Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola Politécnica
 
Engenharia de Estruturas e Geotécnica
 
Disciplina: PEF3501 - Concepção, Projeto e Métodos Construtivos de Edifícios
Conception, Design and Construction Methods of Buildings

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 75 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Apresentar as etapas de projeto (Lançamento da Estrutura, Modelo Estrutural, Ações, Solicitações, Verificação e Otimização). Apresentação dos sistemas estruturais usuais de edifícios, evidenciando em cada caso a interação entre Arquitetura, Estrutura, Métodos Construtivos, Fundações e Escavações e Instalações Gerais. Definição e análise dos modelos estruturais a serem adotados em cada caso, considerando o caminhamento das cargas verticais, o caminhamento das cargas horizontais e a garantia da estabilidade global. Desenvolver um projeto estrutural contemplando todas as suas etapas e interações.
 
The aim of the course is to complement the knowledgment of undergradute students of special concrete elements following the former courses PEF 3303 and PEF 3403 (Concrete Structures I and Concrete Structures II). It will be approach the Ultimate and Sevicibility State of some kinds of slabs like nervurada, without slabs, precast and prestressed, link of beam-column, stairs. The strut and tie method will bem introduced.
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3770270 - Cláudius de Sousa Barbosa
 
Programa Resumido
Estado limite último e de serviço de lajes nervuradas; Estado limite último e de serviço de lajes planas/punção em lajes; Estado limite último e de serviço de lajes alveolares e "pi"; Sistemas estruturais em lajes com protensão; Ligações pré-moldadas: laje-viga e viga-pilar; Método das bielas e tirantes; Comportamento e dimensionamento de sapatas, blocos de concreto e radiers; Consolos e dente Gerb; Estado limite último e de serviço de escadas; Estado limite último e de serviço de vigas-parede e paredes estruturais; Instabildiade de verificação de pilares.
 
Strucutural concrete; Standards and symbols; Structural safety; Strucutural design of buildings; Normal solicitations; Simple flexure design – Tensile and compression reinforcement: rectangular and T sections; slabs: design and details; Tangential solicitations: shear force and torsion. Details and detailing of concrete reinforcement: development length for reinforcement, spacing requirements, bond strength, tolerances, hooks and bends.
 
 
Programa
Concepção e projeto integrado através da compatibilização otimizada das partes: arquitetura; superestrutura; fundações; e instalações.•Sistemas estruturais de edifícios: elementos estruturais; tipos estruturais e respectivos campos de aplicação.•Fundações e escavações: tipos e respectivos campos de aplicação; interdependência entre o projeto e os processos construtivos.•Análise integrada fundação-estrutura.•Estabilidade global. Análise, dimensionamento, verificação e detalhamento de edifícios.
 
Strucutural concrete; Standards and symbols; Structural safety; Strucutural design of buildings; Normal solicitations; Simple flexure design – Tensile and compression reinforcement: rectangular and T sections; slabs: design and details; Tangential solicitations: shear force and torsion. Details and detailing of concrete reinforcement: development length for reinforcement, spacing requirements, bond strength, tolerances, hooks and bends.
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas e práticas com discussões em sala.
Critério
MF = (3P1 + 3P2 + 4E)/10 >= 5,0
Norma de Recuperação
Os alunos que tiverem nota superior ou igual a 3 (três) e inferior a 5 (cinco) deverão fazer uma prova versando sobre todo o conteúdo da disciplina, sendo a média final = (MF + REC)/2
 
Bibliografia
     
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (1980). NBR 6120: Cargas para o cálculo de estruturas de edificações. Rio de Janeiro. 1980. ________ (1988). NBR 6123: Forças devidas ao vento em edificações. Rio de Janeiro. 1988. ________ (2003). NBR 8681: Ações e segurança nas estruturas - Procedimento. Rio de Janeiro. 2003. ________ (2014). NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto- Procedimento. Rio de Janeiro. 2014. EL DEBS, M.K. (2000). Concreto pré-moldado: fundamento e aplicações. EDUSP: São Carlos. ENGEL, H (2014). Sistemas estruturais. 1ª. Edición. 9ª. Tirada. Ed. Gustavo Gili, SA: Barcelona. HACHICH, W et al. (2002). Fundações: Teoria e prática. 2ª. ed.Pini: São Paulo. JOPPERT JUNIOR, I. (2007). Fundações e Contenções de Edifícios - Qualidade Total na Gestão do Projeto e Execução. 1ª. ed.Pini: São Paulo. KIMURA, A. (2007). Informática Aplicada em Estruturas de Concreto Armado. Pini: São Paulo. MELO, C.E.E. (2008). Manual Munte de Projetos em Pré-fabricados de Concreto. 2ª. ed.Pini: São Paulo. VASCONCELOS, A.C. (1992). O concreto no Brasil: Recordes - Realizações – História. 2ª. ed.Pini: São Paulo.
 

Clique para consultar os requisitos para PEF3501

Clique para consultar o oferecimento para PEF3501

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP