Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Ciência Política
 
Disciplina: FLP0449 - Temas do Pensamento Político Latino-Americano
Themes of Latin American Political Thought

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2008 Desativação:

Objetivos
O curso examinará a evolução do debate político latino-americano do romantismo até a transição dos recentes regimes autoritários. Não é, porém propriamente cronológico, já que, por vezes, combina textos produzidos em diferentes momentos que dialogam entre si. No entanto, segue um certo caminho, em que parte do esforço de se criar identidade(s) latino-americana(s) e encontra pela frente alguns desafios colocados ao continente, como, por exemplo, sua herança cultural e racial e posição no mundo. Nessa trajetória, a política se encontra com a literatura, sociologia, economia, e se esforça para se tornar uma área de reflexão mais autônoma.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
498969 - Bernardo Ricupero
 
Programa Resumido
O pensamento político latino-americano é injustamente pouco conhecido no Brasil. O que não deixa de ser curioso, já que os temas e os problemas que o próprio pensamento político brasileiro tem enfrentado guarda notável semelhança com o do resto do sub-continente. Isso não é mero acaso, até porque o lugar do Brasil no mundo não é fundamentalmente diferente dos outros países da América Latina.
Mas como é possível pensar essa região, tão diversificada, como dotada de uma certa unidade? Ou, em outras palavras, como se dá o processo político que, desde a independência, sugere que é possível pensar a existência de uma identidade latino-americana e, a partir dela, da presença de um conjunto de problemas comuns aos países da região?
Ao enfrentar esses problemas, talvez possamos mesmo começar a pensar o lugar do Brasil na América Latina e a natureza de seus desafios.
 
 
 
Programa
Ao longo do curso, serão examinadas obras particularmente importantes, aparecidas em momentos chaves da história do pensamento político latino-americano: romantismo; modernismo; marxismo; pensamento cepalino e seus críticos; análise dos regimes autoritários. Também será sugerida a leitura complementar de trabalhos que auxiliem a compreensão dos temas tratados (um deles sendo destacado a cada aula).
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, seminários, leituras.
Critério
Haverá duas avaliações ao longo do curso, a segunda podendo corresponder a um trabalho e valendo 60% da nota final.
Norma de Recuperação
Prova ou trabalho sobre todo o programa da disciplina.
 
Bibliografia
     
Muitos dos textos do curso podem ser encontrados no site: www.ensayistas.org

2. Romantismo: a emancipação mental (aulas 2 e 3)
1) SARMIENTO, Domingo F. Facundo. (Introdução, caps. 1 a 3; 4; 7; 14 e 15). Buenos Aires, Compañia Espasa Calpe Argentina, 1993.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
BOTANA, Natalio. La tradición republicana - Alberdi, Sarmiento y las ideas políticas de su tiempo. Buenos Aires, Editorial Sudamamericana, 1997.
* HALPERIN DONGHI, Tulio. "Una nación para el desierto argentino" in Proyecto y construcción de una nación. Caracas, Biblioteca Ayacucho, 1980.
PIGLIA, Ricardo. "Sarmiento the writer" in JAKSIC, Iván; KIRPATRICK, Gwen e MASIELLO, Francine (orgs.). Sarmiento, author of a nation. Bereley, University of California Press, 1994.
* MYERS, Jorge. "La revolución en las ideas: la generación romántica de 1837 en la cultura y en la política argentina" in Noemi Goldman, Nueva historia argentina, Buenos Aires, Editorial Sudamaricana, 1998.

3.1 Nossa América, Indoamérica. (aula 4)
GONZALES PRADA, Manuel. Páginas libres / Horas de lucha ("Los indios" e "Discurso en el Politeama"). Caracas, Biblioteca Ayacucho, 1985.
MARTI, José. Nuestra América. ("Madre América"; "Nuestra América"; "Congreso Internacional de Washington"; "La Conferencia Monetaria de las republicas de América"; "El poema del Niágara"). Caracas, Biblioteca Ayacucho, 1977.

BIBLIOGRAFÍA COMPLEMENTAR:
* HALE, Charles. "Political ideas and ideologies in Latin America, 1870-1930" in BETHELL, Leslie (editor). Ideas and ideologies in 20th century Latin America. Cambridge, Cambridge University Press, 1996.
RAMA, Angel. A cidade das letras. (A cidade modernizada). São Paulo, Brasiliense, 1985.
RAMOS, Julio. Desencuentros de la modernidad en América Latina ("Prólogo"; " 'Nuestra América': arte del buen gobierno). México D.F., Fondo de Cultura Económica, 1989.
ZEA, Leopoldo. Dos etapas del pensamiento en Hispanoamérica (Cap. XIII). México D.F., Fondo de Cultura Económica, 1949.

4. Entre Ariel e Calibã. (aulas 5 e 6)
1) RODÓ, José E. "Ariel" em Ariel e Motivos de Proteo. Caracas, Biblioteca Ayacucho.
2) MORSE, Richard. O espelho de Próspero. Trad. Paulo Neves. São Paulo, Companhia das Letras, 1995.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
* CANDIDO, Antonio et al. Um americano intranqüilo. Rio de Janeiro, Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1992.
* HALE, Charles. "Political ideas and ideologies in Latin America, 1870-1930" in BETHELL, Leslie (editor). Ideas and ideologies in 20th century Latin America. Cambridge, Cambridge University Press, 1996.
MERQUIOR, José G. "El otro Occidente (un poco de filosofía de la historia desde Latino América)" in Cuadernos Americanos, v. 1, n. 13.
WEINBERG, Liliana. "Una lectura del Ariel" in Cuadernos Americanos, v. 1, n. 85.

5. O ensaio de interpretação nacional. (aulas 8 e 9)
PAZ, Octavio. El laberinto de la soledad (só texto original). Madrid, Ediciones Cátedras, 2004.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
KRAUZE, Enrique. "La soledad del laberinto" in Convivo, 2003. Pode ser encontrado em: www.letraslibres.com
* MORSE, Richard. "The multiverse of Latin American identity, c. 1920 -c. 1970" in BETHELL, Leslie (editor). Ideas and ideologies in 20th century Latin America. Cambridge, Cambridge University Press, 1996.
PAZ, Octavio. "Vuelta al laberinto de la soledad (conversación con Claude Fell)" in El laberinto de la soledad. Madrid, Ediciones Cátedras, 2004.

6. O debate em torno do marxismo América Latina. (aulas 10 e 11)
1) HAYA DE LA TORRE, Victor Raúl. "Estudio introductorio"; "El aprismo es una doctrina completa y un método de acción"; "El significado político del nombre"; "Nota preliminar a la primera edición"; "Discurso programa" "Qué es el APRA?"; "Filosofia aprista. La tesis del espacio-tiempo histórico" in MONTENSINOS, Jorge Nieto (org.). Haya de la Torre o la política como obra civilizatoria. México D.F., Fondo de Cultura Económica, 2000.
2) MARIÁTEGUI, José C. Siete ensayos de interpretación de la realidad peruana (Ensayos: I, II e III). México D.F., Serie Popular Era, 1988.

BIBLIOGRAFÍA COMPLEMENTAR:
* ARICÓ, José. Mariátegui y los orígenes Del marxismo latinoamericano (Introducción). México D.F. Siglo Veintuno Editores, 1978.
* LOWY, Michel. O marxismo e a América Latina (introdução). São Paulo, Editora Fundação Perseu Abramo,.
PARIS, Robert. La formación intelectual de José Carlos Mariátegui. México D.F. Siglo Veintuno, 1981.
RICUPERO, Bernardo. "Existe um pensamento marxista latino-americano?" in Caio Prado Jr. e a nacionalização do marxismo no Brasil. São Paulo, Editora 34, 2000.

7. A economia política da CEPAL e seus críticos (aulas 12 e 13)
1) CEPAL. "Estudo econômico da América Latina, 1949" in BIELSCHOWSKY, Ricardo (org.). Cinquenta anos de pensamento na CEPAL. v. i. Rio de Janeiro, Editora Record, 2000.
2) FURTADO, Celso. "Desenvolvimento e subdesenvolvimento" in BIELSCHOWSKY, Ricardo (org.). Cincuenta anos de pensamento na CEPAL. v. i. Rio de Janeiro, Editora Record, 2000.
3) CARDOSO, Fernando Enrique e FALETTO, Enzo. Dependencia y desarrollo en América Latina (introdução e capítulo II). México D.F., Siglo Veintuno Editores, 1978.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
BIELSCHOWSKY, Ricardo, "Cinquenta anos de pensamento na CEPAL - uma resenha" Cinquenta anos de pensamento na CEPAL. v. i. Rio de Janeiro, Editora Record, 2000.
CARDOSO, Fernando Enrique. As idéias e seu lugar. Petrópolis, Vozes, 1980.
* LOVE, Joseph. "Economic ideas and ideologies in Latin America since 1930" in BETTHELL, Leslie (org). Ideas and ideologies in 2oth century Latin America. Cambridge, Cambridge University Press, 1996.
RODRIGUEZ, Octavio. Teoria do subdesenvolvimento da CEPAL. Rio de Janeiro, Editora Forense Universitária, 1981.

8. Ascenção e queda dos regimes burocráticos autoritários (aulas 14 e 15)
1) O´DONNEL, Guillermo. Análise do autoritarismo burocrático. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1990.
2) O´DONNEL, Guillermo e SCMITTER, Philippe C. Transições dos regimes autoritários: primeiras conclusões. São Paulo, Vértice, 1988.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
COLLIER, David. "Resumo do modelo autoritário-burocrático" in COLLIER, David (org.). O novo autoritarismo na América Latina. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1982.DIAMOND, Larry, LINZ, Juan e LIPSET, Seymour M. Democracy in developing countries: Latin America. Boulder, Lynnne Rienner Publishers, 1989.
KLARÉN, Meter F. e BOSSERT, Thomas J. (orgs.) Promise of development: theories of change in Latin America. Boulder, Westview Press, 1986.
O´DONNEL, Guillermo. "Introdução aos casos latino-americanos" in Transições dos regimes autoritários: América Latina. São Paulo, Vértice, 1988.

 

Clique para consultar os requisitos para FLP0449

Clique para consultar o oferecimento para FLP0449

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP