Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Ciência do Solo
 
Disciplina: LSO0660 - Tecnologia do Solo
Soil Technology

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
a. Abordar os temas aplicados da ciência do solo como uma continuidade do desenvolvimento conceitual de suas áreas básicas (física, química, biologia do solo e pedologia); b. Demonstrar e discutir as vantagens e restrições das tecnologias de melhoramento funcional do solo considerando seu papel na produção agrícola, ciclo hidrológico e conservação de recursos naturais e genéticos; c. Capacitar o aluno na elaboração de projetos de planejamento do uso da terra para fins agrícolas e ambientais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
56361 - Gerd Sparovek
74052 - Jose Alexandre Melo Dematte
8398051 - Maurício Roberto Cherubin
 
Programa Resumido
A disciplina pretende construir, a partir dos conhecimentos das disciplinas básicas de solos, a aplicação tecnológica na adequação do ambiente edáfico às necessidades do Homem de i) produzir alimentos, fibras e energia através da agricultura, ii) assegurar a disponibilidade e qualidade dos recursos hídricos e iii) conservar o solo e os demais recursos naturais.
 
 
 
Programa
Módulo 1: Caracterização e cartografia do ambiente físico; sistemas de avaliação de terras e manejo do solo. a) Levantamento e mapeamento de solos (desenvolvimento e interpretação), relevo e clima. b) Sensoriamento remoto, geoprocessamento e bancos de dados relacionais: interpretação de imagens de satélites, fotopedologia e suas relações com relevo e caracterização de solos; estudo do solo pela sua energia eletromagnética refletida e suas implicações no processo agrícola e ambiental; relações/interpretações relacionadas a levantamento, mapeamento, fertilidade dos solos, uso da terra e práticas agrícolas. c) Histórico e situação contemporânea dos sistemas de classificação de terras. d) Sistemas e procedimentos de avaliação de terras visando a definição de aptidão agrícola, zoneamento agroambiental e capacidade de uso. e) Sistemas e procedimentos visando zoneamento ambiental estratégico e definição de áreas de risco. f) Ambientes de produção e grupos de manejo. Módulo 2: Avaliação, recomendação, funcionalidade e planejamento das alternativas de controle da erosão do solo. a) A situação da agricultura brasileira em relação à erosão do solo: evolução histórica e situação contemporânea. Principais regiões e culturas sensíveis à erosão. b) Mecânica do processo erosivo. Formas de erosão do solo. c) Impactos intrínsecos e extrínsecos da erosão do solo. d) Interpretação das características do solo visando o controle da erosão do solo. e) Manejo da cobertura do solo visando o controle da erosão do solo: restos de cultura, tratos culturais, plantas de cobertura, adubação verde e plantio direto. f) Práticas mecânicas de controle da erosão do solo: recomendação, dimensionamento, e construção de terraços e canais escoadouros. g) Políticas públicas voltadas à conservação do solo: matas ciliares, legislação e programas de microbacias hidrográficas. h) Conservação de estradas rurais e controle de grandes erosões. Módulo 3: Manejo de solos agrícolas a) Introdução ao manejo do solo; b) Sistemas de preparo do solo. c) Manejo de solos com restrições físicas ao desenvolvimento do sistema radicular. d) Manejo de solos com restrições químicas e biológicas ao desenvolvimento do sistema radicular. e) Manejo de solos arenosos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Provas teóricas gerais e testes de curta duração. Exercícios práticos em laboratório e de campo.
Critério
Trabalhos práticos: Peso 1,0 Prova 1: Peso 3,5 Prova 2: peso 3,0 Prova 3: peso 2,5
Norma de Recuperação
Será realizada uma prova de recuperação, contendo toda a matéria prática e teórica.
 
Bibliografia
     
ASSAD, E.D. Sistema de Informações Geográficas - Aplicações na Agricultura. Segunda Ed. Brasília, Embrapa, SPI, CPAC, 1998, 434 p. BERTONI, J. e LOMBARDI NETO, F. Conservação do solo. LIVROCERES. 368 p. 1985. Revista Brasileira de Ciência do Solo. BRADY, N.C; Weil, R.R. 2013. Elementos da Natureza e Propriedades dos Solos. Bookman Editora Ltda. (3. ed.), Porto Alegre, Brasil, 685p. DEMATTÊ, J.L.I. Manejo de Solos Tropicais Úmidos. Região amazônica. Fundação Cargill. Campinas, SP. 1988. DRIESSEN, P.M.; KONIJN, N.T. (Ed) Land-use systems analysis. Wageningen, The Netherlands, 230p. 1992. EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Procedimentos normativos de levantamentos pedológicos. Brasília, Humberto Gonçalves dos Santos et al. SPI, 1995. LEPSCH, I.F. Manual para levantamento utilitário do meio físico e classificação de terras no sistema de capacidade de uso. I.F. Lepsch, R Bellinazzi Jr., D. Bertolini, C.R. Espíndola. 4 aproximação, Campinas, Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 1991, 175 p. MORAN, M.S.; IONOUE, Y.; BARNES, E.M. Opportunities and limitations for image-based remote sensing in precision crop management. Remote Sensing Environment, v.61, p.319-346, 1997. NOVO, E.M.L.M. Sensoriamento remoto: princípios e aplicações. INPE/MCT, São José dos Campos, 1988, 351 p. PIERCE, F.J., SADLER, E.J. (Editors). The state of site-specific management for agriculture. United States of America, Madison, 430 p. 1997. RAMALHO FILHO et alii. 1978. Sistema de avaliação da aptidão agrícola das terras. Brasília. SUPLAN/MA-SNLCS/EMBRAPA. SANTOS, H.G., JCOMINE, P.K.T., ANJOS, L.H.C., OLIVEIRA, V.A., LUBRERAS, J.F., COELHO, M.R., ALMEIDA, JA.A, ARAÚJO FILHO, J.C., OLIVEIRA, J.B., CUNHA, T.J.F. (ed.). Sistema Brasileiro de Classificação de Solos, 5. Ed. Ver. Ampl. Brasília: Embrapa, 356 p. 2018
 

Clique para consultar os requisitos para LSO0660

Clique para consultar o oferecimento para LSO0660

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP