Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Sociologia
 
Disciplina: FSL0532 - Sociologia do Capitalismo Contemporâneo

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
A disciplina visa apresentar uma história econômica do capitalismo principalmente no pós-guerra, chegando aos dias de hoje. O seu objetivo é entender criticamente a situação atual desse modo de produção, buscando perscrutar, até certo ponto, as suas perspectivas de desenvolvimento. Admite-se que, após o fim dos “anos dourados”, ocorreu uma transformação estrutural do capitalismo que deu origem ao neoliberalismo, mas que criou, também, novas perspectivas de transformação. Sustenta-se a percepção segundo a qual no evolver do capitalismo, desde os anos 1970 do século passado, passou a haver um predomínio dos resultados destrutivos e regressivos – os quais, aliás, sempre gerou – sobre os criativos e progressivos.
 
Docente(s) Responsável(eis)
4994208 - Ruy Gomes Braga Neto
 
Programa Resumido
Do século XIX até a II Guerra Mundial.
O keynesianismo e os anos dourados do pós-guerra
A crise dos anos 70 e o advento do neoliberalismo
Os anos do neoliberalismo
A crise de 2008
 
Programa
Do século XIX até a II Guerra Mundial.
O keynesianismo e os anos dourados do pós-guerra
A crise dos anos 70 e o advento do neoliberalismo
Os anos do neoliberalismo
A crise de 2008
 
Avaliação
     
Método
Discussão de textos previamente lidos pelos/as alunos/as
Critério
Baseados nas atividades discentes supra. Prova escrita.
Norma de Recuperação
O aluno que obtiver freqüência superior a 70% e obtiver média final inferior a 5,0 mas superior a 3,0 poderá realizar uma prova escrita abrangendo todo o programa da disciplina a ser realizada no primeiro mês do semestre seguinte ao de reprovação.
 
Bibliografia
     
Arrighi, G., The social and political economy of global turbulence. In: New Left Review, março-abril de 2003, p. 5-71.
Bensaid, D., La malmesure sociale. In: Um monde à chager. Paris: Textuel, 2003.
Brenner, R., O boom e a bolha – Os Estados Unidos na economia mundial. Rio de Janeiro: Record, 2003.
Chesnais, F., Mundialização financeira e vulnerabilidade sistêmica. In: A mundialização financeira: gênese, custos e riscos. Ed. F. Chesnais. São Paulo: Xamã, 1998, p. 249-293.
Duménil, G. e D. Lévy, Superação da Crise, Ameaças de Crises e Novo Capitalismo. In: Uma nova fase do capitalismo? São Paulo: Xamã, 2003.
Duménil, G. e D. Lévy, Imperialismo na Era Neoliberal. In: Crítica Marxista, nº 18, maio de 2004.
Eichengreen, B., A Globalização do Capital – Uma História do Sistema Monetário Internacional. São Paulo: Editora 34, 2000.
Gowan, P. A Roleta global – uma aposta Faustiana de Washington para a dominação do mundo. Rio de Janeiro: Record, 2003.
Guttmann, R., As mutações do capital financeiro. In: A mundialização financeira: gênese, custos e riscos. Ed. F. Chesnais. São Paulo: Xamã, 1998, p. 61-95.
Hobsbawm, E., Era dos Extremos – O breve século XX: 1914–1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
Mandel, E. O capitalismo tardio. São Paulo: Abril Cultural, 1982.
Marquetti, A. A., Análise empírica do padrão de progresso técnico em uma perspectiva clássica e marxiana. In: Economia Aplicada, abril e junho de 2001, p. 387-405.
Marquetti, A. A., A economia brasileira no capitalismo neoliberal: progresso técnico, distribuição da renda e mudança institucional. Florianópolis: SEP, 2003.
McNally, David – Global slump – the economics and politics of crises and resistance. PM Press, 2011.
Prado, E. F. S., Pós-grande indústria: trabalho imaterial e fetichismo. In: Crítica Marxista, nº 17, setembro de 2003.
Wood, E. M., Empire of Capital. Londres: Verso, 2003.
 

Clique para consultar os requisitos para FSL0532

Clique para consultar o oferecimento para FSL0532

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP