Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Ciências Exatas
 
Disciplina: LCE0105 - Computação, Inteligência Artificial e Organizacional para Economia Visando Hipercompetitividade
Information Systems and Organizational Intelligence

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
Fornecer subsídios para os alunos acompanharem disciplinas de graduação que demandam conhecimento em computação, sistemas de informação, inteligência artificial e organizacional e colaborar significativamente na empregabilidade e competitividade dos egressos.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
271045 - Carlos Tadeu dos Santos Dias
5542817 - Cristian Marcelo Villegas Lobos
2688982 - Gabriel Adrian Sarries
 
Programa Resumido
Bancos de dados relacionais e não relacionais. Uso avançado de planilhas eletrônicas . Data crunching, data analysis, data mining, funções logicas, gráficos, cálculos, funções estatísticas, uso de macros. Computação em nuvem, para data mining e SQL. Inteligência Artificial: conceito, algoritmos e aplicações em economia e gestão de negócios, aprendizado de maquina e redes neurais, comparação de resultados com métodos estatísticos convencionais. Inteligência organizacional, estratégica, tática e organizacional, implementações computacionais. Sistemas informatizados de inteligência empresarial e rastreabilidade. Sistemas de informação para certificação internacional da qualidade e sistemas mundiais de gestão. Ferramentas para elaborar mapas de processos, para posterior informatização. Ferramentas para análise e projeto de sistemas. Elaboração de sites e blogs. Aplicações dos conceitos adquiridos em ambientes de hipercometitividade, com dispositivos eletrônicos.
 
1. Electronic spreadsheet advanced use. 2. Lecture, seminars and video conferencing elaboration using hypermedia. 3. Computer local and remote network notions. 4. Internet, advanced search, downloads, web spaces and web onthologies. 5. On line information access (CMA Broadcast). 6. Basic concepts, support tools and database management (SIG, GPS, etc). 7. Computer systems for business intelligence and traceability (DSS, ERP, MRP, Benchmarking, etc.). 8. Information Systems for International Certification of Quality. 9. Programs that work in the processing “cloud”. 10. Tools for elaboration of process maps, to future computerization. Tools for analyzes and system project. 11. E-Learning. 12. Android Operational System, app development for production control. 13. Websites and blogs elaboration. 14. System logic using mental maps and UML language. 15. Life quality, concept, measuring and diagnosis (WHO).
 
 
Programa
Bancos de dados relacionais e não relacionais: campos, registros, filtros, consistência, listas de verificação, pesquisa e réplicas. Data crunching, data analysis, conceito de data mining, funções logicas: união, interseção, complemento, etc. gráficos: bi e tridimensionais, cálculos, funções estatísticas, macros. Computação em nuvem, para data mining e SQL. Inteligência Artificial: conceito, algoritmos: Random Forest, Support Vector Machine, Naive Bayes, E Clasification e Regression Tree. Aplicações em economia e gestão de negócios de inteligência artificial, aprendizado de maquina e redes neurais, comparação de resultados com métodos estatísticos convencionais, linguagens R, Python, SAS e outras. Inteligência organizacional, estratégica (kaikaku), tática e organizacional (kaizen). Sistemas informatizados de inteligência empresarial e rastreabilidade (DSS, ERP, MRP, CRM, Benchmarking, QFD, etc.). Sistemas de Informação para certificação internacional da qualidade( ISO- 9001-14001-22000-27000, GlobalGAP, FSC, etc.) e sistemas mundiais de gestão (TQM-Toyota-Porsche-GM, BSC, Lean Startup, 6 Sigma, PNQ, EQA, etc.) . Ferramentas para elaborar mapas de processos, para posterior informatização. Ferramentas para análise e projeto de sistemas. Elaboração de sites e blogs. Aplicações dos conceitos adquiridos em ambientes de hipercometitividade, com dispositivos eletrônicos
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação do aprendizado é feita por meio de prova (P), relatórios (R) e apresentação de seminário (S) utilizando hipermidias.
Critério
A média final é obtida da seguinte forma: 0,3 P+ 0,35 R + 0,35 S
Norma de Recuperação
A prova de recuperação é feita com toda a matéria dada, tendo duas horas de duração, aplicada após o final do semestre, em época determinada pela USP. A média final será a média aritmética entre a nota desta prova e a média obtida no semestre.
 
Bibliografia
     
AZEVEDO FILHO, A. J. B.V. . Princípios de Inferência Dedutiva e Indutiva: Noções de Lógica e Métodos de Prova. 1/1. ed. Scotts Valley, EUA: CreateSpace Publishers, 2010. v. 1. 140p . BARBOSA L. P.; MORAES W. F. A. Estratégias em Ambientes Hipercompetitivos: O Caso da Indústria Brasileira de Embalagens para Cervejas e Refrigerantes. 2016. Disponível em:< http://www.anpad.org.br/admin/pdf/enanpad2001-eso-276.pdf>. Acesso em: 20/02/2019. COELHO A. C. As 7 tendências para o uso de inteligência artificial no Direito em 2018. Thomson Reuters The Answer Company. 2018. Disponível em: < https://www.thomsonreuters.com.br/content/dam/openweb/documents/pdf/Brazil/white-paper/As_7_Tend%C3%AAncias_para_o_uso_da_Inteligencia_Artificial_EM_2018.pdf > Acesso em: 21/2/2019. CURY R. G.; SERAFIM J. S. A Formação em Ciência de Dados: Uma Analise Preliminar do Panorama Estadunidense. DOI: 10.5433/1981-8920.2016v21n2p307. 2016. Disponível em: < http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/download/27945/20195>. Acesso em: 20/02/2019. GOVERNO FEDERAL. Agenda brasileira para a Indústria 4.0 – O Brasil Preparado para os Desafios do Futuro. Ministério da Industria Comercio e Serviços. Disponível em: < http://www.industria40.gov.br/>. Acesso em: 20/02/2019. OVANESSOFF A.; PLASTINO E. Como a Inteligência Artificial pode Acelerar o Crescimento de América do Sul. 2018. Disponível em: https://www.accenture.com/t20170927T065936Z__w__/us-en/_acnmedia/PDF-50/Accenture-Como-a-inteligencia-artificial-acelero-crescimento-da-america-do-sul.pdf. Acesso em: 20/02/2019. TAKAI O.K.; ITALIANO I.C.; FERREIRA J.E. Introdução a Banco de Dados.. DCC-IME-USP, 2005. Disponível em: < https://www.ime.usp.br/~jef/apostila.pdf>. Acesso em: 20/02/2019. TEIXEIRA T.M.C. Uma Reflexão Teórica Sobre a Subjetividade da Informação. Perspectivas em: Ciência da Informação, v.22, n.4, p.82-97, out./dez. 2017. Disponível em: . Acesso em: 20/02/2019. VON ZUBEN F. Introdução à Inteligência Artificial. DCA/FEEC/Unicamp. 2017. Disponível em: . Acesso em: 20/02/2019.
 

Clique para consultar os requisitos para LCE0105

Clique para consultar o oferecimento para LCE0105

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP