Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Disciplinas Interdepartamentais
 
Disciplina: RCG4025 - Terapia Ocupacional em Atenção Básica
Occupational Therapy in Primary Care

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2017 Desativação:

Objetivos
Levar o aluno a refletir sobre o papel da Terapia Ocupacional nos serviços de atenção primária à saúde; Possibilitar que o aluno conheça a população atendida neste nível de atenção à saúde; Possibilitar reflexão, discussão e análise das demandas e necessidades da comunidade; Possibilitar aproximação e intervenção nos programas de atenção à saúde da comunidade e estratégia da saúde da família. Propiciar ao aluno o uso de instrumentos utilizados neste nível de atenção à saúde como territorialização, matriciamento, projeto terapêutico singular, visitas domiciliares. Genograma e Ecomapa. Oportunizar ao estudante o conhecimento sobre as políticas públicas de saúde mental e saúde da comunidade, bem como conhecer sua aplicação prática no território.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
7110771 - Camila Maria Severi Martins Monteverde
3223241 - Regina Yoneko Dakuzaku Carretta
 
Programa Resumido
Terapia Ocupacional e Atenção Básica Instrumentos de Intervenção na Atenção Básica Saúde Mental e Atenção Básica
 
 
 
Programa
Levar o aluno a refletir sobre o papel da Terapia Ocupacional nos Serviços de atenção primária à saúde; Possibilitar que o aluno conheça a população atendida neste nível de atenção à saúde; Possibilitar reflexão, discussão e análise das demandas e necessidades da comunidade; Possibilitar aproximação e intervenção nos programas de atenção à saúde da comunidade, e estratégia da saúde da família. Propiciar ao aluno o uso de instrumentos utilizados neste nível de atenção à saúde como territorialização, matriciamento, projeto terapêutico singular, visitas domiciliares. Genograma e Ecomapa. Oportunizar ao estudante o conhecimento sobre as políticas públicas de saúde mental e saúde da comunidade, bem como conhecer sua aplicação prática no território.
 
 
 
Avaliação
     
Método
. Avaliação processual e formativa, considerando aspectos cognitivos, procedimentais e atitudinais. . Apresentação de seminários (avaliação parcial) e prova escrita (avaliação final)
Critério
Aspectos Cognitivos: apreensão dos conceitos referente à Terapia Ocupacional e Atenção Basica e as possibilidades de intervenção do terapeuta ocupacional. . Critérios utilizados: organização; análise-síntese; clareza de conceitos e argumentação lógica, correção na linguagem, integração teórico-prática. Aspectos procedimentais: identificação de sujeitos atendidos em Atenção Básica e dos aspectos relacionados da vida ocupacional no território e na clínica ampliada. Aspectos atitudinais: assiduidade, pontualidade, cumprimento de prazos e tarefas, responsabilidade, cooperação, comunicação, iniciativa, respeito aos colegas, professores e terapeutas ocupacionais com os quais mantiver contato; participação efetiva nas aulas e demais atividades propostas.
Norma de Recuperação
É necessário ter, no mínimo, média final 5,0. Se isto não for alcançado, o aluno deverá fazer atividade de recuperação antes do início do próximo semestre letivo. A frequência mínima é 70% (o que será considerado na avaliação final). Observação: não existe recuperação para reprovação em aspectos atitudinais.
 
Bibliografia
     
- AGUIAR, R.A.T.; OLIVEIRA, V.B. As Reformas na Área da Saúde: a Emergência do Sistema Único de Saúde e as Propostas de Mudanças do Modelo Assistencial. In: Alves, C.R.L.; Viana, M.R.A. Saúde da Família: cuidando de crianças e adolescentes. Belo Horizonte: COOPMED, 2003. p.1-6

- Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar.

- MARQUES, R.M. et al. Previdência Social Brasileira - um balanço da reforma. São Paulo em Perspectiva, 17(1): 111-121,2003.

- PEREIRA, I.M.T.B. et al. Promoção da Saúde e educação em saúde: uma parceria saudável. In: O mundo da saúde - São Paulo, ano 24, v. 24, n.1, jan/fev., 2000.

- SILVA, P.L.B. Serviços de Saúde - o dilema do SUS na nova década. São Paulo em Perspectiva, 17(1): 69-85, 2003.

- AGUIAR, R.A.T.; OLIVEIRA, V;B; As Reformas na Área da Saúde: a Emergência do Sistema Único de Saúde e as Propostas de Mudanças do Modelo Assistencial. In: Alves, C.R.L.; Viana, M.R.A. Saúde da Família: cuidando de crianças e adolescentes. Belo Horizonte: COOPEMED, 2003.

- MARQUES, R.M. et al. Previdência Social Brasileira - um balanço da reforma. São Paulo em Perspectiva, 17(1): 111-121, 2003.

- MELLO Fo., J.; BURD, M. Doença e Família. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002.

- PEREIRA, I.M.T.B. et al. Promoção da saúde e educação em saúde: uma parceria saudável. In: O mundo da saúde - São Paulo, ano 24, v.24, n.1, jan/fev, 2000

- Revista Radis (Fundação Oswaldo Cruz)

- Revista de Terapia Ocupacional da USP

- SILVA, P.L.B. Serviços de Saúde - o dilema do SUS na nova década. São Paulo em Perspectiva, 17(1): 69-85, 2003.
 

Clique para consultar os requisitos para RCG4025

Clique para consultar o oferecimento para RCG4025

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP