Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto
 
Economia
 
Disciplina: REC2413 - Economia Brasileira Contemporânea
Brazilian Contemporary Economy

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2016 Desativação:

Objetivos
Analisar o desenvolvimento econômico brasileiro desde a crise dos anos 60 até as questões mais atuais da retomada do crescimento no início do século XXI. Nesse período, observamos o auge e o declínio da industrialização por meio da substituição de importações. Discutimos também os problemas vivenciados pela economia brasileira nas décadas de 1980 e 1990, particularmente a restrição externa e a inflação. Por fim, analisamos o Plano Real e alguns tópicos das questões relacionadas ao crescimento recente do país.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
64026 - Amaury Patrick Gremaud
1828033 - Renato Leite Marcondes
84770 - Rudinei Toneto Junior
 
Programa Resumido
Estudo da economia brasileira concentrando-se dos anos 1970 até economia nos últimos dois governos do Brasil.
 
 
 
Programa
1. Choques externos e o crescimento com endividamento: II PND
2. II choque do petróleo, choque de juros e a crise da dívida externa
3. Inflação inercial e aceleração inflacionária
3. Política econômica na Nova República: planos de estabilização
4. Anos 1990: abertura, privatização e renegociação da dívida externa
5. Itamar: a falta de rumo em um governo de transição
6. Plano Real: estabilização e reformas
7. Crise e mudança cambial, fiscal e do combate à inflação
8. Retomada do crescimento com distribuição de renda no século XXI
9. Tópicos especiais.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A critério do professor
Critério
A critério do professor. Aprovação com nota igual ou superior a 5,0 e mínimo de 70% de freqüência.
Norma de Recuperação
A nota final para alunos que fizerem a reavaliação será a média simples entre a nota da prova de reavaliação e a média final alcançada antes da prova de reavaliação.
 
Bibliografia
     
14. Bibliografia básica:
ABREU, M. de P. A ordem do progresso: cem anos de política econômica republicana. Rio de Janeiro: Campus, 1989.
ARIDA, P.; RESENDE, A. L. Inflação inercial e reforma monetária. In: Inflação Zero: Brasil, Argentina, Israel. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.
ARIDA, P. O déficit público: um modelo simples. Revista de Economia Política. 5 (4), out-dez/1985.
BACHA, E. L. Choques externos e perspectivas de crescimento: o caso do Brasil - 1973/89. Pesquisa e Planejamento Econômico. dez/1984.
BAER, M. O rumo perdido: a crise fiscal e financeira do estado brasileiro. São Paulo: Paz e Terra, 1993.
BAER, W. A economia brasileira. São Paulo: Nobel, 2003.
BELLUZZO, L. G. de M.; COUTINHO, R. (Orgs.) Desenvolvimento capitalista no Brasil. V. I e II. São Paulo: Brasiliense, 1982.
BNDES. A economia Brasileira nos anos 90. Rio de Janeiro: BNDES, 1999.
BONELLI, R.; MALAN, P. Os limites do possível: notas sobre balanço de pagamentos e indústria nos anos 70. Pesquisa e Planejamento Econômico. v. 6 n. 2, ago., 1976, p. 353-406.
BRASIL. II Plano Nacional de Desenvolvimento 1975-1979. Serviço Gráfico IBGE, 1974.
CARNEIRO, R. Desenvolvimento em crise: a economia brasileira no último quarto do século XX. São Paulo: Ed. UNESP/UNICAMP, 2002.
CRUZ, P. D. Dívida externa e política econômica: a experiência brasileira dos anos setenta. São Paulo: Brasiliense, 1984.
DIAS, G. L.S.; AGUIRRE, B. M.B. Crise político-econômica: as raízes do impasse. In SOLA, L. (Org) Estado, mercado e democracia: política e economia comparadas. São Paulo: Paz e Terra, 1993.
DRAIBE, S. Rumos e metamorfoses: um estudo sobre a constituição do estado e as alternativas de industrialização no Brasil (1930-1960). São Paulo: Paz e Terra, 1985.
FARO, C. (Org). Plano Collor: avaliações e perspectivas. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1990.
FRANCO, G. H. B. A inserção externa e o desenvolvimento. Revista de Economia Política. v. 18, no 3 (71), jul./set. 1998, p. 121-147.
FURTADO, C. Análise do modelo brasileiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1975.
GIAMBIAGI, F. et alli. (Orgs.) Economia Brasileira Contemporânea. Rio de Janeiro: Campus/Elsevier, 2005.
KON, A. (Org.). Planejamento no Brasil II. São Paulo: Perspectiva, 1999.

LESSA, C. Visão crítica do II PND. Revista Tibiriça. vol. 2, num. 6, 1977.
LESSA, C. Quinze anos de política econômica. São Paulo: Brasiliense, 1981.
LOPES, F. O choque heterodoxo: combate à inflação e reforma monetária. Rio de Janeiro: Campus, 1986.
MOURA, A. Paeg e Real: dois planos que mudaram a economia brasileira. Rio de Janeiro: Editora da FGV, 2007.
MP. Programa de ação econômica do governo (1964-1966). Brasília: Ministério do Planejamento, 1964.
OLIVEIRA, F. A economia brasileira: críticas à razão dualista. Rio de Janeiro: Vozes, 1988.
PAULANI, L.; BIER, A.; MESSENBERG, R. O heterodoxo e o pós-moderno: o cruzado em conflito. São Paulo: Paz e Terra, 1987.
PREBISCH, R. O desenvolvimento econômico da América Latina e seus principais problemas. Revista Brasileira de Economia. v. 3, n. 3, 1949.
RESENDE, A. L. A política brasileira de estabilização 1963/1968. Pesquisa e Planejamento Econômico. dez/1982.
SANDOVAL, M. A.; GREMAUD, A. P.; TONETO Jr., R. Economia brasileira contemporânea. 6ª edição. São Paulo: Atlas, 2006.
SCHWARTSMAN, A. Auge e declínio do Leviathan: mudança estrutural e crise na economia brasileira. Dissertação (Mestrado em Economia: FEA-RP/USP), 1990.
SERRA, J. Ciclos e mudanças estruturais na economia brasileira após-guerra. Revista de Economia Política. vol.2, num.6, 1982.
SIMONSEN, M. H.; CAMPOS, R. de O. A nova economia brasileira. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1976.
SIMONSEN, M. H. 30 anos de indexação. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 1995.
SINGER, P. A crise do milagre: interpretação crítica da economia brasileira. 8ª edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989.
SUZIGAN, W. A indústria brasileira: origens e desenvolvimento. São Paulo: Brasiliense, 1986.
TAVARES, M. da C. Auge e declínio do processo de substituição de importações no Brasil. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.
TAVARES, M. da C. Da substituição de importações ao capitalismo financeiro. Rio de Janeiro: Zahar, 1975.
TONETO Jr., R. Estado, bancos e acumulação financeira no Brasil (1964-1984). Dissertação de Mestrado, IPE/USP, 1992.
WERNECK, R. L. F. Poupança estatal, dívida externa e crise financeira do setor público. Pesquisa e Planejamento Econômico. v. 16 n. 3, dez/1986.
ZINI Jr., Á. A. Reforma monetária e intervenção estatal e o Plano Collor. In: ZINI Jr, A.A. (Org). O mercado e o estado de desenvolvimento econômico nos anos 90. Brasília, Série IPEA n. 137, 1993.
 

Clique para consultar os requisitos para REC2413

Clique para consultar o oferecimento para REC2413

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP