Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Disciplinas Interdepartamentais
 
Disciplina: RCG3043 - Práticas Supervisionadas da Criança e do Adolescente II
Children and Adolescents - Supervised Practice II

Créditos Aula: 1
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 15 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2019 Desativação:

Objetivos
Possibilitar o desenvolvimento inicial do raciocínio clínico, necessário à prática profissional do terapeuta ocupacional através da inserção de estudantes de graduação em práticas clínicas através do atendimento supervisionado de crianças e adolescentes que possuam risco ou alterações nas habilidades de desempenho de processo e/ou de interação social e que causam impacto nas ocupações significativas para os sujeitos portadores de deficiências sensoriais e alterações no contexto de saúde mental. Capacitar o estudante a identificar quais os fatores do cliente (estruturas e funções corporais) as habilidades de desempenho e as ocupações que estão alteradas, assim como quais os contextos e ambientes que esta criança/adolescente está inserida e que favorecem ou dificultam seu desempenho. Capacitar o estudante a aplicar protocolos de avaliação adequados para a prática junto a crianças e adolescentes atendidos na clínica da terapia ocupacional. Capacitar o estudante a interpretar os resultados encontrados após aplicação dos protocolos de avaliação para definição dos objetivos terapêuticos ocupacionais. Capacitar o estudante a desenvolver o raciocínio clínico durante o acompanhamento do caso clínico definindo os objetivos terapêuticos ocupacionais, os recursos a serem utilizados e as estratégias mais adequadas para alcançar os objetivos a partir dos fatores do cliente, das habilidades de desempenho e dos contextos e ambientes em que o mesmo está inserido.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
7110771 - Camila Maria Severi Martins Monteverde
3223241 - Regina Yoneko Dakuzaku Carretta
 
Programa Resumido
A prática na clínica terapêutica ocupacional junto à criança e adolescente com alterações nas habilidades de desempenho de processo e/ou de interação social e que causam impacto nas ocupações significativas para os sujeitos atendidos portadores de deficiências sensoriais e em contextos de saúde mental.
 
 
 
Programa
Contato com a criança atendida em contextos de saúde mental e portadores de deficiências sensoriais Identificação dos fatores do cliente e dos contextos social e pessoal Identificação das ocupações e habilidades de desempenho alteradas Aplicação de protocolos de avaliação utilizados na clínica de Terapia Ocupacional pediátrica com enfoque em habilidades de desempenho de processo e de interação social Avaliação, definição de estratégias e recursos Intervenção – objetivos – estratégias e recursos nestes contextos
 
 
 
Avaliação
     
Método
Avaliação processual e formativa e atitudinais
Critério
Realização de atividades individuais ou grupais propostas em cada aula; Participação nos debates sobre os temas apresentados nas supervisões Avaliação da pontualidade e assiduidade, bem como conteúdos dos relatórios.
Norma de Recuperação
Não oferece recuperação.
 
Bibliografia
     
BRASIL, Ministério da Saúde. Secretária de atenção à saúde. Departamento de ações programáticas estratégicas. A pessoa com deficiência e o sistema único de saúde – Brasília, Editora do Ministério da Saúde, 2006. Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde / (Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde para a Família das Classificações Internacionais, org.; coordenação da tradução Cássia Maria Buchalla). – São Paulo: EDUSP, 2003. BRUNO, M. M. G. O Desenvolvimento Integral do Portador de Deficiência Visual intervenção precoce à integração escolar - São Paulo: Editora LARAMARA, 1999. CAVALCANTI, A.; GALVÃO, C. Terapia ocupacional: fundamentação e prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007. IYER, M. B, PEDRETTI, L. W. Avaliação sensorial e tratamento de disfunções sensoriais In: PEDRETTI, L. W. & EARLY, M. B. Terapia Ocupacional capacidades práticas para disfunções físicas. SP: Roca, 2004. MONTILHA, R. C. I, NOBRE, M. I. R. S., GAGLIARDO, H. G.R. G. Atuação terapêutico ocupacional junto a pacientes com transtornos da visão. In DE CARLO, M. M. T. P. & LUZO, M. C. (orgs) Terapia Ocupacional: Reabilitação Física e Contextos hospitalares.SP: Roca, 2004. MUNGUBA, MC. Abordagem da Terapia Ocupacional na disfunção auditiva. In: CAVALCANTI, A.; GALVÃO, C. (Org) Terapia ocupacional: fundamentação e prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007. p. 385-398. REY, B.; FERREIRA, CL. Terapia Ocupacional e fonoaudiologia: uma visão interdisciplinar na múltipla deficiência. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, 2000. V.8, n.2, p 94-102. RIBEIRO, LB. Disfunção Visual. In: CAVALCANTI, A.; GALVÃO, C.(Org) Terapia ocupacional: fundamentação e prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007. p. 399-413.
 

Clique para consultar os requisitos para RCG3043

Clique para consultar o oferecimento para RCG3043

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP