Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Saúde Pública
 
Saúde, Ciclos de Vida e Sociedade
 
Disciplina: HCV0133 - Abordagem Qualitativa para Investigação em Nutrição
Qualitative Approaches in Research on Nutrition

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2019 Desativação:

Objetivos
Conhecer e aplicar técnicas básicas para descrição e análise de dados qualitativos no campo da nutrição; Entender a metodologia científica qualitativa como instrumento da prática profissional; Compreender o uso da abordagem qualitativa na investigação em alimentação e nutrição; Promover o diálogo entre ciências sociais, saúde e nutrição.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
8750457 - Cristiane da Silva Cabral
86132 - Fabiola Zioni
 
Programa Resumido
Referencial teórico. Técnicas e instrumentos para coleta, sistematização e análise de dados com abordagem qualitativa.
 
 
 
Programa
Contribuições das ciências sociais para as investigações em saúde, nutrição e alimentação. Conceito e metodologia da pesquisa social. Técnicas de pesquisa social: pesquisa documental; observação de campo; entrevista; grupo focal; pesquisa-ação. Tratamento e análise do material qualitativo. Ética na pesquisa qualitativa.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação do desempenho do estudante, que tem como foco as diferentes dimensões do processo ensino aprendizagem (Conhecimento; Habilidades; Atitudes), será realizada pelos seguintes instrumentos: seminários (parciais e final); atividades em sala de aula; trabalho final escrito.
Critério
Os critérios têm como parâmetros estruturantes os objetivos de aprendizagem da disciplina e as diretrizes do PPP. A avaliação tomará como critérios básicos: Coerência na explicitação de conceitos; Uso apropriado de conceitos na problematização e análise de determinado caso ou situação (simulada ou real); Organização lógica das ideias e argumentação apresentadas; Ideias/posicionamentos que expressem postura crítica e/ou humanista e/ou ética frente a situações e ou casos; Planejamento e/ou execução e/ou avaliação de programas de projetos de pesquisa; Desempenho que evidencie postura crítica e/ou humanista e/ou ética e/ou acolhedora e/ou respeitosa no desenvolvimento de atividades práticas e/ou frente à determinada situação ou estudo de caso; Participação com contribuições ao debate.
Norma de Recuperação
O discente que for para recuperação poderá realizar prova/trabalho. A nota final será a média (aritmética ou ponderada) das notas final e de recuperação.
 
Bibliografia
     
Braga, Vivian. “Cultura alimentar: contribuições da antropologia da alimentação”. Saúde em Revista, 6(13), 2004, p. 37-44. Langdon, Esther e Wiik, Flavio. “Antropologia, saúde e doença: uma introdução ao conceito de cultura aplicado às ciências da saúde”. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 18 (3). mai-jun 2010. p. 174-181. Boni, V.; Quaresma, J. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevistas em Ciências Sociais. Em tese – Revista Eletrônica dos Pós-graduandos em Sociologia Política da UFSC. Vol.2, nº1 (3), janeiro-julho/2005, pp.68-80. Canesqui, Ana. M. e Garcia, Rosa W.D. “Ciências sociais e humanas nos cursos de nutrição”. In: _______. Antropologia e nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2005. p. 255-274. Cardoso de Oliveira, Roberto. “O trabalho do antropólogo – olhar, ouvir e escrever”. Revista de Antropologia, vol. 39, n. 1, 1996. pp. 13-37. Ferreira, Vitor. Artes e manhas da entrevista compreensiva. Saúde e Sociedade, v. 23, nº 3, 2014, p. 979-992. Goldenberg, Miriam. “A comida como objeto de pesquisa – uma entrevista com Claude Fischler”. Psicologia Clínica, v. 23, n. 1, 2011, pp. 223-242. Goldenberg, Mirian. “Faça a pergunta certa”; “Formulando o problema de pesquisa”; “Construindo o projeto de pesquisa” e “Os passos da pesquisa”. In: _______. A arte de pesquisar. Rio de Janeiro: Record, 1998. p. 68- 80. Haguette, M.T.F. A crítica e a alternativa aos métodos de pesquisa tradicionais. In: _____. Metodologias qualitativas na sociologia. Rio de Janeiro: Vozes ed., 1987. pp. 93-127. Mantese, Bruna. “Straight Edges e suas relações na cidade”. In MAGNANI, J.G E MANTESE, B. (orgs.). Jovens na Metrópole: Etnografias de circuitos de lazer, encontro e sociabilidade. São Paulo: Editora Terceiro Nome, 2007. pp. 23-42. Beaud, S.; Weber, F. “Escolher um tema e um campo”. In: _______. Guia para a pesquisa de campo. Produzir e analisar dados etnográficos. Petrópolis: Vozes, 2007. p. 21-43. Minayo, Maria C.S. “Metodologia de pesquisa social em saúde”. In:________. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo, Hucitec, 1924, p. 39-53. __________. “Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade”. Ciência & Saúde Coletiva, 17(3): 621-626, 2012. MINAYO, Maria Cecília S. Técnicas de pesquisa - observação. In:___________. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 2014. pp.273-297. Mintz, Sidney W. Comida e antropologia: uma breve revisão, Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 16, n. 47, out. 2001, p. 31-41, Nascimento, Angelina Nascimento. “Considerações preliminares”. Comida: prazeres, gozos e transgressões. Salvador: Edufba, 2008, p. 29-39. Minnaert, Ana C.S. Teles. “A feira livre sob um olhar etnográfico”. In: Freitas, M. Escritas e narrativas sobre alimentação e cultura. Salvador: Edufba, 2008, p.129-147. Oliveira, Jenifer et. al. “Percepção dos obesos sobre o discurso do nutricionista: estudo de caso”. In: Freitas, M. Escritas e narrativas sobre alimentação e cultura. Salvador: Edufba, 2008, pp.175-189. Pedroso, C.G.T.; Sousa, A.A.; Salles, R.K, R.K. Cuidado nutricional hospitalar: percepção de nutricionistas para atendimento humanizado, Ciência & Saúde Coletiva, 16 (Supl. 1):1155-1162, 2011. Pimentel, Alessandra. “O método da análise documental: seu uso numa pesquisa historiográfica”. Cadernos de Pesquisa, nº114, São Paulo, Nov. 2001, pp. 179-195. Vasconcelos, Francisco et. al. “Fome, comida e bebida na música popular brasileira: um breve ensaio”. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.22, n.3, jul.-set. 2015, p.723-741. POULAIN, J.P.; PROENÇA, R.P.C. Reflexões metodológicas para o estudo das práticas alimentares, Rev. Nutr., 16(4):365-386, out./dez., 2003. Santos, Tania S. dos. “Do artesanato intelectual ao contexto virtual: ferramentas metodológicas para a pesquisa social”. Sociologias, Porto Alegre, ano 11, nº 21, jan./jun. 2009, p. 120-156 SÁ-SILVA, J. et al. “Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas”. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais. Ano I - Número I - Julho de 2009. pp. 1-15. Souza, Sinara et. al. “A representação do consumo de bebidas alcoólicas para adolescentes atendidos em uma Unidade de Saúde da Família”. Ciência & Saúde Coletiva. 15 (3), 2010, p. 733-741. Thiollent, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 2000. 9ª. Ed Toledo, Renata; Giatti, Leandro; e Pelicioni, Maria C. “Mobilização Social em Saúde e Saneamento em Processo de Pesquisa-ação em uma Comunidade Indígena no Noroeste Amazônico”. Saúde Soc. São Paulo, v.21, n.1, 2012, p.206-218. TRAD, L.A.B. Grupos focais: conceitos, procedimentos e reflexões baseadas em experiências com o uso da técnica em pesquisas de saúde. PHYSIS – Revista de Saúde Coletiva, vol.19, n.3, 2009. p. 777-796. Tripp, David. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica, Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 443-466, set./dez. 2005. Victora, C.G.; Knauth, D.R.; Hassen, M.N.A. “A construção do objeto de pesquisa”. In: _______. Pesquisa qualitativa em saúde. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2000. p. 45-52. Victora, C.G.; Knauth, D.R.; Hassen, M.N.A. Metodologias qualitativa e quantitativa. In: _______. Pesquisa qualitativa em saúde. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2000. pp. 33-44.
 

Clique para consultar os requisitos para HCV0133

Clique para consultar o oferecimento para HCV0133

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP