Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Química
 
Química Fundamental
 
Disciplina: QFL1502 - Análise por Injeção em Fluxo: Princípios e Aplicações
Flow Injection Analysis: Theory and Application

Créditos Aula: 8
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
Apresentar os princípios envolvidos na análise por injeção em fluxo. Os conceitos de dispersão controlada de amostras e reagentes, em conjunto com controle preciso de tempo, serão usados para apresentar o desenvolvimento de metodologias analíticas por injeção em fluxo. Apresentar os componentes de um sistema: propulsão de líquidos, injeção de amostra, reatores, detectores, assim como processos de tratamento da amostra (pré-concentração, diluição, separações) realizados “in-line”. Exemplificar, através de trabalhos de literatura e aulas práticas, algumas das aplicações da análise por injeção em fluxo em laboratório e no controle de processos industriais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
61426 - Jorge Cesar Masini
76311 - Lucio Angnes
 
Programa Resumido
Histórico. Princípios - conceitos de dispersão e fatores correlacionados, resposta transiente do detector em função da geometria do sistema e da reação química envolvida. Técnicas de gradiente. Cinética química em um sistema de injeção em fluxo. Introdução à teoria de dispersão. Componentes de um sistema de injeção em fluxo: propulsão de líquidos (gravidade, bombas peristálticas, bombas de pistão), confluências de reagentes e amostras, injeção de amostra, reatores, detectores ópticos e eletroquímicos. Processos “in-line” de conversão química em fase homogênea e heterogênea. Tratamentos “in-line” da amostra - diluição, pré-concentração, separações, extração por solvente, câmaras de difusão. Análise por Injeção Sequencial. Controle de processos industriais. Análise em Fluxo monossegmentado. Multicomutação.
 
 
 
Programa
Histórico. Princípios - conceitos de dispersão e fatores correlacionados, resposta transiente do detector em função da geometria do sistema e da reação química envolvida. Técnicas de gradiente. Cinética química em um sistema de injeção em fluxo. Introdução à teoria de dispersão. Componentes de um sistema de injeção em fluxo: propulsão de líquidos (gravidade, bombas peristálticas, bombas de pistão), confluências de reagentes e amostras, injeção de amostra, reatores, detectores ópticos e eletroquímicos. Processos “in-line” de conversão química em fase homogênea e heterogênea. Tratamentos “in-line” da amostra - diluição, pré-concentração, separações, extração por solvente, câmaras de difusão. Análise por Injeção Sequencial. Controle de processos industriais. Análise em Fluxo monossegmentado. Multicomutação.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova, projeto de pesquisa, relatórios e seminários
Critério
Média aritméticas das avaliações
Norma de Recuperação
Nota da 2ª Avaliação = Nota da 1ª Avaliação + 2 x (Nota da prova de recuperação) dividido por 3.
 
Bibliografia
     
1- J. Ruzicka e E. H. Hansen, Flow Injection Analysis, 2a edição, Wiley, New York, 1988.2- B. Karlberg e G. E. Pacey, Flow Injection Analysis - A Practical Guide, Elsevier Science Publishers, New York, 1989.3- Z. Fang, Flow Injection Separation and Preconcentration, VCH Publishers, Weinhein, 19934- M. Valcarcel e M. D. Luque de Castro, Flow Injection Analysis: Principles and Applications, Ellis Horwood, Chichester, 1981.
 

Clique para consultar os requisitos para QFL1502

Clique para consultar o oferecimento para QFL1502

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP