Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Medicina
 
Medicina Preventiva
 
Disciplina: MPR0110 - Epidemiologia I: Diagnóstico de Saúde de Populações
Epidemiology I: HEALT DIAGNOSIS POPULATIONS

Créditos Aula: 5
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 75 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2013 Desativação:

Objetivos
Conhecer as principais características epidemiológicas do diagnóstico de saúde de populações; conhecer o perfil epidemiológico geral e as principais tendências de adoecimento e morte no Brasil; Conhecer e compreender o significado dos principais indicadores de saúde de populações; Identificar e saber utilizar as principais fontes de informações de saúde; Conhecer o papel profissional do médico na produção das informações de saúde.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1449677 - Nelson da Cruz Gouveia
 
Programa Resumido
A Epidemiologia, disciplina básica da Saúde Pública e da Medicina Preventiva, estuda a ocorrência e a distribuição de agravos à saúde nas populações humanas. Esta disciplina apresenta os principais indicadores utilizados como instrumentos para se conhecer o perfil epidemiológico de uma população, uma competência que todos os médicos, independentemente da sua especialidade, necessitam ter atualmente para uma melhor atuação profissional nas comunidades em que atuam. A interpretação dos diversos indicadores permite a construção de um diagnóstico da saúde da população sob análise, identificação dos problemas mais importantes, contribuindo para a definição das suas necessidades e para as prioridades de atuação dos profissionais médicos inseridos nos serviços e sistemas de saúde. O diagnóstico de saúde contribui ainda para indicar prioridades para as pesquisas epidemiológicas e do campo geral da medicina. Analisam-se os indicadores epidemiológicos tradicionalmente mais utilizados no campo da Medicina e da Saúde Pública: os indicadores de mortalidade e de morbidade que se apóiam nos diagnósticos realizados por médicos nos seus pacientes. Enfatizam-se ainda indicadores que procuram medir condições gerais de vida e saúde, entre os quais se destacam os relacionados com a qualidade de vida. A disciplina constitui a primeira parte do estudo da epidemiologia para estudantes de medicina que se integra e é complementado pela disciplina Epidemiologia II: Estudos Epidemiológicos (MPR0131) no semestre seguinte.
 
 
 
Programa
Indicadores de saúde mais utilizados na medicina; Coeficientes, taxas; frações e razões de mortalidade e morbidade; Fontes de dados em saúde; Inquéritos de morbidade; Perfil de adoecimento e morte no Brasil; Principais problemas de saúde; Indicadores positivos de saúde (qualidade de vida); Usos dos indicadores em Programas de Prevenção Primária, Secundária e Terciária em Saúde.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Provas individuais com questões de conhecimentos (conceitos e informações) e de competências e habilidades (pesquisa e interpretação de dados em saúde)
Critério
A nota final é composta pela soma dos pontos obtidos em: Prova 1 (1,5) ; Prova 2 (4,5); Prova 3 (4,0)
Norma de Recuperação
Nota de recuperação obtida pela média aritmética entre a nota final obtida no curso e a nota de prova de recuperação (de valor 10) três meses após o final da disciplina.
 
Bibliografia
     
NEMES, M. I. B. ; CARVALHO, H. B. ; NOVAES, H. M. D. ; LITVOC, J. ; SCHOUT, D. ; GIANINI, R.J. Diagnóstico de saúde de populações: o que todo médico deve saber.. In: Martins; MA, Carrilho; FJ, Alves VAF; Castilho E A, Cerri GG, Wen. CL (Org.). Clínica Médica. São Paulo: Manole, 2009, v. 1, p. 421-436; DEMAIS REFERÊNCIAS SERÃO INDICADAS NAS AULAS; TODO O MATERIAL DIDÁTICO É DISPONIBILIZADO NO SITE DA FMUSP. (referências bibliográficas, aulas, exercícios; roteiros de trabalhos; roteiros de busca de dados na Internet; correções)
 

Clique para consultar os requisitos para MPR0110

Clique para consultar o oferecimento para MPR0110

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP