Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Economia Administração e Sociologia
 
Disciplina: LES1202 - Didática
Didactics

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 60 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2021 Desativação:

Objetivos
A disciplina objetiva proporcionar ao estudante: 1) Reflexões sobre questões educacionais e sobre os fundamentos da didática; 2) Identificação dos principais modelos do pensamento educacional, seus representantes e as contribuições que cada um dos modelos apresentados oferece à ação educativa do profissional da área de ciências agrárias e biológicas (evolução sóciofilosófica das ideias pedagógicas); 3) Análise e discussão sobre os principais pressupostos teóricos da Didática, e as relações desses como o processo de ensinar e aprender e a estruturação do trabalho docente; 4) Refletir sobre a relação teoria-prática, ao aplicar o conteúdo da didática no contexto das relações entre educação e sociedade, com ênfase especial ao ensino técnico na área de ciências agrárias e ciências biológicas; 5) Entendimento sobre a importância da transposição didática, 6) Conceituar planejamento de ensino e distinguir os diferentes tipos de plano de ensino, bem como suas partes principais; 7) Reconhecer a relação que existe entre as fases que compõem o planejamento de ensino; 8) Desenvolver cada fase do planejamento de ensino, a saber: determinação de objetivos, seleção e organização dos conteúdos, dos procedimentos de ensino, dos recursos de ensino, indicar as competências e habilidades que poderão ser trabalhadas e os procedimentos e técnicas de avaliação do ensino; 9) Estruturar exemplos de planos de ensino atendendo aos itens já relacionados e considerando o campo específico da prática pedagógica; 10) Reconhecer o papel da educação a distância e das novas tecnologias da informação e comunicação, na condução de novos formas de ensinar e aprender; 11) Gestão do ensino e aprendizagem e técnicas de manejo de tempo, espaço e organização da classe; 12) Realizar atividades relacionadas a prática como componente curricular como: planejamento e execução de seminários; estudos dirigidos, resolução de situações problemas advindos de resultados de pesquisas da área educacional; 13) Realizar estágio em escolas de educação básica ou ensino profissional técnico para observação sobre o contexto educativo em escola do ensino formal, para analisar as relações professor – aluno e a abordagem didática realizada em sala de aula, valorizando os conhecimentos pedagógicos do conteúdo; 14) Visitas didáticas a espaços de educação formal e informal para reflexões sobre o contexto didático.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
7785642 - Taitiâny Karita Bonzanini
 
Programa Resumido
Ensino, Aprendizagem e Didática. Principais modelos de ensino e suas implicações didáticas. A educação e a didática no contexto das relações entre a educação e sociedade. A didática e a educação profissional. Planejamento de ensino: conceitos e tipos de planos. Observação do contexto educativo para analisar as relações professor – aluno e a abordagem didática realizada em sala de aula.
 
Teaching, Learning and Didactics; Main teaching models and their didactic implications; Education and didactics in education and society relations; Didactics and professional education; Teaching planning: concepts and planning models.
 
 
Programa
Unidade I. 1) O papel da Didática na formação de educadores; 2) Função social da escola e dos professores; a relação professor-aluno; 3) Pressupostos teóricos da Didática; 4) A didática e a relação ensino-aprendizagem; 5) A estruturação do trabalho docente. Unidade II. 1) A evolução do ideário pedagógico e as implicações decorrentes da adoção de modelos de ensino; 2) As teorias da Educação e o problema da marginalidade social. 3) A concepção de professor reflexivo. Unidade III. 1) Contribuições didáticas provenientes do conhecimento dos modelos de ensino e suas implicações na prática pedagógica do futuro licenciado; 2) Relações professor-aluno na sala de aula. 3) A aula como forma de sistematização do ensino. 4) Transposição didática. 5) A educação a distância e as novas tecnologias da informação e comunicação na pratica pedagógica. Unidade IV e V. 1) Conceito de Planejamento de ensino; 2) Tipos de plano de ensino; 3) Fases do planejamento de ensino: a formulação de objetivos educacionais, seleção e organização dos conteúdos de ensino, seleção dos procedimentos de ensino e experiências de aprendizagem, escolha e utilização dos recursos audiovisuais e seleção do procedimento de avaliação do processo ensino-aprendizagem. Unidade VI. 1) Estruturação de plano de curso, unidade e aula. 2) Gestão escolar, trabalho pedagógico coletivo, conselho de classe, associação de pais e mestres, reforço e recuperação.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova regular contendo questões objetivas e dissertativas sobre o conteúdo estudado durante as aulas. Relatório contendo descrição e reflexão sobre as observações de aulas realizadas em estágio curricular supervisionado. Seminário – organização, preparo, condução e apresentação de material escrito: plano de aula. Atividades em classe envolvendo conteúdos discutidos.
Critério
Nota 1 = média da prova e relatório (relatório + prova/2) com peso 3 Nota 2 = seminário com peso 4 Nota 3 = atividades em classe, com peso 3 Média final: somatória das 3 notas.
Norma de Recuperação
Uma prova de recuperação sobre todo material estudado no semestre. A nota final da disciplina será a média aritmética entre a média obtida no período regular, que envolveu prova regular, atividades, seminário e relatório de estágio, e a nota da avaliação de recuperação. Será aprovado o aluno que obtiver nota final igual ou superior a 5,0 (cinco). A realização do estágio e entrega do relatório é obrigatória para conclusão da disciplina.
 
Bibliografia
     
ASTOLFI, J. e DEVELAY, M. A didática das ciências. Campinas, SP: Papirus, 1996. ABRAMOWICZ, A. e MOLL, J. (orgs) Para além do fracasso escolar. SP Papirus ed. 1997. BICUDO, M.A.; SILVA JR, C.A. (org). Formação do Educador e Avaliação Educacional. Vol. 2 e vol. 3. SP, Ed. Unesp, 1999. BRANDÃO, Z. (org) A crise dos paradigmas e a educação. SP Cortez, 1996. CACHAPUZ, A. F. Arte e ciência no ensino das ciências. Revista Interacções, no. 31, p. 95-106, 2014. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/interaccoes. CANDAU, V. M. Didática, currículo e saberes escolares. DP&A Editora, Rio de Janeiro, 2000. CANDAU, V. M. (org.). Rumo a uma nova Didática. 15. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. CHEVALLARD, Y. La TransposiciónDidáctica: del saber sabio al saber enseñado. Editora Aique, Argentina, 1991. DELORS, J. et allü. Educação um tesouro a descobrir. Relatório para Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o séc. XXI. Portugal. Ed. Asa/UNESCO, 1996. FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. GADOTTI, M. Boniteza de um sonho: ensinar-e-aprender com sentido, Novo Hamburgo: Feevale, 2003. GADOTTI, M. História das Ideias Pedagógicas. Ed. Ática, 1995. GERALDO, A. C. H. Didática das Ciências Naturais na perspectiva histórico crítica. 2. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2014. GUISLAIN, G. Didáctica e Comunicação. Lisboa, Portugal Edições Asa. 1994. HAIDT, R.C.C. Didática Geral. Ed. Ática, 2007. KRASILCHIK, M. Prática de Ensino de Biologia. Cap. 3, 4, 7 e 8. 6.ed. São Paulo: Edusp, 2008. LIBANEO, J.C. Didática. São Paulo, Ed. Cortez, 1994. MORAES, C.; ALAVARSE, O.M. Ensino Médio: possibilidades de avaliação. In: Educação & Sociedade. Revista do CEDES. Campinas, v.32, n.116, p. 807-838, jul/set, 2011. OLIVEIRA, R. L. P. de; ADRIÃO, T. Organização do ensino no Brasil: níveis e modalidades na Constituição Federal e na LDB. São Paulo: Xamã, 2002. MIZUKAMI, M. da G.N. Ensino: as abordagens do processo. SP, EPU 1986. NÓVOA, A. Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992. PENTEADO, W.M.A. (org) Psicologia do ensino. SP, Papelivros, 1980. PILLETTI, C. Didática geral. SP, Ed. Ática, 2010. PIMENTA, S. G.: A didática como mediação na construção da identidade do professor: uma experiência de ensino e pesquisa na licenciatura, in PIMENTA, S. G.: O estágio na formação de professores: unidade teoria e prática, São Paulo: Cortez, 1995, pp. 37-69. PIMENTA, S.G. (org) Didática e Formação de Professores: percursos e perspectivas no Brasil e em Portugal. SP, Ed. Cortez, 1997. ROGERS, C.E. Liberdade para aprender. BH Interlivros, 1973. SANTOS, B. de S. Um discurso sobre as ciências. 16. ed. Porto: B. Sousa Santos e Edições Afrontamento, 2010. 59p SAVIANI, N. Saber Escolar, Currículo e Didática: problemas de unidade conteúdo/método no processo pedagógico. Autores Associados, São Paulo, 1994. SAVIANI, D. Escola e democracia: coleção polêmicas do nosso tempo. no 5 SP, Ed.Cortez, 1985. SCHÖN, D.A. Formar professores como profissionais reflexivos. In. Nóvoa, A. (org.) Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992b. pp. 77 - 92. TURRA, O.M.G. (e Outros) Planejamento de ensino e avaliação. Porto Alegre, PUC-EMMA, 1979, 9a ed. VEIGA, I. P. A. (org.). Didática: o ensino e suas relações. 9. ed. Campinas, SP: Papirus, 2005. VEIGA, I. P. A. (org.). Lições de didática. Campinas, SP: Papirus, 2006. VIANNA, I.O. de A. Planejamento participativo na escola. (Um desafio ao educador). SP, E.P. 1986. ZEICHNER, K. Formação de professores: contato direto com a realidade da escola. Presença Pedagógica,v.6.n.34,jul./ago. 2000 (transcrição e tradução de Carlos. A. Gohn)
 

Clique para consultar os requisitos para LES1202

Clique para consultar o oferecimento para LES1202

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP