Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Teoria Literária e Literatura Comparada
 
Disciplina: FLT0123 - Introdução aos Estudos Literários I
Introduction to Literary Studies I

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 20 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
Discussão do conceito de literatura e dos fundamentos teóricos dos estudos literários. Apresentação de aspectos essenciais da teoria, análise e crítica da poesia, tendo como objetivo a criação de um repertório teórico e o aprendizado de métodos e técnicas para a leitura, análise e interpretação do poema. O curso visa a fornecer instrumentos práticos para que os profissionais da área de Letras possam analisar e interpretar textos poéticos, capacitando-os a discutir problemas concernentes à poesia, à teoria dos gêneros literários e às relações entre literatura e sociedade. Pretende-se ainda apresentar aos alunos a linguagem acadêmica e as normas técnicas de citação e de organização de bibliografia, fornecendo-lhes instrumentos para a leitura e para a produção de textos críticos.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
547212 - Ana Paula Sá e Souza Pacheco
 
Programa Resumido
1. Aspectos gerais:
a) Conceito e função da literatura
b) Os gêneros literários
c) A especificidade do gênero lírico
d) Análise, comentário e interpretação do poema
e) Lírica e sociedade
2. Elementos do poema
a) Verso, estrofe
b) Sonoridade e ritmo
c) A imagem poética
d) Forma, estrutura e significado
 
 
 
Programa
O programa completo, específico de cada professor, será apresentado no início das aulas.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas (teóricas) e exercícios de análise e interpretação de textos poéticos (prática).
Critério
a) Presença e participação em aula
b) Capacidade analítica e interpretativa
c) Clareza de exposição
d) Citação adequada das fontes consultadas
Norma de Recuperação
Conforme a legislação vigente
 
Bibliografia
     
I – Manuais de Estudos Introdutórios.
ARISTÓTELES – Poética. Trad. Eudoro de Sousa. Porto Alegre, Globo, 1966.
ARISTÓTELES; HORÁCIO; LONGINO – A Poética Clássica. Introdução de Roberto de Oliveira Brandão. Trad. de Jaime Bruna. S. Paulo, Cultrix, EDUSP, 1981.
BORGES, J. L. – Esse ofício do verso. Trad. José Marcos Macedo. São Paulo, Companhia das Letras, 2000.
BROOKS, Cleanth e WARREN, R. P. – Understanding poetry. New York, Holt Rinehart and Winston, 1960.
CULLER, Jonathan – Teoria literária. Uma introdução. Trad. Sandra Vasconcelos. São Paulo, Beca, 1999.
EAGLETON, Terry – Teoria da literatura: uma introdução. Trad, Waltensir Dutra. S. Paulo, Martins Fontes, 1983.
FRIEDRICH, Hugo – Estrutura da lírica moderna. São Paulo, Duas Cidades, 1991.
HEGEL,G. W. F – Cursos de Estética (4 vols.). Trad. Marco Aurélio Werle. São Paulo, Edusp, 1999-2004
KAYSER, Wolfgang – Análise e interpretação da obra literária. Trad. Paulo Quintela. Coimbra, Américo Amado Editor, 1985.
ROSENFELD, Anatol – “A teoria dos gêneros”. In: O teatro épico. S. Paulo. Perspectiva, 1986.
WELLEK, René e WARREN, Austin – Teoria da literatura e metodologia dos estudos literários. Trad. Luis Carlos Borges. São Paulo, Martins Fontes, 2003.
WIMSATT, W. e BROOKS, C. – Crítica Literária. Trad. Ivete Centeio e Armando de Morais. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1957.

II – O Poético, o Poema, a Poética
CANDIDO, Antonio – Na sala de aula. Caderno de análise literária. São Paulo, Ática, 2002.
CROCE, Benedetto – A poesia. Introdução à crítica e história da poesia e da literatura. Trad. de Flávio Loureiro Chaves. Porto Alegre: UFRGS, 1967.
JAKOBSON, Roman - “O que fazem os poetas com as palavras”. In: Colóquio, nº 12, março de 1973, pp. 5-9.
PAZ, Octavio – Signos em Rotação. Trad. Sebastião Uchoa Leite. São Paulo, Perspectiva, 1990.
____________- O arco e a lira. Trad. Olga Savary. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1982.
POUND, Ezra – ABC da Literatura. São Paulo, Cultrix, 1970.
MAIAKÒVSKI, Vladimir – “Como fazer versos”. In: SCHNAIDERMAN, Boris. A poética de Maiakovski. São Paulo, Perspectiva, 1984.
STAIGER, Emil – Conceitos Fundamentais da Poética. Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro, 1972.
WILSON, Edmund – O castelo de Axel. Trad. José Paulo Paes. S. Paulo, Cultrix, 1967.

III – A linguagem poética
BANDEIRA, Manuel – Seleta de prosa. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1997.
BOSI, Alfredo. O ser e o tempo da poesia. São Paulo, Companhia das Letras, 2000.
___________ – “Introdução ao Estudo da Poesia”. In: Leitura de Poesia. São Paulo, Ática, 1996.
BRIK, O; TINIANOV, I; CHKLOVSKI, V. e Outros – Teoria da Literatura. Porto Alegre, Globo, 1978.
CANDIDO, Antonio – O estudo analítico do poema. São Paulo, Humanitas, 1996.
ECO, Umberto – “Análise de linguagem poética”. In: Obra Aberta. São Paulo, Perspectiva (1968), pp. 67-92.
JAKOBSON, Roman – “Poesia da gramática da poesia”. In: Lingüística, poética e cinema. São Paulo, Perspectiva, 1970, pp. 65-70.
TYNIANOV, Iúri – El problema de la lengua poética. Buenos Aires, Siglo XXI, Argentina Editores, 1972.
VALÉRY, Paul – Variedades. Org. João Alexandre Barbosa. São Paulo, Iluminuras, 1991.

IV – Os elementos do poema
a) Sonoridade
BOSI, Alfredo – “O som no signo”. In: O ser e o tempo da poesia. Ed. cit., pp. 48-76.
FRYE, Northrop – “Prose and Poetry” In:
JAKOBSON, Roman – “Lingüística e poética”. In: “Lingüística e Comunicação. São Paulo, Cultrix. Ed. USP (1969), pp.118-162.
POE, Edgar Allan - “Filosofia da Composição”. In: Poemas e ensaios. Trad. de Oscar Mendes e Milton Amado. São Paulo, Globo, 1999, pp. 101-114.
TODOROV, Tzvetan. “Les sens des sons”. In: Poétique. Paris Seuil, nº 11, 1972, pp. 446-462.
THOMSON, George – “Ritmo e trabalho” In: _____ Marxismo e Poesia. Lisboa, Teorema, 1977.
b) Ritmo, metro e verso
BANDEIRA, Manuel. “Poesia e verso”. Em: Seleta em Prosa e Verso de Manuel Bandeira. Rio de Janeiro, José Olympio, 1975, pp. 27- 41.
___________ “A versificação em língua portuguesa”. In: Seleta de prosa. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1997.
BOSI, Alfredo – “Frase: música e silêncio”. In: O ser e o tempo da poesia. Ed. cit., pp. 77-129.
BILAC, Olavo e PASSOS, Guimarães – Tratado de Versificação. Rio de Janeiro, Francisco Alves, 1944.
BRIK, Ossip – “Ritmo e sintaxe”. In: Teoria da literatura. Formalistas russos. Porto Alegre, Globo, 1973, pp. 131-140.
JAKOBSON, Roman – “Configuração verbal sublimar em poesia”. In: Lingüística, poética, cinema. São Paulo, Perspectiva, 1970, pp. 65-70.
PAZ, Octavio – “Verso e prosa”. In: Signos em rotação. Ed. cit., pp. 11-36.
PROENÇA, M. Cavalcanti – Ritmo e poesia. Rio de Janeiro, Organização Simões, 1955.
SAPIR, Edward – “Os fundamentos musicais do verso”. In: Lingüística como ciência. Seleção e trad. de J. Mattoso Câmara Jr. Rio de Janeiro, Livraria Acadêmica, 1969, pp. 119-141.
SAID, Ali M. – Tratado de Versificação. São Paulo, EDUSP, 1999.
TODOROV, Tzvetan. “Les sens des sons”. Poétique, Paris Seuil, nº 11, 1972, pp. 446-462.
TOMACHEVSKI, Boris – “Sobre o verso” In: Teoria da Literatura. Formalistas russos. Porto Alegre, Globo, 1978, pp.154-169.
c) Imagem
BOSI, Alfredo – “Imagem, discurso”. In: O ser e o tempo da poesia. Ed. cit., p. 19-47.
FRIEDRICH, Hugo – “Técnica da fusão e metáforas”. In: Estrutura da lírica moderna. São Paulo, Duas Cidades, 1991.
LAUSBERG, Heinrich. Elementos de retórica literária. 3.ª ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, s/d.
LUKÁCS, Georg – “Alegoria e símbolo”. In: Estética. Barcelona, Grijalbo, 1967, vol. 4, pp. 423-474.
LEWIS, C. Day – The poetic image. London, Jonathan Cape, 1964.
PAES, José Paulo – Para uma pedagogia da metáfora. Poesia Sempre. Ano 5, nº 8, junho 1997, pp. 226-245.
PAZ, Octavio – “A imagem”. In: Signos em rotação. Trad. Sebastião Uchoa Leite. São Paulo, Perspectiva, 1990, pp. 37-50.
XAVIER, Ismail – Alegoria, Modernidade, Nacionalismo. Novos Rumos, nº 16, 1990.

V – Estrutura e Significação
ECO, Umberto – Obra aberta. Forma e indeterminação nas poéticas contemporâneas. Trad. Giovanni Cutolo. São Paulo, Perspectiva, 1971.
EMPSON, William – Seven types of ambiguity. New York, New Directions, 1960.
LÓTMAN, Iúri – A estrutura do texto artístico. Trad. port. Lisboa, Estampa, 1978.
ROSENFELD, Anatol – “Estrutura da obra literária”. In: Congresso de crítica e história literária. 2. Assis, 1961, FFCL, 1963, pp. 49-70.

VI – Métodos e técnicas de análise e interpretação do poema.
ALONSO, Amado. “La interpretación estilística de los textos literários”. In: Materia y forma en poesía. Madrid, Gredos, 1955, pp.107-132.
ALONSO, Dámaso. Poesia española. Ensayo de métodos y límites estilísticos. Madrid, Gredos, 1966, 5ª ed.
ARRIGUCCI Jr., Davi – Humildade, paixão e morte: a poesia de Manuel Bandeira. São Paulo, Companhia das Letras, 1989.
____________ – O cacto e as ruínas. A poesia entre outras artes. São Paulo, Duas Cidades, 1997.
AUERBACH, Erich – As Flores do Mal e o sublime. Trad. José Marcos Macedo e Samuel Titan Jr. Inimigo rumor, nº 8, maio de 2000.
BARTHES, Roland – “L’activité structuraliste”. In: Essais critiques. Paris, Seuil, 1964, pp.213-222.
____________ – “A morte do autor”. In: O rumor da língua. Lisboa, Edições 70, 1987.
BROOKS, Cleanth – The well wrought urn. New York, Harcourt, Brace and World, 1963.
CANDIDO, Antonio – O estudo analítico do poema. São Paulo, Humanitas (FFLCH-USP), 1996.
______________ – Na sala de aula. Caderno de análise literária. São Paulo, Ática, 2002.
ECO, Umberto – “Análise da linguagem poética”. In: Obra aberta. São Paulo, Perspectiva, 2003, pp. 67-92.
ELIOT, T.S – Ensaios. Tradução, introdução e notas de Ivan Junqueira. São Paulo, Art Editora, 1989.
____________ – De poesia e de poetas. Trad. Ivan Junqueira. São Paulo, Brasiliense, 1991.
ERLICH, Victor – Russian formalism, History-Doctrine. La Haly. 1955.
GENETTE, Gerard. “Structuralisme et critique littéraire”. In: Figures I. Paris, Seuil, 1966, pp.145-170.
_____________ – Estruturalismo. Antologia de textos teóricos. Seleção e introdução de Eduardo Prado Coelho. Portugalia Editora. 1968.
JAKOBSON, Roman – “Os oxímoros dialéticos em Fernando Pessoa”. In:, ed. cit., pp. 93-118.
POE, Edgar Allan – “A filosofia da composição” em: Poemas e ensaios. Trad. de Oscar Mendes e Milton Amado. São Paulo, Globo, 1999, pp. 101-114.
RICHARDS, I. A. – Princípios de crítica literária. Porto Alegre, Globo, 1960.
JAKOBSON, Roman e Lévi-Strauss – “Los gatos” de Charles Baudelaire. In: Estructuralismo y literatura. Buenos Aires, Nueva Visión, 1970, pp.11-34.
SPITZER, Leo – “La enumeración caótica en la poesia moderna”. In: Lingüistica e historia literaria, Editorial Gredos, Madrid, 1961, pp. 247-291
_____________ – “La interpretación linguistica de las obras literárias”. In: Vossler K., Spitzer, Leo e Hetzfeld, H. Introducción a la estilística romance. Buenos Aires, FFCK, 1942, pp.87-148.
____________ – Três poemas sobre o êxtase. Trad. Samuel Titan Jr. São Paulo, Cosac & Naify, 2003.
STAIGER, Emil – A arte da interpretação. Humboldt, ano 4, nº 9, 1964, pp. 10-22.
WELLEK, René e WARREN, Austin – Teoria da literatura e metodologia dos estudos literários. Trad. Luis Carlos Borges. São Paulo, Martins Fontes, 2003.

VII – Poesia e História
ADORNO, T. W. “Palestra sobre lírica e sociedade”. Trad. de Jorge de Almeida. In: Notas de Literatura I. Duas Cidades/Ed. 34, 2003, pp. 65-90.
BENJAMIN, Walter. – Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo. São Paulo, Brasiliense, 1995.
CANDIDO, Antonio – O discurso e a cidade. São Paulo, Duas Cidades, 2004.
CALDWELL, Cristopher. Illusion and Reality. A study of sources of poetry. London, Lawrence and Wishart, 1950. Trad. arg. Ed. Paidós, 1972.
PAZ, Octavio – O arco e a lira. Trad. Olga Savary. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1982.
SARTRE, Jean Paul – Que é a literatura? Trad. de Carlos Felipe Moisés. São Paulo, Ática, 1999.
SCHWARZ, Roberto – “A carroça, o bonde e o poeta modernista”. In: Que horas são? São Paulo, Companhia das Letras, 1987, pp. 11-28.
THOMSON, George – Marxismo e Poesia. Lisboa, Teorema, 1977.
 

Clique para consultar os requisitos para FLT0123

Clique para consultar o oferecimento para FLT0123

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP