Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
 
Zootecnia
 
Disciplina: LZT0645 - Eqüinocultura
Equine Husbandry

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2007 Desativação:

Objetivos
Transmissão de conhecimentos teóricos e práticos referente a criação de equinos, visando a produção econômica das espécies de diferentes sistemas de exploração.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2089921 - Claudio Maluf Haddad
 
Programa Resumido
- Introdução à Equideocultuta. Conceitos zootécnicos.
- Exterior e julgamento dos equinos.
- Raças de equinos de interesse no Brasil.
- Reprodução e profilaxia das principais doenças.
- Produção dos volumosos: Pastagens, fenos, capineiras, cultura de alfafa, culturas de inverno.
- Doma racional e adestramento elementar.
- Sistemas de Produção e Manejo de Criações.
- Distúrbios alimentares e de comportamento.
- Cascos e ferrageamento.
- Etologia equina.

 
Introduction to equine husbandry; Animal technology concepts; Evaluating different equine breeding; Equine breeding interest in Brazil; Reproduction and main disease prophylaxis; Food production: pastures, hay, grass, lucerne and winter crops; Rational taming and elementary conditioning; Production system and breeding management; Feeding disorders and behavior; Hoof and horseshoeing; Equine Ethology.
 
 
Programa
PARTE TEÓRICA
1- Importância e características da criação de equinos.
2- Tipos de equinos. Escolha do local, da raça e do tipo. Sistema de criação.
3 Bases de classificação das raças. Estudo sumarizado das raças de equinos e jumento de maior interesse para o Brasil.
4- Reprodução, puberdade, cio, cobertura, fecundação, gestação, aborto e parição.
5- Criação de potros.
6- Escolha de reprodutores.
7- Instalações e equipamentos.
8- Métodos de reprodução aplicáveis aos equinos.
9- Regime de reprodutores.
10- Criação de muares.
11- Pastagens para equinos.
12- Alimentação e exigências nutritivas.
13- Moléstias parasitárias mais comuns – profilaxia e combate.
14- Moléstias infecciosas mais comuns – profilaxia e combate.
15- Medidas de fomento. Serviço de Remonta do Exército.

PARTE PRÁTICA
1- Divisão e nomenclatura das regiões do corpo. Belezas e defeitos das regiões.
2- Estudo da pelagem.
3- Determinação da idade pelos dentes.
4- Andamentos e outros movimentos.
5- Aprumos e atividades.
6- Mensurações, marcação e resenha.
7- Vícios, defeitos, taras e fraudes. Vícios redibitórios.
8- Julgamento individual e comparativo.
9- Proporções usuais dos alimentos. Formulação de rações e arraçoamento.
10- Montaria e condução.
11- Manejo e práticas criatórias: doma, vacinação, castração, aplicação de vermífugos, administração de medicamentos.

 
 
 
Avaliação
     
Método
Três provas parciais.
Critério
Média Final = Média das provas parciais.
Norma de Recuperação
A disciplina não oferecerá prova de recuperação.
 
Bibliografia
     
Bassignana, G. Alimentazione del Cavalllo Atleta. Hoelpy-Miller.
Chombry, P. La Equitaction.Editorial Hispano Europeo.
Coggins, J. The Horseman’s Bible. Dou Bledy Company.
Ensminger, M.E. Production Equina. Livraria "EL ateneo". Editorial.
Jardim, W.R. e Torres, A.P. Criação do Cavalo e outros Equinos. Biblioteca Rural, Livraria Nobel.
Willis, L.C. The Horse Breeding Farm South Bruswick and New York.
Marcenac, L.N., Aublet, H. & D’Autheville, P. Enciclopédia do Cavalo. Organização Andrei, Editora Ltda, São Paulo. Volumes 1 e 2. 1463 p. 1990.
Evans, J.W, Burton, A., Hintz, H.F. & Van Vleck, L.D. El Caballo. Editora Acriba, Zaragoza, Espanha, 742 p. 1977.
Carvalho, R.T.L. & Haddad, C.M. A criação e a Nutrição de Cavalo. Publicações Globo Rural, Editora Globo, Rio de Janeiro, 180 p. 1987.
 

Clique para consultar os requisitos para LZT0645

Clique para consultar o oferecimento para LZT0645

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP