Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Economia Administração e Sociologia
 
Disciplina: LES0195 - Introdução à Sociologia para Administração
Introduction to Sociology for Management

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
• Possibilitar ao estudante e futuro profissional em Administração o reconhecimento das relações e interdependência entre a Sociologia e a Administração;
• Fornecer base conceitual e metodológico da Sociologia como requisitos fundamentais para a compreensão das relações humanas no âmbito dos diversos tipos de organizações sociais;
• Possibilitar a compreensão da complexidade da realidade social, mediante uma postura reflexiva e crítica no sentido de contribuir para um mundo mais humano e solidário;
• Identificar as características e as especificidades das organizações formais e informais;
• Identificar e analisar a função e os efeitos da burocracia nas organizações sociais;
• Identificar e analisar os diversos tipos de organização a partir de conceitos fundamentais como poder, dominação, classe social, democracia e cooperação;
• Identificar as mudanças ocorridas nas estruturas organizacionais na contemporaneidade;
• Reconhecer os efeitos da especificidade da cultura brasileira nas suas formas de organização.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
8478112 - Luciano Mendes
 
Programa Resumido
Os conceitos básicos da Sociologia aplicados à Administração. A função social da empresa na comunidade. Macro análise sociológica: as relações dos fornecedores, empresas, mercados concorrente e consumidor. Microanálise sociológica: identificação, características e e análises dos grupos que compõem formais e informais na empresa. A análise da estrutura e clima organizacional na empresa. O estudo da burocracia e da administração por objetivos. A participação dos grupos da empresa no planejamento, implementação, controle, avaliação e feedback dos novos modelos de gestão empresarial:reengenharia organizacional, qualidade total, teoria de restrições e aplicabilidade das normas de qualidade da ISSO 9000, 10000, 14000 e 18000. Aplicabilidade de técnicas intergrupos e intragrupos no planejamento e execução da prática operacional da empresa.
 
Discussion of key issues relating to sociology and society; The Constitution of capitalist society and the emergence of sociological thought; Industrialization and urbanization; The work in capitalist society: process and organization of work: Taylorism, Fordism and Toyotism.
 
 
Programa
A Sociologia como ciência. Sociologia e Sociedade- A emergência do pensamento sociológico
- Características da sociedade moderna. Conceitos básicos da Sociologia aplicados à Administração. Conceitos fundamentais da Sociologia Clássica. Escolas e abordagens sociológicas a partir da expansão capitalista. Contribuições sociológicas para o entendimento das organizações sociais. Cultura organizacional, burocracia, poder, identidade, globalização. Sociologia e Administração no contexto social brasileiro.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas – Seminários

Critério
A média final será obtida através de uma prova escrita e um trabalho (apresentação oral + trabalho escrito + participação nos demais seminários). Estará aprovado o aluno que obtiver nota final não inferior a 5,0(cinco) e possuir freqüência mínima regimental de 70%.
Norma de Recuperação
Estará apto a efetuar a prova de reavaliação o aluno que tiver como média final na disciplina uma nota igual ou superior a três (3,0) e inferior a cinco (5,0), e tiver, no mínimo, 70% (setenta por cento) de freqüência às aulas. O cálculo de uma média aritmética simples será feito com a nota da prova de reavaliação e a média final obtida pelo aluno na disciplina. Se esta média resultar em uma nota igual ou superior a cinco (5,0), o aluno será aprovado.


 
Bibliografia
     
Andion, C. A teoria das organizações e a nova sociologia econômica: Perspectivas de um diálogo interdisciplinar. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPAD, 28., 2004, Curitiba. Anais eletrônicos... Curitiba: Anpad, 2004. Antunes, R. Adeus ao trabalho?: ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. 2ª ed., São Paulo/Campinas, Cortez/Ed. da Unicamp, 1995. Araújo, G.C.de; Mendonça, Miranda, P.S. Análise do processo de implantação das normas de sustentabilidade empresarial: um estudo de caso em uma agroindústria frigorífica de bovinos. RAM, Rev. Adm. Mackenzie (Online) vol.10 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2009. Bauer, M. Les patrons de PME entre le pouvoir, l'entreprise et la famille. Paris: Inter Editions, 1993. Bernoux, P.La sociologie des organisations. Paris: Seuil, 1985. Braverman, H. Trabalho e capital monopolista: a degradação do trabalho no século XX. Rio de Janeiro, Ed. Guanabara, 1987. Cohn, A.; Marsiglia, R.G. Processo e Organização do trabalho. In: Rocha, Lys Esther et.al.(org.), Isto é trabalho de gente? São Paulo, Vozes, 1993. Coriat, B. Pensar pelo avesso: modelo japonês de trabalho e organização. Rio de Janeiro, Revan/UFRJ, 1994. Delgado, N. A.; Pedrozo, E. A. A emergência de "inovações sustentáveis": questão de opção e percepção: In: Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, 9., 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: FGV-Eaesp, 2006. 1 CD-ROM. Fligstein, N. Mercado como política : uma abordagem político-cultural das instituições de mercado. Contemporaneidade e Educação, n. 9, p. 26-55, 2001. Harvey, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo, Ed. Loyola, 1989. Hirata, H. (org.). Divisão capitalista do trabalho. Tempo Social; Rev. Sociol. USP, S. Paulo, 1(2): 73-103, 2º sem. 1989. Hoffmann, A. J. Environmental and social issues into corporate practice. Environment, v. 42, n. 5, p. 22, June 2000. Kirschner, A.M.; Monteiro, C. F.. Notas introdutórias a uma Sociologia da Empresa no Brasil. Contemporaneidade e Educação, Rio de Janeiro, v. 6, n. 9, 2001. Kirschner ,A.M. Intervenção sociológica na empresa: prática e pesquisa. Revista de Sociologia e Política. ISSN: 0104-4478 (versão impressa)1678-9873 (versão online). Martins, H.S.; Ramalho, J.R.(orgs.). Terceirização: diversidade e negociação no mundo do trabalho. São Paulo, Hucitec - CEDI/NETS, 1994. Oliveira Filho, J. E. Gestão ambiental e sustentabilidade: um novo paradigma eco-econômico para as organizações modernas. Domus on line: Revista de Teoria Política, Social e Cidadania, Salvador, v. 1, n. 1, jan./jun. 2004. Oliveira, R.R.de. Inovações empresariais no espaço rural do Rio de Janeiro. In: Kirschner, A. M.; Gomes, E (Orgs.). Empresa, empresários e sociedade. Rio de Janeiro: Sette Letras, 1999; Pochmann, M. O trabalho sob fogo cruzado: exclusão, desemprego e precarização no final do século. São Paulo, Ed. Contexto, 1999. Rattner, H. Sustentabilidade: uma visão humanista. Ambiente & Sociedade, n. 5, 1999. Serva, M.; Severo, L. S.;.Swedberg, R.(Org.). Economics and Sociology: redefining their boundaries: conversations with Economists and Sociologists. Princeton: Princeton University Press, 1990.Vancken,D; Kuty O.; Crozier,M. La sociologie et l'intervention : enjeux et perspectives. Edit. Bruxelles:De Boeck Université, DL 2001. Série Overtres Sociologiques.
 

Clique para consultar os requisitos para LES0195

Clique para consultar o oferecimento para LES0195

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP