Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos
 
Disciplinas do Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos
 
Disciplina: IAU0726 - Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo no Brasil II
Theory and History of Architecture and Urbanism in Brazil II

Créditos Aula: 6
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
Oferecer uma visão geral do processo de metropolização e de constituição da cultura urbanística e arquitetônica no Brasil, enfatizando as transformações da cidade a partir da Segunda Guerra Mundial. Problematizara a consolidação de uma linguagem própria da arquitetura e do urbanismo no Brasil, estabelecendo suas relações com a produção internacional e, em especial, latino-americana.
 
 
 
Programa Resumido
Arte, arquitetura e metrópole: abstração, cidadania e espaço de sociabilidade. Desenvolvimentismo e ocupação do território: cidades novas, Brasília e os limites do projeto moderno. Autoritarismo, crise da arquitetura e a produção da habitação e da cidade anos 60 e 70. Tendências e desafios, contemporâneos da arquitetura e do urbanismo no Brasil à luz da produção internacional recente.
 
 
 
Programa
1. Consolidação da Arquitetura e do Urbanismo Modernos no BrasilA emergência dos Planos Urbanísticos Gerais: Alfred Agache e Le Corbusier e os planos para o RJ; Prestes Maia e o Plano de Avenidas para SP. Oscar Niemeyer a formação de uma linguagem brasileira na arquitetura: 1936-1950. Pesquisas Paralelas: Reidy, Bologna, Bernardes. 2. Arquitetura, Urbanismo e a questão da habitação Social.Favelas e padrão periférico de expansão urbana1930/40 . Fundação da Casa Popular e a produção dos IAP's. Cidade dos Motores: Volta Redonda; Goiânia - Attilio Correa Lima e Sert. Núcleos residenciais planejados I - anos 1940/50 (Serra do Navio). 3. Arquitetura e MetrópoleArquitetura e Metrópole: Novos Programas e Novas Tipologias. Arquitetura Escolar e as redes de equipamentos urbanos. Arte e arquitetura nos anos 50. As Bienais de Arte e a internacionalização da informação artística. Abstração e realismo na arte brasileira. Planos urbanísticos e metropolização (1940/50) - Lebret e Moses em São Paulo. Núcleos residenciais planejados II (Caraíba)4. Arquitetura e Urbanismo de BrasíliaConcurso de Brasília: O Plano Piloto de Lúcio Costa e os projetos finalistas. O Plano Piloto e os edifícios institucionais. A arquitetura de Niemeyer. O tema da habitação: das super-quadras às cidades satélite. 5. Arquitetura, Urbanismo e Cultura após o Golpe MilitarGolpe de 1964, Política Urbana e Habitacional: a criação do SERPHAU e do BNH. Artigas, a Escola Paulista e o significado do brutalismo. Cultura e Política 1964/69 . Sergio Ferro, a Arquitetura Nova e a crítica ao projeto moderno no Brasil. A emergência do planejamento integrado - PUB e PMDI em São Paulo.6. Arquitetura e Cidade nos anos 1970-90Lina Bo Bardi, intervenção moderna e patrimônio histórico. Paulo Mendes da Rocha: arquitetura, técnica e cidade. João Filgueiras Lima (Lelé): tecnologia e forma na industrialização da construção. O urbanismo dos anos1980/90 - Constituição Federal de 1988 e Novos Planos Diretores. Reforma Urbana e Estatuto da Cidade. Novos desafios da arquitetura e do urbanismo no Brasil.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas teóricas, seminários realizados em grupo, leituras programadas de projetos e planos urbanísticos, visitas e viagens didáticas programadas.
Critério
Participação em classe e demais atividades didáticas. Aproveitamento em provas, relatórios, seminários e leitura de projetos e planos. Trabalho semestral.
Norma de Recuperação
Trabalho único sobre matéria do semestre com nota maior ou igual a 5.00 (cinco).
 
Bibliografia
     
Principal:BONDUKI, Nabil. Origens da habitação social no Brasil. São Paulo: Estação Liberdade, 1998.BRUAND Yves. Arquitetura Contemporânea no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 1981.COSTA, Lúcio. Registro de uma Vivência. São Paulo: Empresa das Artes, 1997, pp. 283-297.GORELIK, Adrián. Das Vanguardas a Brasília. Belo Horizonte: UFMG, 2005LEME, M. Cristina da Silva (organizadora). Urbanismo no Brasil 1895-1965. São Paulo: Studio Nobel; FAU-USP; FUPAM, 1999.LEMOS, Carlos A. C. Arquitetura Brasileira. São Paulo: Melhoramentos: EDUSP, 1979.MARTINS Carlos. Construir uma arquitetura, construir um país. In: SCHWARZ, Jorge (org). Da Antropofagia à Brasília. São Paulo: Cosac Naify, 2003.MINDLIN, Henrique. Arquitetura moderna no Brasil. Rio de Janeiro: Aeroplano, 1999.XAVIER, Alberto (org.). Depoimento de uma geração - Arquitetura Moderna Brasileira. São Paulo: COSAC NAIFY, Edição revisada e ampliada, 2003.Complementar:HOLSTON, James. A Cidade Modernista. Uma crítica de Brasília e sua utopia. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.LEMOS, Carlos A. C. A República ensina a morar (melhor). São Paulo: Hucitec, 1999.LIERNUR, Jorge Francisco. The Brazilian Way. BLOCK n. º 4. Buenos Aires: CEAC TdT, 1999.REIS, Nestor Goulart. Quadro da Arquitetura no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 1970.RIBEIRO, Luiz César Q.; PECHMAN, Robert M. (org.). Cidade, povo e nação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1996.SAIA, Luís. Morada Paulista. São Paulo, Perspectiva, 1995.SANTOS, Paulo F. Quatro Séculos de Arquitetura. Rio de Janeiro: IAB, 1981.XAVIER, Denise. Arquitetura Metropolitana. São Paulo: Annablume: FAPESP, 2007.VILLAÇA, Flávio; Uma contribuição para a história do planejamento urbano no Brasil. In Schiffer, S.; Deak, C. O Processo de Urbanização no Brasil. São Paulo: EDUSP, 1999.
 

Clique para consultar os requisitos para IAU0726

Clique para consultar o oferecimento para IAU0726

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP