Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Saúde Pública
 
Saúde Ambiental
 
Disciplina: HSA0109 - Gestão de Resíduos Sólidos
Solid Waste Management

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2016 Desativação:

Objetivos
O objetivo do curso é introduzir o aluno às questões dos resíduos sólidos, enfocando desafios, impactos ambientais e efeitos à saúde, levando à compreensão das implicações da geração, gestão de recursos e impactos do gerenciamento de resíduos. Apresentar a gestão dos resíduos sólidos urbanos, resíduos de serviços de saúde, resíduos industriais e demais resíduos especiais, enfatizando as etapas do gerenciamento e os processos de valorização, tratamento e disposição final, como também a legislação e normas técnicas vigentes. Estudar as formas de minimização, recuperação e valorização de resíduos e compreender os princípios e técnicas de gestão de resíduos sólidos, considerando os aspectos legislativos, ambientais, econômicos e sociais. Realizar visitas técnicas a instalações de transporbo, triagem manual e mecanizada, aterro sanitário e aterro classe I, instalação de recuperação de metais de lodos e incineração de resíduos perigosos.
 
This lecture aims to introduce issues of solid waste, and is focused on challenges, environmental impacts and health effects, leading to the understanding of the implications of the production, resource management and environmental impacts of solid waste management. It presents the management of municipal solid waste, health care waste, industrial waste and special wastes, emphasizing the steps of management and recovery processes, treatment and final disposal, as well as legislation and technical standards. The students are motivated to reflect about the significance of minimization, recycling, reuse and reclamation of solid wastes, and to understand the principles and techniques of solid waste management, considering the legislative, environmental, economic and social aspects. The lecture promotes technical visits to some transfer facilities, manual and mechanical separation facilities, landfill and landfill class I, recovering sludge metal plant and incineration of hazardous waste.
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
89987 - Wanda Maria Risso Günther
 
Programa Resumido
O curso trata da gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos, resíduos de serviços de saúde, resíduos industriais e os principais resíduos especiais. Apresenta a legislação e normatização sobre resíduos sólidos e discute a hierarquização, minimização e valorização de resíduos na perspectiva da sustentabilidade.
Contextualiza os principais determinantes da geração de resíduos e as políticas públicas. Apresenta e discute as etapas do gerenciamento dessas quatro modalidades de resíduos, com ênfase na valorização (reutilização, reciclagem e recuperação energética e de biomassa) e tratamento e na disposição final dos rejeitos. Possibilita visitas técnicas a instalações de transbordo, centros de triagem manual e mecanizada, aterro sanitário e aterro classe I, recuperadora de metais de lodos e incineração de resíduos perigosos.
 
The lecture is focused on the management of urban solid waste, medical waste, industrial waste and the main special waste. It presents the legislation and regulation of solid waste and discusses the hierarchy, minimization and recovery of waste from the perspective of sustainability.
It contextualizes the determinants of waste generation and principal public policies. It presents and discusses the stages of the management of residues modalities, with an emphasis on recovery (reuse, recycling and energy recovery and biomass) and treatment and disposal of waste. It also promotes technical visits to some transfer facilities, manual and mechanical separation facilities, landfill and landfill for hazardous wastes, recovering sludge metal facility, and incineration of hazardous waste.
 
 
Programa
Resíduos sólidos: conceituação, tipos e classificação, características, composição e análise, responsabilização. Aspectos sanitários, ambientais, epidemiológicos, econômicos e sociais dos resíduos sólidos. Padrões de produção e consumo x geração de resíduos. Políticas públicas para a gestão de resíduos sólidos. Gestão e gerenciamento de resíduos sólidos com vistas à minimização, valorização e sustentabilidade. Etapas do gerenciamento de RSU: acondicionamento, coleta, transporte, transbordo, recuperação (reutilização, reciclagem e recuperação energética e de biomassa), tratamento e disposição final. Serviços de limpeza urbana: tipos, estrutura organizacional e aspectos operacionais. Aterros sanitários e aterros classe I. Resíduos de serviços de saúde (RSS): classificação, gerenciamento interno e externo. Resíduos industriais (RI): etapas do gerenciamento, minimização, técnicas e tecnologias de tratamento e valorização. Resíduos especiais: principais tipos, classificação, gerenciamento por tipologia. Sistemas integrados e consorciados. Legislação e normatização sobre resíduos sólidos. Áreas degradadas e áreas contaminadas: conceituação, determinantes, gestão e gerenciamento.
 
Solid waste: definition, types and classification, characteristics, composition and analysis, accountability. Health, environmental, epidemiological, economic and social aspects of solid wastes. Production and consumption patterns x waste generation. Public policies for the solid waste management. Solid waste management aimed to the minimization, recovery and sustainability. Stages of solid waste management: storage, collection, transport, transfer, recycling and recovery, treatment and final disposal. Urban sanitation services: types, organizational structure and operational aspects. Landfills and hazardous wastes landfills. Health care wastes: classification, internal and external management. Industrial Wastes: stages of management, minimization, techniques and treatment and recovery technologies. Special waste: main types, classification, management by type. Integrated systems. Legislation and regulation of solid waste. Land degradation and contaminated areas: definition, determinants and management.
 
 
Avaliação
     
Método
O desempenho dos alunos será avaliado com base nas notas obtidas em prova, trabalho prático final e exercícios aplicados ao longo do curso
Critério
A = ((P + (0,6* T + 0,4*E))/2

Onde:
P é a nota da prova P
T é a nota do trabalho prático
E é a somatória das notas dos exercícios aplicados em classe
Norma de Recuperação
Será aplicada uma prova escrita (em data a ser definida pela CG), sendo considerado aprovado o aluno que obtiver média ≥ 5,0 (cinco).
NF + Rec / 2 ≥ 5,0 (aprovado)
 
Bibliografia
     
ANVISA. Manual Gerenciamento de Resíduos de Saúde:
http://www.anvisa.gov.br/servicosaude/manuais/manual_gerenciamento_residuos.pdf.
BESEN, G.R; GUNTHER, W. M. R.; RODRIGUES, A. C.; BRASIL, A. L. Resíduos Sólidos: vulnerabilidades e perspectivas. A insustentabilidade da geração excessiva de resíduos sólidos. In: Instituto Saúde e Sustentabilidade. (Org.). Meio ambiente e saúde: o desafio das metrópoles. 1ed., São Paulo: Ex-Libris, 2010, v. 1, p. 107-123.
BIDONE, F. R. A. Conceitos básicos de resíduos sólidos. São Carlos: EESC/USP, 1999.
CETESB. Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (São Paulo, Brasil). Resíduos sólidos industriais. São Paulo: CETESB, 1993.
CETESB – Companhia De Tecnologia De Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo. Inventário estadual de resíduos sólidos urbanos: relatório 2013 [relatório na internet]. São Paulo; 2014. Disponível em:
CETESB – Companhia De Tecnologia De Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo. Inventário estadual de resíduos sólidos domiciliares: relatório 2011 [relatório na internet]. São Paulo; 2011. Disponível em:
CETESB – Companhia De Tecnologia De Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo. Relatório de estabelecimento de valores orientadores para solos e águas subterrâneas do Estado de São Paulo [relatório na internet]. São Paulo; 2001. Disponível em:
CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo. Cadastro de áreas contaminadas. Relação de Áreas Contaminadas e Reabilitadas Disponível em:
CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo. Manual de gerenciamento de áreas contaminadas [manual na internet]. São Paulo; 2001. Disponível em:
GÜNTHER WMR. Áreas contaminadas no contexto da gestão urbana. São Paulo Perspect. 2006; 20:105-17.
GÜNTHER WMR, GRIMBERG E. Directrices para la gestión integrada y sostenible de residuos sólidos urbanos en América Latina y Caribe. São Paulo: AIDIS/IDRC; 2006.
JACOBI, P. (org.) Gestão compartilhada dos resíduos sólidos no Brasil: inovação com inclusão social. São Paulo: Annablume, 2006.
LIMA, L.M.de Q. Lixo: Tratamento e biorremediação. São Paulo: Rima, 3 ed., 2004.
MESQUITA JUNIOR, J.M Gestão integrada de resíduos sólidos - Rio de Janeiro IBAM, 2007.
MMA – Ministério do Meio Ambiente. Manejo e gestão de resíduos da Construção Civil: Disponível em:
MANSOR, M.T.C. et al. Resíduos sólidos. São Paulo: SMA, 2010. (Cadernos de educação ambiental).
MONTEIRO, J.H.P. (coord.) et al. Manual de gerenciamento integrado de resíduos sólidos. Rio de Janeiro: IBAM. 2001.
MOREIRA A.M.M. et. al. Caminhos da Faculdade de Saúde Pública Sustentável. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública, 2010. Disponível em:
OPS – Organização Pan-americana da Saúde, Centro Pan-Americano de Engenharia Sanitária e Ciências do Ambiente. Guia para o manejo interno de resíduos sólidos em estabelecimentos de saúde/tradução de Carol Castillo Arguello. Brasília: OPAS, 1997.
OPS – Organización Panamericana de la Salud. Informe de la evaluación regional de los servicios de manejo de residuos sólidos municipales en América Latina y el Caribe. Washington D.C.: OPS, 2005. Disponível em:
OTERO, M.L; VILHENA A. (coord). Lixo municipal: manual de gerenciamento integrado. São Paulo: IPT/CEMPRE, 2 ed., 2000.
PINHEL J.R. (Org). Do lixo à cidadania. Guia para a formação de cooperativas de catadores de materiais recicláveis. São Paulo: Ed. Peirópolis, 2013.
Programa de Pesquisa em Saneamento Básico – PROSAB. Digestão de resíduos sólidos orgânicos e aproveitamento do biogás / coordenador Servio Tulio Cassini -- Vitória: s.n, 2003.
Programa de Pesquisa em Saneamento Básico – PROSAB. Metodologias e técnicas de minimização, reciclagem e reutilização de resíduos sólidos urbanos. Rio de Janeiro: ABES, 1999.
Programa de Pesquisa em Saneamento Básico – PROSAB. Resíduos sólidos urbanos: aterro sustentável para municípios de pequeno porte / coordenador Armando B. de Castilhos Junior. Florianópolis: s.n, 2003.
RIBEIRO H, GÜNTHER WMR. Urbanização, modelo de desenvolvimento e a problemática dos resíduos sólidos urbanos. In: Ribeiro WC (organizadores). Patrimônio ambiental brasileiro. São Paulo: EDUSP; 2003a, p.469-89.
SCHNEIDER, V.E. et al. Manual de gerenciamento de resíduos sólidos de serviços de saúde. São Paulo: CLR Baliero, 2001.
TCHOBANOGLOUS G; KREITH F. Handbook of Solid Waste Management. Mc. Graw- Hill, 2002.
TONETO Jr, R, SAIANI C C S e DOURADO J. (Org.) Resíduos sólidos no Brasil: oportunidades e desafios da lei federal nº 12.305. Ed Manole, 2014.
WIDMER R. et al. Global perspectives on e-waste, Environmental Impact Assessment Review, Vol.25, n. 5, 2005, p. 436-458 Elsevier.
 

Clique para consultar os requisitos para HSA0109

Clique para consultar o oferecimento para HSA0109

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP