Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Ciências Florestais
 
Disciplina: LCF0685 - Economia de Recursos Florestais
Economics of Forest Resources

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 75 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
O objetivo geral do curso é o de prover futuros engenheiros florestais, gestores ambientais e economistas com os conhecimentos básicos de economia e de planejamento através de aplicações na área de recursos florestais. Além da produção e consumo de produtos florestais, ênfase será dada ao uso racional de recursos produtivos e aos critérios de avaliação de projetos florestais. Após a conclusão do curso, espera-se que o aluno: a) domine os conceitos básicos da economia suficientes para compreender as forças que determinam a oferta e a demanda de produtos e serviços de origem florestal; b) possa aplicar os conceitos básicos da teoria da produção para determinar níveis economicamente ótimos dos fatores de produção; e c) saiba aplicar as técnicas básicas de avaliação de projetos na análise de empreendimentos florestais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
85364 - Luiz Carlos Estraviz Rodriguez
 
Programa Resumido
A. Introdução a Economia: principais conceitos empregados na análise do uso eficiente dos recursos produtivos; estudo das Curvas de Oferta e Demanda; fatores que afetam Demanda e Oferta. B. Matemática Financeira e Análise de Projetos Florestais: matemática financeira; principais conceitos; principais critérios de avaliação e aplicações.
 
Introduction to Economics: main concepts used in the analysis of the efficient use of productive resources; Study of supply and demand curves; Factors affecting demand and supply; Financial Math and Analysis of Forestry Projects: Financial mathematics, key concepts, main evaluation criteria and applications.
 
 
Programa
A) INTRODUÇÃO À TEORIA ECONÔMICA: - Uso eficiente de recursos produtivos. 1. Fatores de Produção no Setor Florestal; 2. Princípios Econômicos da Produção; 3. Eficiência Técnica e Econômica na Produção de um Produto; 3.1. Fatores de produção; 3.1.1. Um recurso variável; 3.1.2. Dois ou mais recursos variáveis; 4. Eficiência Técnica e Econômica na Produção de dois ou mais produtos; 5. Estudo da formação das curvas de oferta e demanda; 5.1. Introdução ao conceito de oferta e teoria dos custos; 5.1.1. Custo fixo; 5.1.2. Custo variável; 5.2. Equilíbrio da firma no mercado de competição perfeita (obtenção da curva de oferta individual); 5.3. A oferta agregada do setor; 6. Introdução ao conceito de demanda; 6.1. Demanda individual; 6.2. Demanda agregada; 6.3. Comportamento da demanda; 6.3.1. Fatores que influenciam o comportamento da demanda interna; a) População consumidora; b) Renda dos consumidores; c) Custo de vida; d) Distribuição de Renda; 6.3.2. Fatores que afetam o comportamento da demanda externa; 6.4. Comportamento da oferta; 6.4.1. Fatores que afetam a oferta; 7. O mercado em equilíbrio a partir das curvas de oferta e demanda; 7.1. Determinação do Preço; 7.2. Políticas de preços mínimos; 7.3. Políticas de subsídios; B) Matemática Financeira e Critérios de avaliação de projetos; 1. O valor temporal da moeda; 1.1. Juros simples e compostos; 1.2. Valor presente e futuro 1.3. Fórmula Básica da Matemática Financeira; 1.4. Séries de Pagamentos; 1.5. Fórmulas Básicas para séries de pagamentos; 2. Critérios para análise financeira de projetos; 2.1. Convertendo projetos em fluxos de caixa; 2.2. Valor Presente Líquido; 2.3. Relação Benefício / Custo; 2.3. Taxa Interna de Retorno; 2.4. VPL Anualizado; 2.5. Valor Esperado da Terra; 2.6. Custo Financeiro da Produção; 3. Escolha do Critério adequado; 4. Análise comparativa envolvendo diferentes atividades; 5. Níveis economicamente ótimos de adubação; 6. Determinação da rotação florestal economicamente ótima; 7. Inclusão do efeito inflacionário nas análises.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Desempenho em duas provas teóricas e em estudos dirigidos exigidos durante o período letivo da disciplina.
Critério
Média final geométrica de duas médias aritméticas, uma representando o desempenho nas duas provas teóricas e outra resultante do desempenho nos estudos dirigidos, ambas na escala de 0 a 10.

Norma de Recuperação
Uma prova teórica abrangendo toda a matéria lecionada. A nota desta prova é somada à média final da avaliação normal. A média simples dos dois valores, se superior a 5,0 implicará na aprovação do aluno. Caso contrário, o aluno será considerado reprovado.
 
Bibliografia
     
Blanchard, Olivier. (2001) Macroeconomia – teoria e política econômica. Ed. Campus-Elsevier, Rio de Janeiro. 656 p.
Chiang, Alpha C. & Wainwright, Kevin (2006) Matemática para economistas. Ed. Campus-Elsevier, Rio de Janeiro. 659 p.
Rodrigues, José A. & Mendes, Gilmar M. (2007) Manual de aplicação de matemática financeira – temas básicos, questões-chave, formulários e glossários. FGV Editora, Rio de Janeiro. 250 p.
Rodriguez, Luiz C.E. (2006) Matemática Financeira na Gestão Florestal. Avaliação de Projetos Florestais (Técnicas de Matemática Financeira). 45 p.
Rossetti, José Paschoal (2003) Introdução à economia. Atlas, São Paulo. 922 p.
Simonsen, Mário H & Cysne, Rubens P. (2007) Macroeconomia. Atlas, Rio de Janeiro. 731 p.
Varian, Hal R. (2003) Microeconomia – Princípios básicos, uma abordagem moderna. Ed. Campus-Elsevier, Rio de Janeiro. 807 p.
 

Clique para consultar os requisitos para LCF0685

Clique para consultar o oferecimento para LCF0685

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP