Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Psicologia
 
Psicologia Social e do Trabalho
 
Disciplina: PST3875 - Família: Abordagens Psicossociais e Psicanalíticas
Family: psychosocial and psychoanalytical approaches

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 105 h ( Estágio: 40 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
Ao integrar esta disciplina ao curso de extensão “O atendimento psicossocial a famílias”, oferecido a profissionais da rede pública de Saúde, Educação, Assistência Social e do Judiciário, reunindo alunos de graduação e de extensão em sala de aula, pretende-se colocar o(a) aluno(a) em contato com trabalhos de intervenção junto a famílias nas diversas modalidades realizadas por diferentes políticas públicas, acompanhando discussões de casos, supervisões e discussões teóricas derivadas destes trabalhos. Trata-se de uma das poucas oportunidades que os alunos de graduação têm para conhecer o trabalho desenvolvido em campo pelas diversas políticas públicas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
565140 - Belinda Piltcher Haber Mandelbaum
 
Programa Resumido
O curso é composto por 5 diferentes módulos e conta com a participação de 5 supervisores convidados. Em cada módulo, um supervisor coordena 3 aulas de apresentação e discussão de atendimentos a famílias nas diversas políticas públicas. Cada supervisor tem uma perspectiva própria, a partir de sua experiência clínica e institucional. Tanto os profissionais da rede pública quanto os alunos de graduação podem apresentar casos para discussão.
 
 
 
Programa
Todas as aulas se organizam a partir da apresentação de casos de atendimento a famílias em diferentes contextos institucionais – instituições de saúde, de assistência social, em escolas, no Judiciário, no sistema penitenciário, etc. Os supervisores discutem os casos a partir de diferentes abordagens institucionais e psicanalíticas. Além disto, a disciplina prevê um estágio para os alunos da graduação. Como atividade de estágio, os alunos podem atender casos de famílias e casais no Serviço de Atendimento a Famílias e Casais (SEFAM) do IPUSP, ou podem acompanhar atendimentos a famílias em diferentes contextos institucionais, tais como unidades de saúde, de assistência social, escolas, etc. Os estágios têm supervisão semanal, fora do horário de aula, com a professora responsável pela disciplina.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Qualidade da participação do(a) aluno(a) nas aulas e supervisões e um trabalho final no qual apresente a sua experiência no estágio (atendimento, acompanhamento de famílias em instituições) acompanhada de uma reflexão sobre essa experiência em diálogo com autores e textos pertinentes às questões levantadas pela atividade realizada.
Critério
Participação e envolvimento nas atividades da disciplina e qualidade do trabalho final
Norma de Recuperação
Trabalho final de apresentação das atividades realizadas no estágio e reflexão sobre estas atividades em diálogo com autores e textos pertinentes.
 
Bibliografia
     
Os textos e autores serão indicados a partir da apresentação e discussão de casos em sala de aula, bem como das demandas das atividades realizadas como estágio.
 

Clique para consultar os requisitos para PST3875

Clique para consultar o oferecimento para PST3875

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP