Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Genética
 
Disciplina: LGN0215 - Genética
Genetics

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
A disciplina de Genética tem como objetivo proporcionar aos alunos de Engenharia Agronômica e Engenharia Florestal conhecimentos da ciência da genética em dois níveis principais. Inicialmente, através do desenvolvimento de conhecimentos básicos sobre fenômenos, leis, técnicas experimentais e conceitos gerais desta ciência, visa tornar o aluno capaz de analisar e interpretar resultados referentes à herança de caracteres Mendelianos e complexos, em situações de cruzamentos controlados ou não, comumente praticados no contexto de produção agrícola. Em seguida, com o intuito de prover conhecimentos específicos da área das Agrárias, ou de particular relevância para tal, a disciplina visa a introduzir potenciais aplicações dos conhecimentos em genética ao melhoramento de plantas e animais, no tocante à seleção de indivíduos superiores e ao manejo de variabilidade genética no ambiente agrícola. A disciplina visa também dar o embasamento necessário a disciplinas voltadas à conservação de plantas e animais, ou seja, à conservação do meio ambiente. No momento do curso em que está inserida, a disciplina fornece embasamento crítico para a contextualização de conhecimentos a serem adquiridos em disciplinas aplicadas posteriores, fundamentais à capacitação especializada para a atuação de engenheiros agrônomos e florestais no mercado de trabalho.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3705356 - Gabriel Rodrigues Alves Margarido
 
Programa Resumido
Importância e Objetivos da Genética. Genética da Transmissão: herança monogênica e princípios da distribuição independente; interações alélicas e não alélicas; alelos de autoincompatibilidade. Ligação Gênica: recombinação; mapeamento cromossômico. Mutação: mutações de ponto e cromossômicas. Mutação espontânea e induzida. Uso de mutantes na agricultura. Aplicações da Poliploidia. Herança Poligênica e Genética Quantitativa: base genética de caracteres controlados por poligenes; princípios de Genética Quantitativa. Genética de Populações: frequências alélicas e genotípicas; equilíbrio de Hardy-Weinberg; índice de fixação; fatores que alteram frequências alélicas. Coeficiente de endogamia. Desequilíbrio de Ligação. Aplicações de marcadores moleculares. Evolução: seleção natural; teoria sintética da evolução.
 
The importance and objectives of Genetics. Transmission genetics: monogenic inheritance and independent distribution principles. Allelic and non-allelic interactions. Self-incompatibility alleles. Gene linkage: recombination; chromosome mapping. Mutation: gene and chromosome mutations. Spontaneous and induced mutations. Use of mutants in agriculture. Applications of Polyploidy. Polygenic inheritance and quantitative genetics: genetic basis of characters controlled by polygenes. Principles of quantitative genetics. Population genetics: Allelic and genotypic frequencies. Hardy-Weinberg’s equilibrium. Fixation index. Factors that change allelic frequencies. Endogamy coefficient. Linkage disequilibrium. Molecular markers applications. Evolution: natural selection; evolution synthetic theory.
 
 
Programa
Introdução: Importância e objetivos da Genética de plantas e animais. Genética da Transmissão: Histórico das descobertas de Mendel; 1ª Lei de Mendel; conceitos de fenótipo, genótipo, conceito clássico de gene, metodologia de análise genética clássica (cruzamentos e análise de progênies). Alelismo múltiplo e alelos de autoincompatibilidade em plantas; cruzamento teste; retrocruzamento; interação alélica (dominância, codominância, sobredominância). Aplicação do teste do X2 em Genética. Segregação independente: cruzamentos digênicos, trigênicos, etc...; experimentos de Mendel referentes à 2ª Lei. Recombinação genética: número de genótipos, fenótipos e tipos de gametas possíveis com a alelos e n locos; Interações não alélicas (epistasia); relação entre genes e as vias bioquímicas. Ligação Gênica: Permuta, cromossomos e gametas parentais e recombinantes com genes ligados; provas clássicas de que a recombinação genética corresponde à recombinação cromossômica; símbolos usados para genes ligados; mapeamento genético, cruzamentos envolvendo dois ou mais genes. Mutação: Conceitos e importância; mecanismos de origem, espontâneos e induzidos; mutações de ponto e estruturais; elementos transponíveis; mutações numéricas: poliploidia e aneuploidia; aplicações da poliploidia, incluindo efeito gigas e produção de plantas sem sementes; somática e germinativa; agentes mutagênicos; obtenção de mutantes; uso de mutantes espontâneos e induzidos na agricultura. Herança Poligênica e Genética Quantitativa: Base genética de caracteres controlados por poligenes; contraste entre genes principais (de efeitos maiores) e poligenes e entre caracteres com distribuição contínua e distribuição discreta; médias; variâncias; distribuição normal. Decomposição da variância fenotípica em seus componentes (genético e ambiental). Herdabilidade no sentido amplo; seleção artificial e ganho genético; vigor do híbrido. Genética de Populações: Conceito geral de populações; panmixia; estrutura genética de populações; frequências alélicas, genotípicas e gaméticas em populações panmíticas. Obtenção de frequências alélicas e gaméticas a partir de frequências genotípicas. Equilíbrio de Hardy-Weinberg; uso do teste do X2 para verificar a existência do equilíbrio de H.W; fatores que alteram o equilíbrio: seleção, deriva, mutação e migração. Seleção contra o homozigoto recessivo. Seleção contra um alelo dominante. Conceito de endogamia e autozigose; cálculo do coeficiente de endogamia (F). Conceito de desequilíbrio de ligação. Aplicações dos marcadores moleculares: mistura de sementes. Lei de Proteção de Cultivares. Evolução: Charles Darwin e a “Origem das espécies”; definição darwiniana de seleção natural. Darwinismo e Mendelismo. A Teoria Sintética. Mutação e recombinação; seleção natural; deriva genética aleatória; migração e fluxo gênico. Isolamento reprodutivo e especiação.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Serão aplicadas 2 (duas) provas escritas ao longo do semestre letivo: uma ao final do primeiro bimestre e outra ao final do segundo bimestre. Será aplicada também uma prova repositiva, para o aluno que não fez uma das provas. Poderão ser aplicadas atividades semanais desenvolvidas fora da sala de aula, envolvendo atividades de avaliação de materiais em campo, leituras programadas e confecção de relatórios.
Critério
A média final será calculada pela média aritmética das notas das duas provas e de eventuais atividades adicionais.
Norma de Recuperação
Não haverá recuperação.
 
Bibliografia
     
CUMMINGS, M.R.; KLUG, W.; PALLADINO, M.A.; SPENCER, C.A. (2010) Conceitos de genética. Artmed, 9a edição.
GRIFFITHS, A.J.F.; WESSLER, S.R.; CARROLL, S.B.; DOEBLEY, J. (2013) Introdução à Genética. Guanabara Koogan, 10a edição. 736 p.
RAMALHO, M.A.P.; SANTOS, J.B.; PINTO, A.B.P.; SOUZA, E.A.P.; GONÇALVES, E.M.A.; SOUZA, J.C. (2012). Genética na Agropecuária. UFLA, 5ª edição. 565p.
SNUSTAD, D.P.; SIMMONS, M.J. (2008) Fundamentos de Genética. Guanabara Koogan, 4a edição. 922p.

LIVRO TEXTO RECOMENDADO
GRIFFITHS, A.J.F.; WESSLER, S.R.; CARROLL, S.B.; DOEBLEY, J. (2013) Introdução à Genética. Guanabara Koogan, 10a edição. 736 p.
(Comentário sobre esta obra: Introdução à Genética enfatiza a força e a abrangência da abordagem genética na pesquisa biológica e suas aplicações. Em suas muitas edições, o texto foi revisado e atualizado à medida que a força da análise genética tradicional estendeu-se com a introdução da tecnologia do DNA recombinante e em seguida da genômica. Na 10ª edição, incorporou-se a prática da genética moderna nos novos capítulos sobre genética de populações e a herança de traços complexos.
 

Clique para consultar os requisitos para LGN0215

Clique para consultar o oferecimento para LGN0215

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP