Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Sociologia
 
Disciplina: FSL0662 - A Divisão Internacional do Trabalho
The International Labor Division

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2019 Desativação:

Objetivos
i) Oferecer fundamentos teóricos para análises da divisão social do trabalho sob uma perspectiva internacional; ênfase nas Teorias do Sistema Mundo e nos estudos sobre Cadeias Globais de Valor. ii) Realizar análises comparativas de diferentes Cadeias Globais de Valor, sublinhando as múltiplas modalidades de relações de trabalho e bem como a sua distribuição pelas diferentes áreas do planeta. iii) Estudar a relação entre divisão social do trabalho e tecnologia em diferentes momentos capitalismo; iv) Discutir como as transformações econômicas e tecnológicas, bem como as ondas migratórias, intensificadas nas últimas décadas, vem impactando a divisão social do trabalho nas distintas áreas do mundo.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
548616 - Alvaro Augusto Comin
 
Programa Resumido
i) Oferecer fundamentos teóricos para análises da divisão social do trabalho sob uma perspectiva internacional; ênfase nas Teorias do Sistema Mundo e nos estudos sobre Cadeias Globais de Valor. ii) Realizar análises comparativas de diferentes Cadeias Globais de Valor, sublinhando as múltiplas modalidades de relações de trabalho e bem como a sua distribuição pelas diferentes áreas do planeta. iii) Estudar a relação entre divisão social do trabalho e tecnologia em diferentes momentos capitalismo; iv) Discutir como as transformações econômicas e tecnológicas, bem como as ondas migratórias, intensificadas nas últimas décadas, vem impactando a divisão social do trabalho nas distintas áreas do mundo.
 
 
 
Programa
Parte I - A Divisão Social do Trabalho no Capitalismo 1. Capitalismo Histórico 2. Acumulação Primitiva de Capital e a produção da divisão social do trabalho 3. As formas “não-capitalistas” de trabalho no Capitalismo. Parte II - A geografia das cadeias produtivas 4. Acumulação fordista e acumulação flexível. 5. Divisão Internacional do Trabalho e cadeias globais de valor 6. O valor oculto na acumulação capitalista Parte III – A Divisão Sexual (e Internacional) do Trabalho 7. Trabalho feminino e acumulação capitalista 8. Entre a família e o mercado: trabalho feminino em cadeias globais de valor. 9. Care work, imigração internacional e a crise do welfare state europeu Parte IV - Cadeias Globais de Comércio 10. As grandes cadeias globais de varejo 11. Cadeias de valor e relações centro-periferia 12. A diáspora chinesa e o comércio internacional Parte V – A Divisão Social do Trabalho no Século XXI 13. A divisão social do trabalho nas sociedades pós-industriais: declínio do emprego industrial e polarização social 14. Automação e Inteligência Artificial: existe um futuro para o trabalho humano?
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, seminários, discussões e apresentação de documentários.
Critério
A avaliação consistirá de uma apresentação oral em classe, uma resenha e um ensaio final, para o qual serão oferecidos 3 temas, dentre os quais os alunos deverão escolher um único de sua preferência. Os temas serão apresentados cerca de um mês de antecedência à data final de entrega.
Norma de Recuperação
Os alunos que obtiverem pelo menos 70% de presença às aulas e nota final entre 3 e 4,9 terão direito a um exame de recuperação. O exame de recuperação consistirá de um ensaio feito a partir de 3 temas propostos pelo professor. Os temas e a data para a realização da recuperação serão divulgados oportunamente.
 
Bibliografia
     
Salvatore J. Babones & Christopher K. Chase-Dunn Routledge Handbook of World-Systems Analysis. Routledge. Erik Brynjolfsson & Andrew Mcafee (2014) The Second Machine Age: Work, Progress, and Prosperity in a Time of Brilliant Technologies. W. W. Norton. Fernand Braudel (1987) A dinâmica do capitalismo. Rio de Janeiro, Ed. Rocco. [Cap. 2; 27-50] Gary Craig & Louise Waite & Hannah Lewis & Klara Skrivankova (2015) Vulnerability, Exploitation and Migrants: Insecure Work in a Globalised Economy (Migration, Diasporas and Citizenship). Palgrave Macmillan. Gary Gereffi & Miguel Korzeniewicz (1994) Commodity Chains and Global Capitalism. Praeger. [Introdução: pp. 1-14). Costa, A. O. et ali. Mercado de trabalho e gênero. Comparações internacionais. Rio de Janeiro, FGV Ed. James P. Womack & Daniel T. Jones & Daniel Roos (2004) A Máquina que Mudou o Mundo. E. Campus. (Caps. 2 & 3 : pp. 21-70). Klaus Schwab (2016) A Quarta Revolução Industrial. São Paulo, Edipro. [Cap. 3. Impactos; pp. 35-42]. Laura Stefanelli (2014) “Care Workers and Welfare: Foreign Migrant Women in Italy”. In: Mary Romero, Valerie Preston, and Wenona Giles. When Care Work Goes Global. Locating the Social Relations of Domestic Work. Ashgate, 2014.. Margaret May Chin (2005) Sewing Women: Immigrants and the New York City Garment Industry. Columbia University Press. Mark Selden, Pun Ngai, Jenny Chan (2013) “Apple, Foxconn and China's New Working Class: Political Economy of global production”. In: The Asia-Pacific Journal /Japan Focus, Volume 11; Issue 32; Number 2, Aug. (pp. 1-21). Martin Ford (2015) Rise of Robots: Technology and the Threat of a Jobless Future. Basic Books. Marx, Karl (1996) O Capital. “Cap. XXIV - A Assim Chamada Acumulação Primitiva”. Vol 1, Tomo 2, Coleção Os Economistas, São Paulo, Ed. Abril. [339-382) Melissa Wright (2013) Disposable Women and Other Myths of Global Capitalism. Routledge. Cap. 2. Disposable Daughters and Factory Fathers (pp. 23-44). Perelman, Michael (2000) The Invention of Capitalism: Classical Political Economy and the Secret History of Primitive Accumulation. Duke University Press. Quijano, Anibal (2005) “Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina.”. In: Edgardo Lander (comp.) A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. CLACSO, Buenos Aires. John Weiss & Michael Tribe. Routledge Handbook of Industry and Development. Sassen, Saskia (1998) Globalization and its discontents. New York, The New Press.
 

Clique para consultar os requisitos para FSL0662

Clique para consultar o oferecimento para FSL0662

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP