Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Geociências
 
Mineralogia e Geotectônica
 
Disciplina: GMG0497 - Fundamentos de Mineralogia Aplicada
Fundamentals of Applied Mineralogy

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
A disciplina faz uma introdução à aplicação da mineralogia nos diversos setores da atividade industrial, fornecendo elementos básicos para a análise e interpretação dos parâmetros mineralógicos da matéria. O curso trata inicialmente de conceitos da estrutura interna da matéria, estrutura cristalina e diagramas de fases. Os diversos minerais de uso industrial são descritos dos pontos de vista físico, químico, físico-químico e cristalográfico. O enfoque central da disciplina é a análise das propriedades da matéria cristalina que são exploradas por suas aplicações práticas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
45122 - Yushiro Kihara
 
Programa Resumido
 
 
 
Programa
1. Panorama e tendências em mineralogia aplicada e uso de materiais. 2. Histórico do uso dos minerais pelo homem. 3. Estrutura interna da matéria. 4. Diagramas de regras de fases. 5. Rochas ornamentais. 6. Métodos analíticos em mineralogia aplicada: introdução. 7. Microscopia óptica: princípios e aplicação. 8. Microscopia eletrônica de varredura: princípios e aplicação. 9. Difratometria de raios X: princípios e aplicações. 10. Análises térmicas: princípios e aplicações. 11. Análises químicas: principais métodos e aplicações. 12. Enfoque mineralógico/petrográfico na preservação do patrimônio histórico. 13. Normas técnicas: ABNT, ASTM, DIN. 14. A questão ambiental: toxicidade dos materiais e riscos de contaminação. 15. Uso dos principais bens minerais.
 
 
 
Avaliação
     
Método
aulas téoricas e aulas práticas.
Critério
2 provas (P1 e P2), seminário (S) e exercícios de aulas práticas (E), sendo a média final (MF) calculada pela seguinte fórmula: MF = (P1x0,25 + P2x0,25 + Sx0,3 + Ex0,2).
Norma de Recuperação
segundo critério do IGc-USP.
 
Bibliografia
     
DAMASCENO, E.C. 2006. Disponibilidade, suprimento e demanda de minérios para a metalurgia. Série Estudos e Documentos. CETEM, 145p. CALLISTER, W.D. 2000. Materials science and engineering: an introduction. 5rd ed., John Wiley, New York, 871p. HUMMEL, R.E. 1999. Understanding Materials Science. Springer-Verlag, 407p. IPT. 2004. A Cadeia Produtiva de Rochas Ornamentais e para Revestimento no Estado de São Paulo. 191p. ISAIA, G.C. (Ed.) 2005. Concreto: ensino, pesquisa e realizações. São Paulo. IBRACON, 2v., 1.600p. ISAIA, G.C. (Ed.) 2007. Materiais de Construção Civil e Princípios da Ciência de Engenharia de Materiais. São Paulo. IBRACON, 2v., 1.712p. KLEIN, C. 2002. Mineral Science. 22st. ed. J. Wiley & Sons Inc. 641p. LUZ, A. B. DA; LINS, F.F. 2008. Rochas e Minerais Industriais. Usos e Especificações. CETEM, 726p. VAN VLACK, L. H., 1984. Princípios de ciência e tecnologia dos materiais. 5ª ed., Ed. Campus, Rio de Janeiro, 567p. VEIGA, M. do R. 2005. Argamassas de cal na conservação de edifícios antigos. LNEC, 16p. VIDELA, H.A. 2003. Biocorrosão, biofouling e biodeterioração de materiais. São Paulo. Ed. Edgard Blücher Ltda., 148p.
 

Clique para consultar os requisitos para GMG0497

Clique para consultar o oferecimento para GMG0497

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP