Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Psicologia
 
Psicologia da Aprendizagem, do Desenv e da Personalidade
 
Disciplina: PSA1200 - Psicologia da Aprendizagem
Psychology of Learning

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 105 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2016 Desativação:

Objetivos
O objetivo da disciplina Psicologia da Aprendizagem é apresentar o conceito de aprendizagem e as diferentes abordagens de estudo deste processo psicológico, analisando as bases epistemológicas das duas principais concepções de aprendizagem, com ênfase nas teorias cognitivas da aprendizagem. Discutir algumas questões controversas e relacionar o estudo teórico da aprendizagem com sua aplicação ao processo de ensino formal e informal. Ao final do programa esperamos que o aluno: 1) conheça diferentes e contrastantes abordagens teóricas sobre o processo de aprendizagem e seja capaz de diferenciá-las; 2) perceba as relações da Psicologia da Aprendizagem com áreas de conhecimentos afins: 3) reconheça as aplicações da Psicologia da Aprendizagem à vida cotidiana e ao processo de ensino escolar.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3001174 - Fraulein Vidigal de Paula
2085249 - Maria Isabel da Silva Leme
 
Programa Resumido
I. Conceituação e caracterização da aprendizagem II. Aprendizagem por associação III. Aprendizagem por reestruturação IV. Uma tentativa de síntese: aprendizagem implícita e explícita V. A natureza do conhecimento cotidiano, escolar e científico VI. Aprendizagem: o papel da hereditariedade e ambiente VII. O papel da afetividade e da cognição na aprendizagem VIII. Temas contemporâneos em Psicologia da Aprendizagem
 
 
 
Programa
I. Conceituação e caracterização da aprendizagem II. Aprendizagem por associação III. Aprendizagem por reestruturação IV. Uma tentativa de síntese: aprendizagem implícita e explícita V. A natureza do conhecimento cotidiano, escolar e científico VI. Aprendizagem: o papel da hereditariedade e ambiente VII. O papel da afetividade e da cognição na aprendizagem VIII. Temas contemporâneos em Psicologia da Aprendizagem
 
 
 
Avaliação
     
Método
Atividades didáticas: aulas teóricas, discussões de leituras, palestras e seminários, realização de pequenos exercícios de pesquisa.
Atividades discentes: leitura semanal de textos, organização de seminários, realização de pequenos exercícios de pesquisa e provas de aproveitamento.
Critério
O aluno será avaliado por meio de duas provas de aproveitamento (peso 2 cada uma) e um trabalho em grupo (peso1). Caso deixe de fazer algumas das avaliações, o mesmo será submetido a uma prova substitutiva, ao final do curso, que abrangerá todos os tópicos considerados na disciplina.
Norma de Recuperação
Prova referente a todo o conteúdo da disciplina.
 
Bibliografia
     
Bibliografia básica
1. Leme, M.I. da S. Reconciliando as divergências: conhecimento implícito e explícito na aprendizagem. Psicologia USP. v. 19, 2008, p. 121-128.
2. Pozo, J. I. Aprendizes e Mestres. Porto Alegre: Artmed, 2002.
3. Pozo, J. I. Teorias Cognitivas da Aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 1998.
4. Pozo, J. I. Aquisição do Conhecimento. Porto Alegre: Artmed, 2004.

Bibliografia complementar
1. Bechara, A. O papel positivo da emoção na cognição. Em: V. A. Arantes (org.) Afetividade na escola: alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 2003.
2. Bruner, J. A Cultura da Educação. P. Alegre: Artmed, 2001.
3. Garcia, E. A natureza do conhecimento escolar: transição do cotidiano para o científico ou do simples para o complexo. Em: Maria Jose Rodrigo e José Arnay (orgs.) Conhecimento cotidiano, escolar e científico: representação e mudança. São Paulo, Ática, 1999.
4. Leite, S. Retomando uma velha questão: a relação herança e meio ambiente. Em: Alysson Massote Carvalho (org.) O mundo social da criança: natureza e cultura em ação. São Paulo, Casa do Psicólogo, 1999.
5. Roediger, H. L. O que aconteceu com o Behaviorismo? Revista Brasileira de Análise do Comportamento, v. 1, 2005, p. 1-6.
6. Sério, T. M. de A. Por que sou behaviorista radical. Sobre Comportamento e Cognição, v. 1, 2001, p. 75-80.
 

Clique para consultar os requisitos para PSA1200

Clique para consultar o oferecimento para PSA1200

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP