Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto
 
Administração
 
Disciplina: RAD0111 - Teoria da Administração
Management Theory

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2009 Desativação:

Objetivos
Ao final do curso, os participantes deverão apresentar conhecimentos básicos sobre a criação, planejamento, operação e controle das organizações ( produtoras de bens e prestadoras de serviços ) e sobre as funções maiores da administração.
Como objetivos mais específicos destacam-se:
a) definir e conceituar os diferentes tipos de organização;
b) mostrar a evolução do conhecimento administrativo;
c) fornecer visão geral do que é a administração e do papel do administrador.
d) fornecer visão geral das áreas funcionais da organização e dos seus inter-relacionamentos;
e) fornecer visão geral das funções do processo administrativo;
f) fornecer visão geral do processo decisório.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1153611 - Janaina de Moura Engracia Giraldi
773006 - João Luiz Passador
1027912 - Jorge Henrique Caldeira de Oliveira
2973292 - Lara Bartocci Liboni Amui
2857538 - Luciano Thomé e Castro
1434819 - Márcia Mazzeo Grande
2019800 - Rogerio Ceravolo Calia
1916153 - Sonia Valle Walter Borges de Oliveira
 
Programa Resumido
A disciplina destina-se a propiciar aos alunos uma visão geral introdutória das bases teóricas da Administração e das possibilidades de sua aplicação no exercício profissional dos futuros graduados, quando estes estarão atuando em organizações, onde precisam ter discernimento mínimo acerca da multiplicidade de atividades administrativas em que permanentemente se envolvem e para as quais são impelidos a contribuir.
 
 
 
Programa
Papel e Importância da Administração
2. Conceitos básicos: organização
3. Evolução do conhecimento administrativo: Abordagem Clássica
4. Evolução do conhecimento administrativo: Enfoque Comportamental
5. O Enfoque Sistêmico e as Organizações
6. As Áreas Funcionais: Produção e Operações – O Modelo Japonês e a Administração da Qualidade
7. As Áreas Funcionais: Marketing, Recursos Humanos, Finanças e Pesquisa & Desenvolvimento
8. Processo Decisório e Resolução de Problemas
9. Processo Administrativo: Planejamento
10. Processo Administrativo: Organização, Direção e Controle
11. Novos modelos de Administração e de Organizações
12. Empreendedorismo, Gestão Ambiental e Meio Ambiente
 
 
 
Avaliação
     
Método
Todo o desenvolvimento do curso procura enfatizar as proveitosas inter-relações entre teoria e prática administrativas na esfera do desenvolvimento organizacional, mediante utilização de variedade de recursos didáticos, incluindo aulas teóricas, exercícios, estudos de casos, filmes, dinâmicas e argüições.
Critério
Cobrar-se-á na disciplina um nível mínimo de aproveitamento pelo aluno compatível com o padrão de excelência acadêmica almejado pela FEA-RP e exigido pela USP, o qual é absolutamente irredutível. A avaliação do rendimento escolar do aluno na disciplina será feita sobre as atividades a seguir relacionadas, cada qual com um peso indicado, daí se formando a nota final do aluno, como uma média ponderada, numa escala de zero a dez, como aproximações por arredondamento até a primeira casa decimal: i) prova intermediária, com peso 2; ii) prova final, com peso 2,0; iii) exercícios e atividades em sala, com peso 1,0
Norma de Recuperação
Estará apto a efetuar a prova de reavaliação o aluno que tiver como média final na disciplina uma nota igual ou superior a três (3,0) e inferior a cinco (5,0), e tiver, no mínimo, 70% (setenta por cento) de freqüência às aulas. O cálculo de uma média aritmética simples será feito com a nota da prova de reavaliação e a média final obtida pelo aluno na disciplina. Se esta média resultar em uma nota igual ou superior a cinco (5,0), o aluno será aprovado.

 
Bibliografia
     
BLAU, Peter M.; SCOTT, W. R. Organizações Formais: uma abordagem comparativa. São Paulo: Atlas, 1979.
BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos; GRAU, Nuria Cunill (orgs). O Público Não-Estatal na Reforma do Estado. Rio de Janeiro: Editora FGV, 1999, p 15-48.
CAPRA, F. A teia da vida. São Paulo: Cultrix, 2000.
FERREIRA, A.A.; REIS, A.C.F.; PEREIRA, M.I. Gestão empresarial: de Taylor aos nossos dias. São Paulo: Pioneira, 2002.
GEORGE, Jr.; CLAUDE S. História do pensamento administrativo. São Paulo: Cultrix, 1974.
GIBSON; IVANCEVITCH; DONNELLY. Organizações: Comportamento, Estrutura, Processos. São Paulo: Atlas, 1991.
KUHN, T. A Estrutura das Revoluções Científicas. São Paulo: Perspectiva, 1996.
MORGAN, G. Imagens da Organização. São Paulo: Atlas, 2000.
TACHIZAWA, T. Organizações não governamentais e terceiro setor. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2004.
TAYLOR, F.W. Princípios de administração científica. 8. ed. São Paulo: Atlas, 1990.
Outras leituras indicadas durante o curso.
 

Clique para consultar os requisitos para RAD0111

Clique para consultar o oferecimento para RAD0111

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP