innovation, foreign direct investment and the operation of multinational enterprises” in Lundvall, B.A. National Systems of Innovation. London: Pinter, pp.265-295.
Edqvist, O. 2003 “Layered science and science policies”. Minerva, 41(3) 207-221
Heidenreich, M., 2005 “the renewal of regional capabilities: experimental regionalism in Germany”. Research Policy, 34(5) 739-757.
Klerkx, L. e Leeuwis, C. 2009 “Delegation of reseach governance to networks: research councils as multiple goal boundary organizations” Paper presented at the International Conference “Towards a knowledge democracy” Leiden, August 2009.
Mok, K-H. 2003 “Similar Trends, Diverse Agendas: higher education reforms in East Asia” Globalisation, Societies and Education 1(2): 201-221.
Sabel, C. F., 1996. “A measure of federalism: assessing manufacturing technology centers”. Research Policy, 25 (2) 281-307.
Van der Meulen, B. 1998 “Science policy as principal-agent games: institutionalization and path dependecy in relations between government and science” Research Policy 27(2) pp. 397-414.

 

Clique para consultar os requisitos para FLP0423

Clique para consultar o oferecimento para FLP0423

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP