Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Disciplinas Interdepartamentais
 
Disciplina: RCG2029 - Cinesiologia e Biomecânica Aplicada à Terapia Ocupacional II
Biomechanics and Kinesiology applied to Occupational Therapy I

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2017 Desativação:

Objetivos
Capacitar o aluno através do estudo de princípios cinesiológicos e biomecânicos, anatomia musculoesquelética e fisiologia neuromuscular a entender e avaliar o movimento humano nos seguintes segmentos corporais: membros superiores e complexo estomatognático. Aprofundar a reflexão crítica da influência do movimento no desempenho ocupacional e sua implicação para a terapia ocupacional.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5746391 - Amanda Polin Pereira
 
Programa Resumido
- Análise cinesiológica dos complexos articulares do membro superior e do sistema estomatognático - Aplicação dos princípios de cinesiologia e de biomecânica na prática da Terapia Ocupacional
 
 
 
Programa
- Articulação temporomandibular. Superfícies articulares, movimentos nos compartimentos articulares superior e inferior, estabilidade, função muscular e amplitudes de movimentos. - Complexo articular do ombro e cintura escapular. Articulações fisiológicas e verdadeiras, movimentos do complexo, artrocinemática, estabilidade estática e dinâmica, ritmo escapuloumeral, estrutura e função do manguito rotador . - Cotovelo: Superfícies articulares e artrocinemática, estrutura óssea, cápsula, ligamentos e a membrana interóssea na estabilidade estática, ângulo de carregamento ou transporte, os motores e estabilizadores da flexo-extensão e da prono-supinação, amplitudes de movimento funcionais, músculos flexores e extensores. - Punho e mão: Superfícies articulares e artrocinemática da radiocárpica distal, das articulações mediocárpica, metacarpofalangeanas e interfalangeanas, amplitudes de movimento normal e suporte ligamentar, arcos da mão, posição de repouso do punho e dos dedos, polias flexoras e mecanismo extensor, relações biomecânicas entre a extensão do punho e a eficiência flexora dos dedos para funções de apreensão, oponência do polegar, ação dos músculos lumbricais e interósseos. - Aplicações da cinesiologia e biomecânica na área de Terapia Ocupacional
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas e aulas práticas, discussão de textos e exercícios em classe, participação nas práticas e prova teórica e prática. O estudante é considerado aprovado na disciplina quando atinge média final igual ou maior a 5 e frequência igual ou maior a 70% do total de aulas ministradas. Média para aprovação na disciplina. Média das provas teóricas (avaliação cognitiva) = 60% da nota e Média da prova prática (avaliação procedimental/atitudinal) = 40% da nota da disciplina.
Critério
- Avaliação (prova) escrita (aspectos cognitivos) e prova prática (aspectos atitudinais e procedimentais); - Entrega de relatórios de aula prática (aspectos atitudinais e procedimentais).
Norma de Recuperação
Média de pelo menos 3 considerando todas as avaliações da disciplina e frequência de pelo menos 70%.
 
Bibliografia
     
HAMILL, J. & KNUTZEN, K. M. Bases biomecânicas do movimento humano. São Paulo: Manole, 1999. HOPPENFELD, S. Propedêutica ortopédica – coluna e extremidades. São Paulo: Atheneu, 1995. KAPANDJI, I. A fisiologia articular. Rio de Janeiro: Panamericana, 2007. KENDALL FP; MCCREARY EK; PROVANCE PG. Músculos Provas e Funções. Com Postura e Dor 5ªedição, São Paulo: Manole, 2007. KENDALL, F. Músculos: provas e funções. 4a ed. São Paulo: Manole, 1995. KISNER,C. & COLBY, L.A. Exercícios terapêuticos – fundamentos e técnicas. 2a ed. São Paulo: Manole, 1992. MARQUES, A.P. Manual de goniometria. São Paulo: Manole, 1997. NEUMANN D.A. Cinesiologia do Aparelho Musculoesquelético. 2a Ed. Guanabara Koogan, RJ,2006. NORKIN, C.C; LEVANGIE, P.K. Articulações estrutura e função: uma abordagem prática e abrangente. 2ª. Ed. Ed. Revinter, SP, 2001. PEDRETTI, LW; EARLY,MB. Terapia Ocupacional – Capacidades práticas para as disfunções físicas. 5ª ed., SP, Ed. Roca, 2005. RASCH, P. Cinesiologia e anatomia aplicada. Rio de Janeiro: Guanabara, 1992. SMITH, L. Cinesiologia clínica de Brunnstrom. 5ª. Ed. São Paulo: Manole, 1997. TROMBLY, C. Terapia ocupacional para disfunção física. São Paulo: Santos, 1989.
 

Clique para consultar os requisitos para RCG2029

Clique para consultar o oferecimento para RCG2029

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP