Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Psicologia
 
Psicologia Social e do Trabalho
 
Disciplina: PST1666 - Psicologia Social do Trabalho e das Organizações
Social Psychology of Work and Organizations

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 105 h ( Estágio: 40 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2021 Desativação:

Objetivos
Pretende fornecer elementos para que o aluno configure o trabalho e as organizações como objetos de estudo e como áreas de atuação da psicologia, abordando como atividade humana e as diversas concepções sobre as organizações e seu funcionamento. Pretende fornecer informações de modo que o aluno identifique os problemas que se apresentam no mundo do trabalho contemporâneo. Criar condições para que os alunos reflitam criticamente sobre a atuação da psicologia sobre os objetos trabalho e organizações, a partir da leitura da psicologia social.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1503333 - Marcelo Afonso Ribeiro
 
Programa Resumido
Trabalho, processo e organização do trabalho. Teorias sobre organizações. Problemas contemporâneos do trabalho e das organizações. Trabalho e organizações como campo de práticas da psicologia. O papel do psicólogo na área do trabalho e nas organizações.
 
 
 
Programa
Parte teórica: 1. Trabalho, processo e organização do trabalho 2. Teorias sobre organizações 3. Problemas contemporâneos do trabalho e das organizações 4. Trabalho e organizações como campo de práticas da psicologia 5. O papel do psicólogo na área do trabalho e nas organizações Parte prática: Cumprimento de estágio que pretende levar o aluno a conhecer diversas situações de trabalho/emprego e diversas organizações, através de incursão em organizações públicas, privadas, autogestionárias, organizações da sociedade civil, através do Centro de Psicologia Aplicada ao Trabalho (CPAT-PST-IPUSP). Tal atividade pretende apresentar situações diversas nas quais a psicologia social enfrente fenômenos e problemas relativos ao Trabalho e às Organizações de modo a dialogar com os conteúdos discutidos na parte teórica da disciplina Plano de Estágio 1- Objetivos: Pretende levar o aluno a conhecer diversas situações de trabalho/emprego e diversas organizações, através de incursão em organizações públicas, privadas, autogestionárias, organizações da sociedade civil, através do Centro de Psicologia Aplicada ao Trabalho (CPAT-PST-IPUSP). Tal atividade pretende apresentar situações diversas nas quais a psicologia social enfrente fenômenos e problemas relativos ao Trabalho e às Organizações de modo a dialogar com os conteúdos discutidos na parte teórica da disciplina. 2- Atividades a serem realizadas pelo aluno: Visitas a organizações várias (empresas, sindicatos, órgãos públicos, cooperativas autogestionárias, outras entidades da sociedade civil), observações, conversas com atores sociais diversos, entrevistas, leitura de documentos institucionais, sistemati-zação de trabalhos de campo na forma de relatórios. 3- Atividades de avaliação: freqüência às atividades de campo e às supervisões, elaboração de relatórios das atividades realizadas.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Atividades didáticas: Parte teórica: Aulas expositivas; coordenação de trabalhos escritos. Parte prática: coordenação de seminários e trabalhos em grupo; orientação e supervisão de estágio.

Atividades discentes: Leituras; fichamentos de textos; seminários; visitas a organizações várias (empresas, sindicatos, órgãos públicos, cooperativas autogestionárias, outras entidades da sociedade civil), observações, conversas com atores sociais diversos, entrevistas, leitura de documentos institucionais, sistematização de trabalhos de campo na forma de relatórios.
Critério
Apresentação de trabalhos e relatórios de estágio
Norma de Recuperação
Apresentação de trabalhos teóricos e de relatórios de estágio
 
Bibliografia
     
Bibliografia básica Bernardo, M. H., Oliveira, F. D., Souza, H. A. D., & Sousa, C. C. D. (2017). Linhas paralelas: as distintas aproximações da Psicologia em relação ao trabalho. Estudos de Psicologia (Campinas), 34(1), 15-24. Jung, J. (2000). Le travail. Paris, France: Flammarion. Leão, L. H. C. (2012). Psicologia do trabalho: aspectos históricos, abordagens e desafios atuais. Ecos, 2 (2), 291-305. Sato, L., Coutinho, M. C., & Bernardo, M. H. (2018). Psicologia social do trabalho. Editora Vozes. Spink, P. (1996). A organização como fenômeno psicossocial: notas para uma redefinição da psicologia do trabalho. Psicologia & Sociedade, 8(1), 174-192. Bibliografia complementar Clot, Y. (2006). A função psicológica do trabalho. Petrópolis, RJ: Vozes. Dejours, C. (1999). A banalização da injustiça social. Rio de Janeiro: FGV. Hirata, H. (2014). Gênero, classe e raça: interseccionalidade e consubstancialidade das relações sociais. Tempo Social, Revista de Sociologia da USP, 26(1), 61-73. Marx, K. (1980). O Capital (Crítica da economiapolítica). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. Mandelbaum, B. P. H., & Ribeiro, M. A. (2017). Desemprego: uma abordagem psicossocial. São Paulo: Edgard Blücher. Pires, F. M., Ribeiro, M. A., & Andrade, A. L. (2020). Teoria da Psicologia do Trabalhar: uma perspectiva inclusiva para orientação de carreira. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 21(2), 1-11. Ribeiro, M. A. (2020). Reforma trabalhista: uma análise psicossocial. Revista de Psicologia, 11(2), 49-59. Ribeiro, M. A. (2020). Contribuições da psicologia para repensar o conceito de trabalho decente. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, 20(3), 1114-1121.
 

Clique para consultar os requisitos para PST1666

Clique para consultar o oferecimento para PST1666

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP