Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Disciplinas Interdepartamentais
 
Disciplina: RCG0516 - Medicina Forense
Forensic Medicine

Créditos Aula: 1
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
Fornecer bases teóricas e práticas sólidas para que o (a) aluno(a) adquira, através do estudo da Medicina Forense, conhecimentos específicos necessários ao profissional generalista, com fundamentação adequada em bases legais de forma a capacitá-lo(a) para o entendimento dos trabalhos periciais fundamentais desta área do conhecimento médico, assim como adequar-se às estruturas normativas legais e ético-profissionais exigidas para o exercício da profissão.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1229615 - Marco Aurelio Guimarães
 
Programa Resumido
1. Introdução à Medicina Forense e noções básicas de Direito para Medicina / O modelo brasileiro: IML e SVO / Mortes de causa natural, externas e suspeitas – Causas jurídicas de morte. Encaminhamento de cadáveres e Responsabilidade pela emissão da Declaração de Óbito (DO). 2. Tanatologia Forense: aspectos da perícia médico-legal na morte. Morte Encefálica. 3.Traumatologia I: Lesões por energias mecânicas. Instrumentos perfurantes, cortantes, contundentes, pérfuro-cortantes, corto-contundentes e perfuro-contundentes. 4. Armas de fogo: Tipos, estrutura, funcionamento, noções sobre projéteis e balística. 5. Traumatologia II: energias químicas e físicas. Ações externas e internas dos diferentes agentes químicos. Ações físicas: eletricidade natural e artificial, temperatura e outros agentes. 6. Traumatologia III: asfixias mecânicas. Classificação e especificidades das diferentes modalidades de asfixias. 7. Crimes sexuais, aborto e infanticídio. 8. Classificação das lesões corporais: Artigo 129 do CPB. Lesões leves, graves, gravíssimas e seguidas de morte. 9. Fundamentos de identificação humana: diferença entre métodos de reconhecimento e identificação. Metodologias de identificação no vivo e no cadáver. Métodos primários (impressões digitais, odontologia e DNA) e secundários (Reconstrução facial, Antropologia e outros) de identificação.
 
 
 
Programa
1. Introdução à Medicina Forense e noções básicas de Direito para Medicina / O modelo brasileiro: IML e SVO / Mortes de causa natural, externas e suspeitas – Causas jurídicas de morte. Encaminhamento de cadáveres e Responsabilidade pela emissão da Declaração de Óbito (DO). 2. Tanatologia Forense: aspectos da perícia médico-legal na morte. Morte Encefálica. 3.Traumatologia I: Lesões por energias mecânicas. Instrumentos perfurantes, cortantes, contundentes, pérfuro-cortantes, corto-contundentes e perfuro-contundentes. 4. Armas de fogo: Tipos, estrutura, funcionamento, noções sobre projéteis e balística. 5. Traumatologia II: energias químicas e físicas. Ações externas e internas dos diferentes agentes químicos. Ações físicas: eletricidade natural e artificial, temperatura e outros agentes. 6. Traumatologia III: asfixias mecânicas. Classificação e especificidades das diferentes modalidades de asfixias. 7. Crimes sexuais, aborto e infanticídio. 8. Classificação das lesões corporais: Artigo 129 do CPB. Lesões leves, graves, gravíssimas e seguidas de morte. 9. Fundamentos de identificação humana: diferença entre métodos de reconhecimento e identificação. Metodologias de identificação no vivo e no cadáver. Métodos primários (impressões digitais, odontologia e DNA) e secundários (Reconstrução facial, Antropologia e outros) de identificação.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Avaliação Teórica diária do conteúdo abordado em cada aula (Total de 9 avaliações relacionadas a cada tema). Entrega de questionário disponibilizado para cada aula.
Critério
Media nos questionários diários (questionários diários num total de 9) ≥7,0 Cálculo da média = (q1+q2 +q3...+q9)/9) Atingindo media ≥7,0 nos questionários diários, o estudante fica dispensado de realizar a avaliação final, teórico-prática constituída por testes de múltipla escolha e análise de casos por imagens, a ser realizada último dia da disciplina. Esta avaliação irá abranger todo o conteúdo da disciplina. Havendo a necessidade de realizar avaliação final, o estudante deverá obter nota ≥5,0 para aprovação. Observação: Ausência na aula implica em nota zero (0,0) na avaliação do dia. As faltas deverão ser devidamente justificadas ao docente responsável para, a critério do mesmo, optar-se ou não por atividade substitutiva.
Norma de Recuperação
Nota ≤5,0 e ≤3,0 na avaliação final e frequência ≥70% nas aulas (De acordo com o Regimento Geral da USP, a frequência é obrigatória em pelo menos 70% da disciplina. Frequências menores que a prevista implicam em reprovação sem direito a exame de recuperação).
 
Bibliografia
     
Fundamental • FRANÇA G.V. Medicina Legal (10ª edição). Editora Guanabara-Koogan, 20015. • VELHO, J.A.; GEISER, G.C.; ESPÍNDULA; A. – Ciências Forenses – Uma introduçõ às principais áreas da criminalística moderna. Mellennium Editora. 2ª Edição – 2013. • HJAMES S.H. & NORDBY J.J. Forensic science: an introduction to scientific and investigative techniques. CRC Press, 2011. • ERCULES H.C. Medicina Legal. Editora Atheneu, 2005. • GOMES, H. Medicina Legal (33ª Edição). Freitas Bastos Editora, 2003. • CÓDIGO PENAL BRASILEIRO e CÓDIGO DE PROCESSO PENAL BRASILEIRO. • CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO e CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL BRASILEIRO. • Legislações e outros códigos normativos que surgirem no transcorrer da disciplina. Complementar • Bass W.M. Human Osteology: a laboratory and field manual (4th Edition), Missouri Archaeological Society, 1995. • Burns K.R. Forensic anthropology training manual. Prentice Hall, 1999. • DiMaio D.J. & DiMaio V.J.M. Forensic Pathology. CRC Press, 1993. • Fairgrieve S.I & Oost T.S. Human skeletal anatomy: laboratory manual and workbook. Charles C Thomas Pub Ltd, 2001. • Haglund W.D. & Sorg M.H. Advances in forensic taphonomy: method, theory, and archaeological perspectives. CRC Press, 2002. • Haglund W.D. & Sorg M.H. Forensic taphonomy: the postmortem fate of human remains. CRC Press, 1997. • Knight M. Simpson’s forensic medicine. 11th edition, Arnold, 1997. • Ortner D.J. Identification of pathological conditions in human skeletal remains. 2nd Edition. Academic Press, 2003. • Reichs K.J. Forensic osteology: advances in the identification of human remains. Charles C Thomas Publisher, 1998. • White T.D. & Folkens P.A. Human osteology. 2nd Edition, Academic Press, 2000. • Levine B. Principles of forensic toxicology. AACC Press, 1999. • Cravey R.H. & Baselt R.C. Introduction to forensic toxicology. Biomedical Publications, 1981. • Butler, J.M. Forensic DNA Typing. 2nd Edition, Elsevier Academic Press, 2005. • Rudin, N. & Inman, K. Forensic DNA Analysis. 2nd Edition, CRC Press, 2002.
 

Clique para consultar os requisitos para RCG0516

Clique para consultar o oferecimento para RCG0516

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2018 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP