Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Saúde Pública
 
Política, Gestão e Saúde
 
Disciplina: HSP0146 - Farmacoepidemiologia
Pharmacoepidemiology

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2016 Desativação:

Objetivos
Capacitar o aluno a utilizar o método epidemiológico para compreender o processo de utilização de medicamentos pela população, com vistas à promoção do seu uso seguro e racional.
 
Enable the student to use the epidemiological method to understand the process of medication use by the population, in order to promote their safe and rational use.
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
7491742 - Adriane Lopes Medeiros Simone
680890 - Fernando Mussa Abujamra Aith
 
Programa Resumido
Abordagem histórica. Métodos epidemiológicos. Estudos de utilização de medicamentos. Farmacovigilância. Farmacoeconomia. Programa de Segurança do Paciente.
 
Historical approach. Epidemiological methods. Drug utilization studies. Pharmacovigilance. Pharmacoeconomics. Patient Safety Program.
 
 
Programa
Teórico: 1. Introdução: abordagem histórica. Conceitos. Contribuições. Objetivos. 2. Métodos epidemiológicos aplicados aos estudos de utilização de medicamentos: Relato de casos. Séries de casos. Estudos ecológicos. Estudos de caso-controle. Estudos de coortes. Ensaios clínicos randomizados. 3. Farmacovigilância: conceitos. Histórico. Situação no Brasil. Sistemas de notificação de eventos adversos a medicamentos. Causalidade em farmacovigilância. Erros de medicação (erros de prescrição, erros de dispensação, erros de administração). 4. Segurança do paciente no uso de medicamentos: cultura de segurança; gestão de riscos; uso de protocolos. 5. Estudos de utilização de medicamentos: conceito. Histórico. Estudos quantitativos. Estudos qualitativos. Classificação de medicamentos (Classificação Anatomical Therapeutic Chemical – ATC; Dose diária definida – DDD). Estudos de utilização de medicamentos por grupos populacionais específicos (gestante, idosos, crianças). Estudos sobre adesão à terapia medicamentosa. Estudos sobre automedicação. 6. Farmacoeconomia: Tipos de análise farmacoeconômica. Aplicação.
 
1. Introduction: historical approach. Concepts. Contributions. Objectives. 2. Epidemiological methods applied to drug utilization studies: Case reports; case series; Ecological study; Casecontrol study; Cohort studies; Clinical trials. 3. Pharmacovigilance: definitions. Historical background. Pharmacovigilance in Brazil. Reports of adverse drug events. Causality in pharmacovigilance. Medication errors (prescription errors; dispensing errors; administration errors). 4. Patient safety in drug utilization: safety culture; risk management; use of protocols. 5. Drug utilization studies: definition. Historical background. Quantitative studies. Qualitative studies. Anatomical Therapeutic Clinical classification (ATC). Defined daily doses (DDD). Drug utilization studies in specific groups: pregnant woman; elderly; children. Studies about adherence to pharmacological treatments. Self-medication studies. 6. Pharmacoeconomics: pharmacoeconomic analysis; application.
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação consiste de duas provas escritas que valem 5,0(cinco) pontos cada uma e da apresenação de um seminário valendo 10 (dez) pontos. A soma das notas tem peso 2 e o seminário tem peso 1. A média final é dada pela soma das notas da prova e seminário ponderadas, dividida por 3.
Critério
Será aprovado o aluno que obtiver nota média superior ou igual a 5,0 e frequência mínima de 70%.
Norma de Recuperação
Os alunos com frequência mínima de 70% e nota média de 3,0 a 4,9 poderão fazer uma prova escrita sobre o conteúdo, no inicio do semestre seguinte ao do oferecimento da disciplina.
 
Bibliografia
     
BÁSICA:
1. CASTRO CGSO. Estudos de Utilização de Medicamentos - Noções Básicas. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ; 2000.
2. STROM BL, ed. Pharmacoepidemiology. 2nd. ed. Chichester: John Wiley & Sons, 1994.
3. ROMANO-LIEBER NS. Princípios de Farmacoepidemiologia. In: Storpirtis S. et al. Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica. Guanabara-Koogan, 2007 p. 37-45.
4. ROZENFELD S, ROMANO-LIEBER NS. Estratégias de investigação em Assistência Farmacêutica. In: Osorio-de-Castro CGS; Luiza VL; Castilho SR; Oliveira MA; Jaramillo NM. (Org.). Assistência Farmaêutica - gestão e prática para profissionais de saúde. 1ed. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2014, p. 295-306.
COMPLEMENTAR:
1. CAPUCHO HC, CARVALHO FD, CASSIANI SHB. Farmacovigilância – gerenciamento de riscos da terapia medicamentosa para a segurança do paciente. Ed. Yendis, 2011.
2. World Health Organization. The importance of Pharmacovigilance. Safety Monitoring of Medicinal Products. Geneva; 2002.
3. Portaria nº 529, de 1 de Abril de 2013 - Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP)
 

Clique para consultar os requisitos para HSP0146

Clique para consultar o oferecimento para HSP0146

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP