Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto Oceanográfico
 
Oceanografia Biológica
 
Disciplina: IOB0158 - Vertebrados Aquáticos
Marine Vertebrates

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2020 Desativação:

Objetivos
Oferecer aos alunos uma base de informação sobre aspectos envolvendo origem e evolução, morfologia funcional, fisiologia comparada, diversidade biológica e biogeografia dos principais grupos de vertebrados marinhos viventes.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5073710 - Marcelo Roberto Souto de Melo
 
Programa Resumido
Apresentação das principais linhagens de vertebrados marinhos viventes e aspectos de origem e evolução: Agnatha (forma e função + diversidade e biogeografia deste grupo basal),
 
 
 
Programa
Apresentação das principais linhagens de vertebrados marinhos viventes e aspectos de origem e evolução: Agnatha (forma e função + diversidade e biogeografia deste grupo basal), Chondrichthyes, Actinopterygii, Sarcopterygii, Testudines, Lepidosauria, Arcosauria e Mammalia. Morfologia funcional, diversidade e biogeografia de Chondrychthyes, Actinopterygii, Sarcopterygii, Testudines, Lepidosauria, Arcosauria e Mammalia. Fisiologia comparada de vertebrados marinhos: trocas gasosas, circulação, digestão, excreção e reprodução. Trabalho de Campo.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, aulas de laboratporio, discussão de textos.
Critério
Sondagens bimestrais (provas escritas), trabalhos individuais e em grupo, resenhas e participação nas discussões, apresentação de seminários, entrega de protocolo de aula prática.
Norma de Recuperação
Prova
 
Bibliografia
     
FIGUEIREDO, J. L. & MENEZES, N. A., 1978. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. II. Teleostei (1). São Paulo, Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, 110 p.
FIGUEIREDO, J. L. & MENEZES, N. A., 1980. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. III. Teleostei (2). São Paulo, Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, 90 p
FIGUEIREDO, J. L. & MENEZES, N. A., 2000. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. VI. Teleostei (5). São Paulo, Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo/FAPESP, 116 p.
HAMLETT, W. C. ed. 1999. Sharks, skates, and rays: the biology of elasmobranch fishes. Baltimore, Johns Hopkins University Press.
HÖFLING, E.; OLIVEIRA, A.M.S.; RODRIGUES, M.T.; TRAJANO, E. & ROCHA, P.L.B., 1995. Chordata. S. Paulo, Edusp, 242 p.
LALLI, C.M. & PARSONS, T.R. 1995. Biological Oceanography: an Introduction. Oxford, Butterworth-Heinemann Ltd., 301 p.
MENEZES, N. A. & FIGUEIREDO, J. L., 1980. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. IV. Teleostei (3). São Paulo, Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, 96 p.
MENEZES, N. A. & FIGUEIREDO, J. L., 1985. Manual de peixes marinhos do sudeste do Brasil. V. Teleostei (4). São Paulo, Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, 105 p.
MENEZES, N. A.; BUCKUP, P. A.; FIGUEIREDO, J. L. DE & MOURA, R. L. de. ed., 2003. Catálogo das espécies de peixes marinhos do Brasil. São Paulo, Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, 160 p.
NOVELLI, R. 1997. Aves marinhas costeiras do Brasil: Identificação e biologia. Porto Alegre, Ed. Cinco Continentes. 92p.
ROMER, A. S. & PARSONS, T. S. Anatomia comparada dos vertebrados. São Paulo, Atheneu, 559 p.
SICK, H. 1997. Ornitologia Brasileira, edição revista e ampliada por José Fernando Pacheco. Rio de Janeiro, Editora Nova Fronteira, 912p.
SPARRE, P. & VENEMA, S. C. 1997. Introdução à avaliação de mananciais de peixes tropicais. Parte 1. Manual. FAO Doc. Téc. sobre as Pescas. 306(1):404 p. (versão eletrônica no site da FAO: www.fao.org)
BENTON, M.J. 2008. Paleontologia dos Vertebrados. 3ª Edição. Atheneu Editora, SP.
CARRIER, J.C., MUSIK, J.A. & HEITHAUS, M.R. 2010. Sharks and Their Relatives II: Biodiversity, Adaptative Physiology and Conservation.. 1st Edition. CRC Marine Biology Series. CRC Press.
CARRIER, J.C., MUSIK, J.A. & HEITHAUS, M.R. 2012. Biology of Sharks and Their Relatives. 2nd Edition. CRC Marine Biology Series. CRC Press.
COLLARD, S.B. & RICE, J. 1993. Sea Snakes. Bell Books, 32 p.
GILL, F.B. 2007. Ornithology. 3rd Edition. W.H. Freeman and Company, New York.
HELFMAN, G.S., COLLETTE, B.B., FACEY, D.E. & BOWEN, B.W. 2010. The Diversity of Fishes: Biology, Evolution, and Ecology. 2nd Edition, Wiley-Blackwell, Oxford, UK.
HICKMAN JR, C.P., ROBERTS, L.S. & LARSON, A. 2004. Princípios Integrados de Zoologia. Editora Guanabara Koogan S.A.
HILDEBRAND, M. & GOSLOW, G. 2006. Análise da Estrutura dos Vertebrados. Atheneu Editora, SP.
JENNINGS, S.; KAISER, M.J. & REYNOLDS, J.D. 2001. Marine Fisheries Ecology. Oxford, Blackwell Sci. Ltd.

KARDONG, K.V. 2011 Vertebrados: Anatomia Comparada, Função e Evolução. 5a ed. Editora Roca.
LIEM, K.F., W.E. BEMIS, W.F. WALKER Jr. & L. GRANDE. 2001. Functional Anatomy of the Vertebrates - An Evolutionary Perspective. 3a ed. Thomson-Brooks/Cole, Belmont, CA, USA.
LUTZ, P.L., MUSICK, J.A. & WYNEKEN, J. 2003. The Biology of Sea Turtles. Volume II. CRC Marine Biology Series. CRC Press.
MOYLE, P.B. & CECH JR., J.J. 2006. Fishes: An Introduction to Ichthyology. 5ª Edição. Prentice Hall.
PERRIN, W.F., WÜRSIG B. & THEWISSEN J. G.M. (EDS). 2009. Encyclopedia of Marine Mammals. Academic Press.
POUGH, F.N., JANIS, C.M. & PARSONS, T.S. 2008. A Vida dos Vertebrados. 5ª Edição. Atheneu Editora, SP.
SCHREIBER, E.A. & BURGER, J. 2002. Biology of Marine Birds. CRC Marine Biology Series. CRC Press.
WYNEKEN, J., M. H. GODFREY & V. BELS (Eds.). 2008. Biology of Turtles. Volume II, CRC Press, Boca Raton, Florida.
WYNEKEN, J., M. H. LOHMANN, K.J & MUSICK, J.A. 2013 (Eds.). Biology of Turtles. Volume III. CRC Press, Boca Raton, Florida.
VAUGHAN, T.A., RYAN, M.J. & CZAPLEWSKI, J.P. 1999. Mammalogy. 4th Edition, Harcourt College Publiction, New York
 

Clique para consultar os requisitos para IOB0158

Clique para consultar o oferecimento para IOB0158

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP