Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Disciplinas Interdepartamentais
 
Disciplina: RCG0510 - Estágio Integrado em Centros de Saúde e Medicina Comunitária
Supervised training in Integrated Health Care in Community Health Centers

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 10
Carga Horária Total: 360 h ( Estágio: 420 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
1. Vivenciar o papel dos profissionais que atuam na atenção primária à saúde (APS) e saúde da família em serviços do Sistema Único de Saúde. 2. Conhecer os problemas de saúde mais prevalentes, perfil da demanda, perfil social, demográfico e sanitário da população assistida; 3. Participar das ações de vigilância em saúde na comunidade; 4. Compreender e atuar em práticas relacionadas à concepção de atenção primária à saúde: integralidade, intersetorialidade, participação da família e da comunidade na promoção da saúde e prevenção de doenças; 5. Trabalhar de forma integrada e colaborativa com os demais componentes da equipe de saúde; 6. Conhecer a estrutura organizacional das unidades básicas do Sistema Único de Saúde e de conhecer os programas de saúde existentes; 7. Conhecer os projetos desenvolvidos por equipes multidisciplinares nas unidades de saúde;
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2917851 - Amaury Lelis Dal Fabbro
3454030 - Anderson Soares da Silva
4092690 - Eduardo Melani Rocha
300738 - Eduardo Tanaka Massuda
2360288 - Edwin Tamashiro
986720 - Fernando Bellissimo Rodrigues
2095845 - Nereida Kilza da Costa Lima
 
Programa Resumido
Atuar em unidade de saúde, na assistência integral contínua, com resolutibilidade e boa qualidade às necessidades de saúde da população. Detectar e intervir em fatores de risco aos quais a população está exposta. Promover a saúde as populações.
 
 
 
Programa
Metas assistenciais da Estratégia Saúde da Família do Ministério da Saúde e das medidas preventivas na prática do médico de família, e suas aplicações no plano de assistência de saúde do paciente e da família. Metodologia de diagnóstico de saúde da comunidade e sua aplicação na Estratégia Saúde da Família. Programas de promoção de saúde, prevenção de doenças, tratamento e controle de doenças nos serviços do Sistema único de Saúde. Temas de importância em saúde pública e sua prática na Estratégia Saúde da Família. Programa de vigilância epidemiológica e de imunização. Temas de atenção primária e suas aplicações na assistência aos pacientes da Estratégia Saúde da Família. Regionalização e níveis de atenção na assistência dos serviços básicos e especializados do SUS. Estágios no Centro de Saúde Escola da FMRP-USP (Ambulatório Integrado, Serviço de Radiologia, Sala de Vacina, Curativos e Sala de Coleta de Exames), Núcleos de Saúde da Família da FMRP-USP e Centro de Saúde Escola Vila Tibério. Reuniões diárias de discussão de casos clínicos e reuniões semanais para seminários e apresentação de trabalhos dos alunos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
a) Elaboração e apresentação individual de relatórios de trabalho clínico-epidemiológico realizado com as famílias cadastradas na Estratégia Saúde da Família.
b) Apresentação em grupo de trabalho realizado no seguimento de família cadastrada na Estratégia Saúde da Família.
c) Apresentação em grupo de diagnóstico de saúde da comunidade, realizado na área de abrangência da Unidade de Saúde da Família.
d) Avaliação das atividades práticas realizadas junto à equipe de saúde da família.
e) Desempenho nas atividades diárias e prova escrita.
Participação nas atividades propostas e apresentação de trabalho individual e em grupo e prova escrita.

É obrigatória a freqüência de 100% em todas as atividades práticas programadas.
Critério
Será aprovado o estudante que obtiver nota igual ou superior a 5,0 (cinco) e frequência de 100% em todas as atividades práticas, conforme o regulamento para o Internato do Curso de Medicina da FMRP-USP.
Norma de Recuperação
Poderá realizar recuperação, que incluirá a avaliação cognitiva e de habilidades práticas, o estudante que obtiver nota inferior a 5,0 (cinco) e superior a 3,0 (três) e com freqüência de 100% em todas as atividades práticas. Será aprovado o estudante que obtiver média igual ou superior a 5,0 (cinco), calculada pela média aritmética entre a nota regular da disciplina e a nota de recuperação.
 
Bibliografia
     
1. Duncan BB, Schmidt MI, Giugliani ERJ. Medicina Ambulatorial. Condutas clínicas em assistência primária. Porto Alegre, Artes Médicas, 2004, 3ª edição, 887 p.
2. Gauderer C. Direitos do paciente. O Mundo da Saúde; 19 (10): 147-9, 1995.
3. Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Programa de Imunização. 1999.
4. Ministério da Saúde. Guia de Vigilância Epidemiológica, 2009.
5. Brasil, Ministério da Saúde. Manual do Programa de Saúde da Família. Ministério da Saúde Brasília, DF, 2000.
6. Consensos sobre Hipertensão Arterial, Diabetes Mellitus, Dislipidemias e Obesidade, das respectivas sociedades cientificas.
7. McWhiney. I R; Freeman, T – Manual de Medicina de Família e Comunidade. 3ª ed., Porto Alegre: Artmed, 2010, 472 p.
8. Stewart, M et al – Medicina centrada na pessoa. Transformando o método clínico. 2ª ed., Porto Alegre: Artmed, 2010, 376 p.
9. Rakel, R E – Tratado de Medicina de Família. 5ª ed., Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 1997, 1571 p.
 

Clique para consultar os requisitos para RCG0510

Clique para consultar o oferecimento para RCG0510

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2018 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP