Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Disciplinas Interdepartamentais
 
Disciplina: RCG4023 - Terapia Ocupacional no Campo Social
Occupational Therapy in Social Field

Créditos Aula: 1
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 15 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2021 Desativação:

Objetivos
Objetivo cognitivo: O aluno ser capaz de compreender epistemologicamente o que é Terapia Ocupacional no campo social, compreender historicamente a formação da Terapia Ocupacional social, objetivos e metodologias de intervenção nesse campo, atuação no campo da assistência social, atuação com populações em vulnerabilidade social, políticas sociais e públicas no campo da proteção social, intersetorialidade e interprofissionalidade. Objetivo de aprendizagem procedimental: elaborar, planejar e saber implementar projeto de intervenção social. Objetivo de aprendizagem atitudinal: apresentar postura ética, crítica e política, assim como trabalhar em interprofissionalidade e intersetorialidade.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5068523 - Regina Celia Fiorati
 
Programa Resumido
Levar o aluno a conhecer e refletir de forma crítica sobre: - O Terapeuta Ocupacional no campo social - Grupos sociais em processo de rupturas de redes de suporte e em vulnerabilidade social; - A cidadania como um eixo articulador da ação do Terapeuta Ocupacional; - Diversidade sociocultural e intervenção em Terapia Ocupacional Social.
 
 
 
Programa
Levar o aluno a conhecer e refletir de forma crítica sobre: - O Terapeuta Ocupacional no campo social - Grupos sociais em processo de rupturas de redes de suporte e em vulnerabilidade social; - A cidadania como um eixo articulador da ação do Terapeuta Ocupacional; - Diversidade sociocultural e intervenção em Terapia Ocupacional Social. Compreender sobre os temas: as Políticas Sociais no Brasil, Programas da Assistência Social (de Atenção a Pessoas com Deficiência, do Morador de Rua, SUAS, entre outros) e o papel do terapeuta ocupacional; diversidade sociocultural; Aspectos sócio-históricos e culturais de populações em vulnerabilidade (quanto à moradia, à deficiência, à saúde, à educação, ao trabalho, entre outros); grupos sociais em processo de rupturas de redes de suporte; as redes sociais de suporte e a a ação do terapeuta ocupacional no campo social, interprofissionalidade e intersetorialidade.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Cognitivo, procedimental e atitudinal
Critério
Seminários, participação colaborativa, portfólios.
Norma de Recuperação
Obtenção de nota entre 3,0 e 4,9 com frequência mínima de 70%. Prova de recuperação: - Avaliação: prova escrita ou trabalho escrito sobre temática da disciplina. - Realização: antes do início do semestre posterior ao da realização da disciplina.
 
Bibliografia
     
BARROS, D. D. ; GHIRARDI, M. I. G., LOPES, R. E. Terapia ocupacional e sociedade. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v,10, n.2/3, p.69-74, mai./dez., 1999. BARROS, D.D., GHIRARDI, M. I. G., LOPES, R. E. Terapia Ocupacional social. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, v. 13, n.3, p.95-103. CADERNOS DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UFSCAR disponível em http://www.cadernosdeterapiaocupacional.ufscar.br/index.php/cadernos CAVALCANTI, A.; Galvão, P. Terapia Ocupacional: Fundamentação e Prática. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan, 2007 CASTEL, R. "Da indigência à exclusão, a desfiliação. Precariedade do trabalho e vulnerabilidade relacional". In: LANCETTI, A. (Org.) SaúdeLoucura, n.4. São Paulo: Hucitec, 1994. p. 21-48. CASTEL, R. A nova questão social: In: As metamorfoses da questão social – uma crônica do salário. Petrópolis: Editora Vozes, 1999. p.495-591 FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido, 25 ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987. FREIRE, P. Educação como Prática da Liberdade, 10ª ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1980. GALHEIGO, S. M. A transdiciplinariedade enquanto princípio e realidade das ações de saúde. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v.10, n.2/3, p.49-54, mai./dez., 1999. GALHEIGO, S. M. O Social - Idas e vindas de um campo de ação em Terapia Ocupacional, In - PADUA, E. M. M. de e MAGALHAES, L. V. (2003) Terapia Ocupacional - Teoria e pratica. Campinas, São Paulo - Papirus Editora, 2003. LOPES, R.E. Cidadania, Políticas Públicas e Terapia Ocupacional – Estudo da incorporação da terapia ocupacional no contexto das ações de saúde mental e saúde da pessoa portadora de deficiência no Município de São Paulo. Texto para exame de qualificação de Doutorado. UNICAMP, 1998. p. 101-118 LOPES, R.E.; LEÃO, A. Terapeutas ocupacionais e os centros de convivência e cooperativas: novas ações de saúde. In. Revista de Terapia Ocupacional da USP, v.13, n.2, 2002. p. 56-63 LOPES, R.E.; MALFITANO, A.P.S. Ação social e intersetorialidade: relato de uma experiência na interface entre saúde, educação e cultura. Interface. Comunicação, Saúde e Educação, v. 10, p. 505-515, 2006. MALFITANO, A. P. S. . Campos e núcleos de intervenção na terapia ocupacional social. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, São Paulo - SP, v. 16, n. 1, p. 01-08, 2005. MANGIA, E. F.; MURAMOTO, M. T. O estudo de redes sociais: apontamentos e contribuições para o campo da saúde. Ver. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v.16, n.1, p.22-30, jan./abr., 2005. MINAYO, M. C. S. Interdisciplinaridade: funcionalidade ou utopia? In: Saúde e Sociedade 3(2):42-64, 1994. REVISTA DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO disponível em http://www.revistas.usp.br/rto SCOREL, S. Exclusão Social: em busca de uma categoria. In: Vidas ao léu: trajetórias de exclusão social. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz, 1999. SPINK, M. J. P. Saúde: um campo transdiciplinar? Rev. Ter. Ocup. USP, 3(1/2):17-23 jan./dez., 1992. YERXA, E. J. Experiência social e psicológica de ser portador de deficiência: implicações para os terapeutas ocupacionais. In: PEDRETTI, LW; EARLY,MB. Occupational therapy- practice skills for physical dysfunction. 6th ed. St. Louis, Mosby, Inc. 2008. LOPES, R.E., MALFITANO, A.P., Terapia Ocupacional Social: desenhos teóricos e contornos práticos, Editora EDUFSCAR.
 

Clique para consultar os requisitos para RCG4023

Clique para consultar o oferecimento para RCG4023

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP