Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto
 
Administração
 
Disciplina: RAD1617 - Administração Pública
Public Administration

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
O objetivo da disciplina é contextualizar os alunos dentro da evolução da administração pública na sociedade contemporânea, capacitando profissionais e pesquisadores para assessorar na formulação e avaliação global dos impactos das políticas públicas. A disciplina também enfatiza a reflexão dentro de uma conjuntura de redefinição do papel do Estado, onde estão em pautas reformas administrativas, mudanças e desenvolvimentos organizacionais e novas formas de parceria entre os setores público e privado, visando à transformação das relações entre Estado e sociedade e à elevação da qualidade dos serviços públicos. Para tanto, são previstas viagens didáticas a órgãos públicos e empresas que tenham projetos com o setor público com o objetivo de gerar reflexões críticas sobre como se travam na prática as interações entre setor público e privado, bem como de que maneira se dá a formulação e efetivação de políticas públicas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
233723 - Claudia Souza Passador
773006 - João Luiz Passador
2019800 - Rogerio Ceravolo Calia
 
Programa Resumido
Discutir o processo histórico da administração pública no Brasil e as políticas públicas correntes na atualidade. Compreender o processo de inovação em gestão pública.
 
 
 
Programa
1. Fundamentos do Estado 2. Administração Pública no Brasil 3. O desmantelamento do Welfare State 4. O Estado Desenvolvimentista brasileiro 5. Reforma do Estado 6. Impacto da Economia Global 7. A crise do Paradigma do Trabalho 8. A crise dos modelos organizacionais 9. Novas Formas de Gestão 10. Os limites dos paradigmas: que Estado e que Mercado? 11. Políticas públicas para os novos tempos...
 
 
 
Avaliação
     
Método
a) leitura antecipada dos textos indicados para cada aula;
b) participação nos debates coordenados pela professora em sala de aula;
c) prova escrita.
Assim sendo, o curso será conduzido mediante entrega, ao aluno, no primeiro dia de aula, da programação didática e das atribuições dos alunos durante o semestre. Observe-se a importância da participação dos alunos através de leitura e a elaboração de trabalhos em sala de aula a fim de desenvolver a parte prática do curso.
Critério
Prova escrita sobre toda a matéria do curso.
Norma de Recuperação
Estará apto a efetuar a prova de reavaliação o aluno que tiver como média final na disciplina uma nota igual ou superior a três (3,0) e inferior a cinco (5,0), e tiver, no mínimo, 70% (setenta por cento) de freqüência às aulas. O cálculo de uma média aritmética simples será feito com a nota da prova de reavaliação e a média final obtida pelo aluno na disciplina. Se esta média resultar em nota igual ou superior a cinco (5,0), o aluno será aprovado.
 
Bibliografia
     
Livros texto: DENHARDT, Robert B. Teorias da administração pública. São Paulo: Cengage Learrning, 2012. DI GIOVANI, G.; NOGUEIRA, M. A (orgs.). Dicionário de Políticas Públicas, v. 1 e 2. São Paulo: FUNDAP, 2013. PETERS, B.G.; PIERRE, J. (orgs.). Administração Pública: coletânea. São Paulo: Editora UNESP, 2010. Leitura de apoio: BRESSER PEREIRA, L. C. & SPINK, P. (orgs.) Reforma do Estado e administração pública gerencial. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas, 1998. CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999. CAVALCANTI, Bianor Scelza; RUEDIGER, Marco Aurélio; SOBREIRA, Rogério (org.). Desenvolvimento e Construção Nacional: Políticas Públicas. Rio de Janeiro: FGV, 2005. MARTINS, Luciano. Estado capitalista e burocracia no Brasil Pós 64. São Paulo: Paz e Terra, 1985. MARTINS, Paulo Emílio Matos e PIERANTI, Otávio Penna (org.). Estado e Gestão Pública: visões do Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: FGV, 2006. LUSTOSA DA COSTA, Frederico; ZAMOT, Fuad. (organizadores). Brasil: 200 anos de Estado, 200 anos de administração pública. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010. SANTOS, C. SALDANHA DOS. Introdução à Gestão Pública. São Paulo: Saraiva, 2014. SECCHI, L. Políticas públicas: conceitos, esquemas de análise, casos práticos. São Paulo: Cengage Learning, 2010. OLIVEIRA, Lais Macedo; GALVÃO, Maria Cristina Costa Pinto; BRITO, Alberto...(et al.). Desenvolvimento Gerencial na Administração Pública do Estado de São Paulo. São Paulo: FUNDAP: Secretaria de Gestão Pública, 2009. EVANS, Peter, RUESCHEMEYER, Dietrich & SKOCPOL, Theda. Bringing the State Back. New York: Cambridge University Press, 1985. GUERREIRO RAMOS, A. A nova ignorância e o futuro da administração pública na América Latina. Revista da Administração Pública, v. 4, n. 2, p. 7-45, 1970. HARVEY, D. Condição pós-moderna. São Paulo: Edições Loyola, 1992. JACOBI, Pedro. Políticas sociais e ampliação da cidadania. Rio de Janeiro: FGV, 2000. KLIKSBERG, Bernardo. Gerência Social: Dilemas gerenciais e experiências inovadoras. In KLIKSBERG, Bernardo (org). Pobreza, uma questão Inadiável. Brasília: ENAP, 1994, p. 127-146. __________ & REIS, Fábio Wanderley. A democracia no Brasil: dilemas e perspectivas. São Paulo: Vértice, 1988. SANTOS, Milton. Por uma outra globalização. São Paulo: Record, 2000.
 

Clique para consultar os requisitos para RAD1617

Clique para consultar o oferecimento para RAD1617

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP