Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Sociologia
 
Disciplina: FSL0652 - Cultura, Política e Sociedade em Antonio Gramsci

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2014 Desativação:

Objetivos
Os Cadernos do Cárcere, apesar de sua forma fragmentária, concentra os principais tópicos da reflexão de Gramsci, retomando e reelaborando temas de seus escritos anteriores, em geral artigos de circunstância. Neles, Gramsci elabora uma visão original da política, da cultura e da sociedade capitalista atualizando conceitos fundamentais do materialismo histórico e desenvolvendo numa chave crítica uma concepção distinta da tradição marxista consolidada pelos expoentes da Segunda e da Terceira Internacionais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2015150 - Ricardo Musse
 
Programa Resumido
O curso propõe uma leitura dos principais trechos dos seis volumes dos Cadernos do Cárcere. Busca-se assim um reavaliação da especificidade de Gramsci, debruçando-se sobre os aspectos mais debatidos de sua obra: o conceito de “filosofia da praxis”; a questão filosófica do materialismo; as funções e os lugares dos intelectuais e da educação; a concepção marxista da prática política; a teoria do Estado e da sociedade civil; os conceitos de hegemonia, guerra de movimento e guerra de posições; a redefinição de partido político; o conceito de revolução passiva; o texto sobre americanismo e fordismo; as relações entre sociedade, cultura, arte e literatura.
 
 
 
Programa
O curso propõe uma leitura dos principais trechos dos seis volumes dos Cadernos do Cárcere. Busca-se assim um reavaliação da especificidade de Gramsci, debruçando-se sobre os aspectos mais debatidos de sua obra: o conceito de “filosofia da praxis”; a questão filosófica do materialismo; as funções e os lugares dos intelectuais e da educação; a concepção marxista da prática política; a teoria do Estado e da sociedade civil; os conceitos de hegemonia, guerra de movimento e guerra de posições; a redefinição de partido político; o conceito de revolução passiva; o texto sobre americanismo e fordismo; as relações entre sociedade, cultura, arte e literatura.
 
 
 
Avaliação
     
Método
O curso constará de aulas teóricas e seminários.
Critério
Aproveitamento nos seminários, resenhas, trabalhos, prova escrita.
Norma de Recuperação
O aluno que teve frequência superior a 70% e obteve média final inferior a 5,0 mas superior a 3,0 poderá realizar as atividades de recuperação. Critérios de Aprovação na Recuperação: Prova escrita abrangendo toda a matéria, a ser realizada antes do início do semestre seguinte.
 
Bibliografia
     
AGGIO, Alberto (org.). Gramsci. A vitalidade de um pensamento. São Paulo: Unesp, 1998.
BARATTA, Giorgio. As rosas e os cadernos. O pensamento dialógico de Antonio Gramsci. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.
BIANCHI, Álvaro. O laboratório de Gramsci: Filosofia, história e política. São Paulo: Alameda, 2008.
BOBBIO, Norberto. Ensaios sobre Gramsci e o conceito de sociedade civil. São Paulo: Paz e Terra, 2002.
BUCI-GLUKSMANN, Christinne. Gramsci e o Estado. São Paulo: Paz e Terra, 1990.
COUTINHO, Carlos Nelson. Gramsci, um estudo sobre seu pensamento político. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.
COUTINHO, Carlos Nelson (org.). O leitor de Gramsci. Escritos escolhidos: 1916-1935. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.
COUTINHO, Carlos Nelson & NOGUEIRA, Marco Aurélio (orgs.). Gramsci e a América Latina. São Paulo: Paz e Terra, 1998.
COUTINHO, Carlos Nelson & TEIXEIRA, Andréa de Paula (orgs.). Ler Gramsci, entender a realidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.
DEBRUN, Michel. Gramsci. Filosofia, política e bom senso. Campinas: Unicamp, 2001.
FIORI, Giuseppe. Vida de Antonio Gramsci. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.
GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 6 vols., 1999-2003.
GRAMSCI, Antonio. Escritos políticos 1910-1926. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2 vols., 2004.
GRUPPI, Luciano. O conceito de hegemonia em Gramsci. Rio de Janeiro: Graal, 2000.
LIGUORI, Guido. Roteiros para Gramsci. Rio de Janeiro: UFRJ, 2007.
LOSURDO, Domenico. Antonio Gramsci: do liberalismo ao “comunismo crítico”. Rio de Janeiro: Revan, 2006.

MÉSZÁROS, Istvan. A educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2008.
PORTELLI, Hughes. Gramsci e o bloco histórico. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.
SECCO, Lincoln. Gramsci e a revolução. São Paulo: Alamenda, 2006.
SEMERARO, Giovanni. Gramsci e a sociedade civil. Prtópolis: vozes, 1999.
WERNECK VIANNA, Luiz. A revolução passiva. Iberismo e americanismo no Brasil. Rio de Janeiro: Revan, 1997.
 

Clique para consultar os requisitos para FSL0652

Clique para consultar o oferecimento para FSL0652

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP