Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Economia Administração e Sociologia
 
Disciplina: LES0625 - Estágio Curricular em Licenciatura: teoria e prática
Course Internship in teacher training

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 4
Carga Horária Total: 150 h ( Estágio: 120 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2020 Desativação:

Objetivos
O objetivo da disciplina é dar oportunidade para o aprimoramento teórico vinculado a um estágio de formação docente em uma fase intermediária do curso, colocando o aluno da licenciatura em contato com diferentes realidades educacionais formais ou não formais. A prática consiste em trabalhos de pesquisa, ensino e/ou extensão que requerem vivência com o processo educativo. A parte teórica da disciplina consiste na orientação deste trabalho pelo docente por meio de aulas, estudos dirigidos, seminários e discussões, culminando em um relatório. O estágio supervisionado nesta disciplina está organizado de acordo com o Programa de Formação de Professores da USP, refletindo a diversidade de perspectivas do curso e seus desdobramentos na prática, visando a compreensão e análise fundamentada do contexto educativo e das formas de atuação do educador na área de Ciências/Biologia/Ciências Agrárias.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1564700 - Odaléia Telles Marcondes Machado Queiroz
3058549 - Ricardo Leite Camargo
1895432 - Rosebelly Nunes Marques
7785642 - Taitiâny Karita Bonzanini
5553650 - Vânia Galindo Massabni
 
Programa Resumido
Aprimoramento teórico em um tema para embasar um estágio na área de educação (orientação por docente da Licenciatura). Os projetos articularão ensino, pesquisa e extensão em educação e, dependendo de sua natureza, podem enfatizar um destes três eixos formativos. O estágio irá requerer a elaboração ou participação no desenvolvimento de um projeto na área da educação, incluindo vivência, a ser planejado em conjunto com docente da Licenciatura. Este planejamento deverá priorizar o aprofundamento dos conteúdos e experiências presentes nas disciplinas do programa de licenciatura. A supervisão dos professores deverá assegurar a boa condução dos projetos, garantir os cuidados éticos, orientar os princípios técnico-científicos, avaliar a pertinência, a exeqüibilidade e a contrapartida escolar e social das experiências desenvolvidas.
 
Planning, development and evaluation of a research, teaching and extension project in education, specially teaching; Content and experiences present in the licentiate program study; The project supervision aims at ensuring quality in the development process and ethical behaviour, directing technical and scientific principles, assessing relevance, feasibility and guiding the analysis of the contrast between educational and social aspects of the experiences.
 
 
Programa
Realizar um estágio a fim de iniciar o futuro professor na prática educativa e incluir subsídios teóricos para a realização deste estágio. Para o aprofundamento em áreas específicas, a atividade de estágio requer vivência com o processo educativo e será orientada por um professor do curso de Licenciatura da ESALQ/USP que atuará como supervisor de estágio desta disciplina na área em questão, a fim de contemplar os objetivos formativos da docência previstos no projeto pedagógico do curso. Os projetos articularão ensino, pesquisa e extensão em educação e, dependendo de sua natureza, podem enfatizar um destes três eixos formativos. O estágio irá requerer: 1- Elaboração ou participação no desenvolvimento de um projeto na área da educação com ênfase no ensino técnico em ciências agrárias, no ensino de ciências no ensino fundamental e biologia no ensino médio; 2- Aulas necessárias ao desenvolvimento do tema em estudo; 3- Delineamento de um Plano de Trabalho respeitando presença e carga horária semanal e compatível com o período da disciplina, a ser supervisionado pelo professor de estágio. 4- Atividades ajustadas ao projeto, envolvendo leituras, levantamentos, elaboração de instrumentos de coleta de dados e sua análise, realização de intervenções em escolas e no campus da ESALQ, estabelecimento de parcerias educativas, identificação e análise de práticas pedagógicas, materiais e recursos didáticos, linhas de pesquisa em educação, projetos educativos e outras, pautando-se por critérios éticos, a serem discutidos durante a disciplina. 5- Realização da parte prática do estágio (vivência); 6- Preparação e redação do projeto e respectivo relatório, que pode ser um relatório formal segundo formatação de relato de pesquisa ou de experiência ou ainda poderá ser realizado como textos de divulgação científica, textos didáticos e textos em blogs e outros, objetivando o aprimoramento da Língua Portuguesa através da leitura e escrita.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação da disciplina consistirá na apreciação do projeto de intervenção, pesquisa ou extensão em escolas referente ao estágio e da redação de relatório final do trabalho desenvolvido, com ou sem apresentação oral, tendo como requisito o cumprimento da carga horária e qualidade dos trabalhos desenvolvidos; serão também considerados empenho, motivação e assiduidade durante o desenvolvimento do trabalho semestral. O projeto pode estar vinculado a pesquisas e projetos de extensão desenvolvidos pelo professor supervisor ou parceiros na universidade.
Critério
Média aritmética entre as notas do projeto ou do Projeto de Estágio, nota do relatório final e nota relativa a execução do projeto, incluindo empenho, motivação, assiduidade e qualidade do trabalho.
Norma de Recuperação
Não há
 
Bibliografia
     
ASTOLFI, J.P. e DEVELAY, M. A didática das ciências. Campinas, SP: Papirus, 1990. BROUGÈRE, Gilles. Brinquedo e Cultura São Paulo: Cortez, 2006. OLIVEIRA, Paulo Sales. O que é Brinquedo. São Paulo: Brasiliense, 1984. COSTA, E.E.M. O Surgimento da Formação de Jovens Rurais: história de uma pedagogia associada ao meio agrícola - as casas familiares rurais. In Peres, F.C. (ed) PROJOVEM: a Experiência de Formação de Jovens Empresários Rurais - Piracicaba; USP/ESALQ/ EXAGRI, 1998. CRESTANA, S.; CASTRO, M.G.; PEREIRA, G.R.M (org.). Centros e Museus de Ciência: visões e experiências: subsídios para um programa nacional de popularização da ciência. FAZENDA, I. C.A. et. al. A prática de ensino e o estágio supervisionado. Campinas, SP: Papirus, 1991. FREIRE, P. & FREIRE, A.M.A (org.). Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: Ed. Unesp, 2001. FREIRE, P. Extensão ou comunicação. Trad. De RD. Oliveira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982. 93 p. FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. Saberes práticos à prática educativa. São Paulo, Paz e Terra, 1996. FREIRE, P. Pedagogia da Esperança. Um reencontro com a Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 1992. GADOTTI, M. História das idéias pedagógicas.São Paulo: ed. Ática, 1999. GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1988. HARGREAVES, A.; EARL, L. e RYAN, J. Educação para Mudança. Recriando a escola para adolescentes. Porto Alegre, Ed. Art Médicas, 2001. LUDKE, M. & ANDRÉ, M.E.D. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo, EPU, 1986. MIZUKAMI, M. G. N. et. al. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. 2a reimpressão. São Carlos: EdUFSCar, 2006. MOREIRA, A. F. B. (Org.) Conhecimento educacional e formação do professor. Campinas, SP: Papirus, 1994. PERRENOUD, P. NovasCompetências para Ensinar. Porto Alegre. Artmed, 2000. PIMENTA, S. G. e LIMA, M. S. L. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004. SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico. São Paulo, Ed. Cortez, 13a.ed., 1986. THULER, M.G. Inovar no Interior da Escola. Porto Alegre. Ed. Artmed, 2001. YUS, R. Temas Transversais. Porto Alegre. Artmed, 1998. ALVES, S.B.F.; CALDEIRA, A.M.A. Biologia e ética: um estudo sobre a compreensão e atitudes de alunos do ensino médio frente ao tema genoma/DNA. Ensaio. Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, vol. 7, n.1, ago. 2005.
 

Clique para consultar os requisitos para LES0625

Clique para consultar o oferecimento para LES0625

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP