Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Museu de Zoologia
 
Museu de Zoologia - Divisão Científica
 
Disciplina: MZC0021 - Princípios de Taxonomia e Nomenclatura Zoológicas
Principles of Zoological Taxonomy and Nomenclature

Créditos Aula: 6
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2019 Desativação:

Objetivos
Através de aulas teórico-práticas e estudos de casos reais propiciar a obtenção de conhecimentos básicos de forma sintética e ordenada, essenciais ao exercício da taxonomia e à aplicação das regras de nomenclatura em Zoologia.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3036430 - Carlos José Einicker Lamas
5070551 - Marcelo Duarte da Silva
2297221 - Marcos Domingos Siqueira Tavares
 
Programa Resumido
A indissociabilidade entre acervo, curadoria e instituição. A Formação do acervo: da coleta às coleções taxonômicas. Princípios de Nomenclatura Zoológica (Regras de nomenclatura, nomenclatura vs. taxonomia, estrutura conceitual do código internacional de nomenclatura zoológica). Princípios de Taxonomia (fundamentação conceitual, publicação taxonômica: noções práticas).
 
 
 
Programa
1. A indissociabilidade entre acervo, curadoria e instituição (4hs) 1.1 Acervo: acervo como evidência material; processo seletivo e formação do acervo; metáfora e metonímia. 1.2 Curadoria: seleção e conservação (que patrimônio para o futuro? quem decide?); a índole do acervo é servir; valor agregado vs. deterioração; espécimens em disputa (espaço, limpeza, conservantes, rotulagem, estudo); institucionalização de procedimentos (coerência, uniformidade e universalidade das ações). 1.3 Instituição: impacto da identidade institucional (missão, visão e valores) sobre os acervos e a pesquisa. 2. A Formação do acervo: da coleta às coleções taxonômicas (4hs) 2.1 Antes do campo 2.2 Durante o campo 2.3 No laboratório 3. Princípios de Nomenclatura Zoológica (12hs) 3.1 Regras de nomenclatura: justificativas e objetivos 3.2 Nomenclatura vs. Taxonomia 3.3 A estrutura conceitual do Código Internacional de Nomenclatura Zoológica: 3.3.1 Objetivos, definição e escopo 3.3.2 Nomenclatura binominal 3.3.3 Critérios de publicação 3.3.4 Critérios de disponibilidade 3.3.5 Datas de publicação 3.3.6 Validade dos nomes e dos atos nomenclaturais e princípio da prioridade 3.3.7 Formação e tratamento dos nomes 3.3.8 Nomes dos grupos da família, gênero e espécie e princípio da coordenação 3.3.9 Autoria 3.3.10 Homonímia e princípio da homonímia 3.3.11 Conceito de tipo em nomenclatura e princípio da tipificação 3.3.12 A Comissão internacional de Nomenclatura Zoológica 4. Princípios de Taxonomia (12hs) 4.1 Instrumental (8hs) 4.1.1 Escopo e objetivos 4.1.2 Caracteres taxonômicos 4.1.2.1 Conceito 4.1.2.2 Tipos 4.1.2.3 Caracteres e categorias hierárquicas 4.1.2.4 Tipologia e variação geográfica 4.1.3 Diagnose 4.1.4 Descrição e redescrição 4.1.5 Chaves de identificação 4.1.6 Sinonímia 4.1.6.1 Sinônimos objetivos e subjetivos 4.1.7 Designações de espécie-tipo 4.1.8 Combinações originais e novas 4.1.9 Série tipo e tipos nomenclaturais (holótipo, lectotótipos, neótipos, etc) 4.1.10 Contexto geográfico 4.1.10.1 Material examinado 4.1.10.2 Distribuição geográfica 4.1.11 Discussão: morfologia comparada e taxonomia 4.1.12 Ilustrações 4.1.12.1 Objetivos 4.1.12.2 Apresentação 4.1.12.3 A câmara clara e sua utilização 4.1.12.4 Rudimentos de ilustração (desenho, fotografia, edição eletrônica) 4.2 A Publicação Taxonômica: noções práticas (4hs) 4.2.1 Título 4.2.2 Resumo 4.2.3 Introdução 4.2.4 Material e métodos 4.2.5 Taxonomia 4.2.5.1 Taxon 4.2.5.2 Sinonímia 4.2.5.3 Taxons subordinados inclusos 4.2.5.4 Material examinado 4.2.5.5 Distribuição geográfica 4.2.5.6 Diagnose 4.2.5.7 Descrição 4.2.5.8 Discussão 4.2.5.9 Etimologia 4.2.5.10 Dados biológicos 4.2.5.11 Agradecimentos 4.2.5.10 Bibliografia
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova teórico-prática.
Critério
Nota maior ou igual a 7.
Norma de Recuperação
Prova teórico-prática.
 
Bibliografia
     
Blackwelder, R. E. 1967. Taxonomy, a text book and reference book. John Willey & Sons. International Comission on Zoological Nomenclature. 1999-2012. International Code of Zoological Nomenclature. The International Trust for Zoological Nomenclature, http://www.nhm.ac.uk/hosted-sites/iczn/code/ Mayr, E. and P.D. Ashlock, 1991. Principles of Systematic Zoology. Mcgraw-Hill College. Papavero, N. (Org.). 1994. Fundamentos práticos de taxonomia zoológica: coleções, bibliografia, nomenclatura. Editora da Universidade Estadual Paulista, UNESP. Quicke, D.L.J. 2014. Principles and Techniques of Contemporary Taxonomy. Springer Verlag. Schuh, R.T.; A.V.Z. Brower, 2009. Biological Systematics: Principles and Applications. Comstock Publ. Assoc. Winston, J.E. 1999. Describing Species. Practical Taxonomic Procedure for Biologists. Columbia Univ. Press.
 

Clique para consultar os requisitos para MZC0021

Clique para consultar o oferecimento para MZC0021

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP