Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
 
Discipinas Interdepartamentais de Nutrição e Metabolismo da FMRP
 
Disciplina: RNM4204 - Imunologia Básica
Basic Immunology

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2022 Desativação:

Objetivos
- Fornecer ao aluno condições para o conhecimento das células e dos componentes solúveis do sistema imune e também as condições para que possa compreender os mecanismos que envolvem todos esses componentes, caracterizando a indução de uma resposta imune celular e humoral. Após a compreensão desses mecanismos, capacitar o aluno ao entendimento das reações inflamatórias que caracterizam as hipersensibilidades e os processos de autoimunidade que podem gerar danos teciduais. Também serão fornecidas as condições para que o aluno possa compreender os processos envolvidos na ausência de uma resposta imune, como no caso de tolerância a antígenos e das imunodeficiências. Fornecer ao aluno condições para conhecer os componentes do Sistema Imune (SI) e como funcionam em conjunto para manter a saúde diante de desafios à homeostasia do organismo e conhecer as consequências do mau funcionamento do SI e respectivos mecanismos fisiopatológicos (doenças de hipersensibilidade, autoimunidade, câncer, imunodeficiências, e desfechos clínicos desfavoráveis das infecções). O conhecimento será contextualizado na prática profissional do nutricionista. O ensino de Imunologia Básica para o curso de Nutrição e Metabolismo recorre a duas estratégias empregadas concomitantemente: (1) Redescoberta do Básico e (2) Contextualização do Básico no Aplicado. O componente dito Redescoberta do Básico apresenta os conceitos fundamentais sobre o funcionamento do SI no contexto da saúde, das doenças de base imunológica e das terapias, incluindo imunoterapias para tratamento de doenças e intervenções nutricionais para bom funcionamento do sistema imune. Em suas aulas os docentes adotam a estratégia didática da “redescoberta”, onde as pesquisas que resultaram no estabelecimento do conceitos e mecanismos imunes são revisitados na aula. Problemas e situações da prática clínica do nutricionista são abordados no segundo componente da estratégia de ensino, dito Contextualização do Básico no Aplicado. É uma adaptação (variante) da estratégia do Problem-based learning porque conecta conceitos em Imunologia e prática profissional. Os problemas e situações empregados, listados a seguir, foram selecionados porque, ao mesmo tempo, são comumente encontrados na prática profissional do nutricionista, e constituem “ganchos” para apresentar conceitos fundamentais para o entendimento do funcionamento do sistema imune na homeostasia ou nas doenças. Também despertam o interesse do aluno e reforçam para ele a importância do profisssional ter base sólida nessa área do conhecimento, i.e., Imunologia. Após consulta a colegas nutricionista e nutrólogo, as situações clínicas e problemas a serem abordados mais sistematicamente ao longo do curso são: doença celíaca, alergia ao amendoim, desnutrição na anorexia nervosa, marasmo, kwashiokor e síndrome do intestino curto, síndrome metabólica e obesidade. Outras doenças serão abordadas pontualmente ao longo do curso, conforme acrescentam para a comprensão do funcionamento do sistema imune. O papel dos nutrientes no bom funcionamento do sistema imune também é apresentado, assim como o papel da microbiota e o papel dos nutrientes pré- e probióticos no funcionamento homeostático do sistema. Em resumo, os alunos são apresentados ao funcionamento do SI na saúde e na doença e recebem noções sobre o papel dos nutrientes no funcionamento do sistema imune na saúde e na doença e como doenças combase imunológica afetam o estado nutricional do ser humano. O papel da microbiota na regulação da resposta imune na saúde e na doença também é abordado.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3637016 - Daniela Carlos Sartori
890060 - Isabel Kinney Ferreira de Miranda Santos
 
Programa Resumido
Componentes do SI; integração dos componentes do SI na ativação, efetuação e regulação da resposta imune; mecanismos efetores do SI cntra patógenos e câncer; mecanismos fisiopatológicos de doenças nas quais o SI participa; impacto de nutrientes no SI e na microbiota e papel da microbiota na regulação do SI.
 
 
 
Programa
1. Introdução ao SI; Aspectos evolutivos da nutrição humana e imunidade (2 horas). 2. Células, tecidos e arquitetura funcional do SI, incluindo tecido adiposo (2 horas). 3. Imunidade inata e sua relação com a imunidade adquirida (2 horas). 4. Moléculas de reconhecimento do SI: Anticorpos: Estrutura e Função; Receptores de linfócitos B (2 horas). 5. Sistema Complemento (2 horas). 6. Moléculas de reconhecimento do SI: Receptores de linfócitos T e Complexo Principal de Histocompatibilidade (2 horas). 7. Geração do repertório de linfócitos B e mecanismos de geração de diversidade de imunoglobulinas; Geração do repertório de linfócitos T e Seleção de linfócitos T no timo (2 horas). 8. Processamento e apresentação de antígenos. (2 horas). 9. AVALIAÇÃO (4 horas). 10. Ativação de Linfócitos T e B (2 horas). 11. Imunidade de Mucosas: Organização estrutural e funcional. Doença celíaca (2 horas). 12. Mecanismos efetores de Imunidade à Patógenos e mecasnimso de escape do patógenos aos mecanismos imunes; Vacinas; Interferências nutricionais para otimizar respostas a vacinas (2 horas). 13. Tolerância imunológica e autoimunidade. Tolerância oral. (2 horas). 14. A resposta imune a tumores e cânceres do sistema imune. (2 horas). 15. Hipersensibilidades do tipo I; alergias alimentares (2 horas). 16. Hipersensibilidades do tipo II, III e IV; doença celíaca como alergia alimentar do tipo IV (2 horas). 17. Interação Sistema Imune-Microbiota: pré, probióticos e pós-bióticos (2 horas). 18. Efeito de Nutrientes Sobre o Sistema Imune; Patologias Nutricionais e Imunidade (2 horas). 19. AVALIAÇÃO FINAL (4 horas). 20. Trabalhos e questionário (3 horas)
 
 
 
Avaliação
     
Método
Provas, trabalho e questionário sobre artigo científico.
Critério
Aproveitamento mínimo de 50%
Norma de Recuperação
Nota mínima 3,0 e mínimo de 70% de frequência
 
Bibliografia
     
- Janeway’s Immunobiology. 9th edition, 2017 Kenneth Murphy & Casey Weaver Editors. Garland Science, Taylor&Francis Group - Nutrition, Immunity, and Infection. Edited by Philip C. Calder, Anil D. Kulkarni. 2017. CRC Press - Artigos cientificos clássicos e atuais
 

Clique para consultar os requisitos para RNM4204

Clique para consultar o oferecimento para RNM4204

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP