Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Psicologia
 
Psicologia Social e do Trabalho
 
Disciplina: PST3877 - Trabalho, Diversidade e Exclusão
Work, Diversity and Exclusion

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2009 Desativação:

Objetivos
- Discutir os conceitos teóricos centrais de trabalho, diversidade e relação inclusão-exclusão psicossocial numa sociedade marcada pela precarização do trabalho e pela degradação do laço social;
- Refletir acerca da atual configuração do mundo do trabalho e das relações indivíduo-trabalho que estão sendo criadas, através do estudo das novas formas e estratégias de carreira de pessoas tradicionalmente caracterizadas como “excluídas do trabalho” (por exemplo, pessoas com deficiência e pessoas com transtornos mentais) e de suas possibilidades identitárias;
- Analisar a questão da gestão da diversidade nas organizações e seu impacto psicossocial no mundo do trabalho e das pessoas tradicionalmente caracterizadas como “excluídas do trabalho”;
- Apresentar e discutir as saídas políticas, sociais e psicossociais na relação trabalho, diversidade e exclusão.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1503333 - Marcelo Afonso Ribeiro
 
Programa Resumido
 
 
 
Programa
1. Conceitos centrais de análise: trabalho, identidade, diversidade e relação psicossocial de inclusão-exclusão.
2. O mundo sociolaboral: mundo moderno das normas e mundo contemporâneo da flexibilização.
3. Diversidade e atributos de exclusão: raça, gênero, etnia, religião, idade, deficiências físicas e mentais, transtornos mentais.
4. Estratégias psicossociais de exclusão e possibilidades identitárias e laborais de grupos tradicionalmente excluídos do mundo do trabalho: da modernidade à contemporaneidade.
5. O mundo do trabalho em transformação: o trabalho na contemporaneidade e a questão da carreira de grupos tradicionalmente excluídos do trabalho (mulheres, homossexuais, travestis, afrodescendentes, imigrantes, idosos, pessoas com deficiência e pessoas psicóticas).
6. A gestão da diversidade nas organizações.
7. Trabalho, diversidade e exclusão: saídas políticas, sociais e psicossociais.

 
 
 
Avaliação
     
Método
Atividades didáticas:
Parte teórica: aulas expositivas, discussão de casos, workshops.
Parte prática: trabalho de campo (entrevistas com pessoas tradicionalmente excluídos do mundo do trabalho).
Atividades discentes: leituras; seminários; trabalho de campo; realização de relatório e apresentação oral em sala de aula do trabalho de campo.
Critério
Rendimento nas diversas atividades didáticas teóricas e práticas avaliadas por meio de trabalho teórico, seminários, realização do trabalho de campo e relatório e apresentação oral em sala de aula do trabalho de campo.
Norma de Recuperação
Apresentação de trabalho teórico.
 
Bibliografia
     
Bibliografia Básica:
Antunes, R. (1999). Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo.
Bahia, M. S. Responsabilidade social e diversidade nas organizações. São Paulo: Qualitymark, 2006.
Blanch, J. M. (Org.). (2003). Teoría de las relaciones laborales. Desafíos. Barcelona: UOC.
Dejours, C. (1999). A banalização da injustiça social. Rio de Janeiro, RJ: FGV.
Guimarães, N. A. & Hirata, H. (Orgs.). (2006). Desemprego: trajetórias, identidades, mobilizações. São Paulo: SENAC.
Oliveira, M. C. (Org.). (2001). Demografia da exclusão social: temas e abordagens. Campinas, SP: Ed. da UNICAMP.
Sawaia, B. B. (Org.). (2001). As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social (2ª ed). Petrópolis: Vozes.
Touraine, A. (1998). Poderemos viver juntos? Iguais e diferentes. Petrópolis, RJ: Vozes.


Bibliografia complementar:

Amaral, L. A. (1995). Conhecendo a deficiência. São Paulo: Robe.
Arendt, H. (1987). A condição humana (3.ed.). Rio de Janeiro: Forense-Universitária. (Original publicado em 1958).
Castel (1998). As metamorfoses da questão social: uma crônica do salário. Petrópolis, RJ: Vozes.
Castells, M. (2002). O poder da identidade – II. São Paulo: Paz e Terra.
Demo, P. (2002). Charme da exclusão social. Campinas, SP: Autores Associados.
Fischer, G. N. (1996). Os conceitos fundamentais da psicologia social. Lisboa: Piaget.
Foucault, M. (1977). Vigiar e punir. Petrópolis: Vozes.
IBDD. (2004). Responsabilidade social e diversidade: deficiência, exclusão e trabalho. Rio de Janeiro: BNDES.
Myers, A. (2003). O valor da diversidade racial nas empresas. Estudos Afro-Asiáticos, 25(3), 483-515.
Ribeiro, M. A. (2004). Orientação profissional para “pessoas psicóticas”: um espaço para o desenvolvimento de estratégias identitárias de transição através da construção de projetos. Tese de Doutorado, Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Social e do Trabalho, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP.
Martins, J. S. (1997). Exclusão social e a nova desigualdade. São Paulo: Paulus.
Vogel, A. (Org.). (2001). Trabalhando com a diversidade no Planfor: raça/cor, gênero e pessoas portadoras de necessidades especiais. São Paulo: EDUNESP.

 

Clique para consultar os requisitos para PST3877

Clique para consultar o oferecimento para PST3877

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP