Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos
 
Disciplinas do Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos
 
Disciplina: IAU0735 - Projeto IV-A
Architectural and Urban Design Studio IV-A

Créditos Aula: 6
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 150 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
Projeto IV-A objetiva iniciar a capacitação na leitura, reconhecimento e interpretação de situações, processos e dinâmicas urbanas e no desenvolvimento de projetos que extrapolam os aspectos restritos ao lote e à edificação. Levando em consideração questões inerentes ao processo dinâmico de conformação da cidade, enfoca as relações entre o projeto urbano e o projeto de edificação como definidores da arquitetura da cidade, assim como a relação entre as partes ou setores urbanos e a cidade como totalidade. Os exercícios introduzem ao aluno instrumentos e parâmetros urbanísticos, além de aspectos intrínsecos ao projeto urbano, tais como: forma urbana/forma da edificação; contexto/contraste; continuidade/descontinuidade; horizontalidade/verticalidade; preservação/renovação, convenção/invenção.
 
 
 
Programa Resumido
No desenvolvimento de seus exercícios Projeto IV-A aborda a problemática projetual contida em diferentes escalas de intervenção, compreendendo a escala de uma quadra ou realidades urbanas mais complexas, por meio de intervenções em fragmentos de áreas centrais ou áreas urbanas consolidadas.
 
 
 
Programa
No desenvolvimento de seus exercícios Projeto IV A aborda a problemática projetual contida em diferentes escalas de intervenção. Num primeiro momento, introduz elementos básicos para instrumentalizar o aluno para o desenvolvimento projetos urbanos em áreas urbanas consolidadas. Posteriormente, em intervenções em áreas centrais da cidade, aborda a questão de preexistências arquitetônicas e urbanísticas, sempre trabalhando com áreas que apresentem excepcionais condições de acessibilidade, fortes implicações históricas e simbólicas e alto dinamismo, ao mesmo tempo em que apresentam aspectos de obsolescência e deterioração física.
 
 
 
Avaliação
     
Método
São combinadas aulas expositivas ou teóricas com aulas práticas, seminários, palestras, visitas e levantamentos das áreas de intervenção. As atividades discentes desenvolvem-se em grupos de alunos e se combinam com tarefas individuais. Os exercícios são acompanhados, discutidos e desenvolvidos em atelier. Segundo critério dos professores, são organizados esquemas diferentes de apresentação e de discussão entre professore e demais equipes.
Critério
A avaliação levará em conta a participação dos alunos em aula, o processo de desenvolvimento dos trabalhos, a entrega dos produtos solicitados nos prazos estabelecidos, o domínio da linguagem e do repertório arquitetônico e, quando da entrega final a qualidade gráfica dos produtos. Média ponderada dos trabalhos igual ou superior a 5,0 (cinco), desde que a nota do último exercício não seja inferior a 6,0 (seis). Isto é, os trabalhos finais que tiverem nota inferior a 6,0 (seis) estarão automaticamente de recuperação.
Norma de Recuperação
Reelaboração do último exercício. Nota final igual ou superior a 5,00 (cinco), sendo essa nota resultado de média aritmética entre a primeira nota do último exercício e a nota da recuperação.
 
Bibliografia
     
BIBLIOGRAFIA BÁSICA:PROJETO URBANO: CONCEITOS, MÉTODOS E CRÍTICA:ARGAN, G.C.O Espaço Visual da Cidade. e Cidade ideal e cidade real In "História da Arte como História da Cidade", Livraria Martins Fontes Editora Ltda., São Paulo, 1992.CARMONA. M., HEATH, T. Public Places, Urban Spaces, Architectural Press, Oxford, 2006.HEDMAN, R. E JASZEWSKI, A. Fundamentals of Urban Design. Planners Press, Washington, 1984 (cópia xerox). PANERAI, P. O Retorno à Cidade: o espaço público como desafio do projeto urbano. In Projeto Abril, 94, pgs. 78-82SOLÀ – MORALES, MANUEL De Cosas Urbanas, Editorial Gustavo Gili, Barcelona, 2008.PROCESSOS DE URBANIZAÇÃO, CONFORMAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DO ESPAÇO:DAVIES, M. Fortaleza LA. In "Cidade de Quartzo", Scritta Editorial, São Paulo, 1993, pags. 203-236.MARX, MURILLO Cidade no Brasil. Em que termos? Studio Nobel. São Paulo 1999 SASSEN, SASKIA E ROOST, FRANK A cidade: local estratégico para a indústria global do entretenimento in Espaço & Debates, n.41,2001. SINGER, PAUL Desenvolvimento Econômico e Evolução Urbana.São Paulo. Cia. Editora Nacional. 1968VILLAÇA,FLAVIO Espaço intra-urbano no Brasil. Studio Nobel/FAPESP.1998. Capítulos 10 e 11: Os centros principais e Os subcentros.
 

Clique para consultar os requisitos para IAU0735

Clique para consultar o oferecimento para IAU0735

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP