Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Disciplinas Interdepartamentais
 
Disciplina: RCG3025 - Ocupação Humana e Tendências Contemporâneas em Terapia Ocupacional
Human Occupation and Occupational Therapy Contemporary Trends

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2017 Desativação:

Objetivos
Analisar as mais relevantes concepções teórico-metodológicas (modelos e métodos) contemporâneas em Terapia Ocupacional.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
64516 - Marysia Mara Rodrigues do Prado de Carlo
 
Programa Resumido
Diferentes concepções teórico-metodológicas contemporâneas em Terapia Ocupacional.
 
 
 
Programa
- Introdução aos Paradigmas, Quadros de referências e proposições brasileiras de Terapia Ocupacional - Modelo Canadense de Desempenho Ocupacional - Modelo de Ocupação Humana - Ciência Ocupacional e Domínios e Processo de Terapia Ocupacional (AOTA)
 
 
 
Avaliação
     
Método
Duas avaliações: 1 seminário grupal com entrega de trabalho escrito e 1 prova escrita individual presencial.
Critério
- Complexidade das reflexões desenvolvidas e das respostas apresentadas (através dos seminários, trabalhos escritos, provas e discussões grupais). - Assiduidade e efetiva participação nas atividades propostas, sejam estas aulas expositivas ou dinâmicas grupais.
Norma de Recuperação
É necessário ter, no mínimo, média final 5,0.e a frequência mínima é 70%. Se isto não for alcançado, o aluno deverá fazer prova de recuperação antes do início do próximo semestre letivo.
 
Bibliografia
     
ARAUJO, LS, JORDÁN, NF, MONCLUS, PG, RODRIGUEZ, O. Ciencia de la Ocupación y Terapia Ocupacional: Sus relaciones y aplicaciones a la práctica clinica.p.1-12 (mimeo) CAVALCANTI, A. et al Estrutura da prática da Terapia Ocupacional: domínio & processo, 3ª ed. Rev Ter Ocup Univ São Paulo; jan.-abr. 2015;26(ed. esp.):1-49. CAVALCANTI, A., GALVÃO, C. Terapia Ocupacional – Fundamentação & Prática, 1ªed, RJ, Guanabara Koogan, 2007, 531p. DE CARLO, MMRP e BARTALOTTI, CC. (org) Terapia Ocupacional no Brasil – Fundamentos e Perspectivas. 3ªed, Plexus, 2008, 181p. FRANCISCO, B. R. Terapia Ocupacional, Campinas, Papirus, 1988, 104p. KIELHOFNER, G.e BURKE, J. “A T.O. após 60 anos: um relatório sobre a mudança de identidade e do corpo de conhecimentos”. American Journal of Occupational Therapy, nov/dez. 1977, vol.31, nº10, p.675-689, apostilado. ------------------------------------------ “Modelo de ocupação humana: parte I”. In: Revista de Terapia Ocupacional da USP, vol.1, nº1, agosto/90, p.55-67. -------------------------------------------- “Modelo de ocupação humana: parte IV”. In: Revista de Terapia Ocupacional da USP, vol.2, nº 2/3, jun/set.91, p.127-144. MÂNGIA, E.F. “Apontamentos sobre o campo da terapia ocupacional”, In: Revista de Terapia Ocupacional da USP, vol.9, nº1, jan-abr/98, p.5-13. ------------------ “Contribuições da Abordagem Canadense ‘Prática Centrada no Cliente’ e dos autores da Desinstitucionalização Italiana para a Terapia Ocupacional em Saúde Mental”. Revista de Terapia Ocupacional da USP, v.13, n.3, p.127-134, 2002. MEDEIROS. M.H.R. Terapia Ocupacional – Um enfoque epistemológico e social, 1ªed, Hucitec e EdUFSCar, 2003, 185p. NEISTADT, E; CREPEAU, E. B. Terapia Ocupacional de Willard & Spackman. 9a. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002. POLLARD, N., SAKELLARIOU, D. LAWSON-POTTER, A. Will Occupational Science facilitate ou divide the practice of Occupational Therapy? International Journal of Therapy and Rehabilitation, January, 2010, v.17, no. 1, p.40-47 SUMSION, T. Prática baseada no cliente na Terapia Ocupacional: guia para implementação. SP, Ed. Roca, 2003, 208p.
 

Clique para consultar os requisitos para RCG3025

Clique para consultar o oferecimento para RCG3025

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP