Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Engenharia de São Carlos
 
Engenharia de Produção
 
Disciplina: SEP0251 - Projeto e Operação de Sistemas de Produção
Design and Operation of Production Systems

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
Capacitar os estudantes a identificar e analisar os fatores internos e externos que caracterizam os diferentes sistemas de produção e, determinam a configuração dos fatores de produção e sua funcionalidade. Cada sistema de produção acaba tendo problemas gerenciais e operacionais específicos. Uma vez identificados os principais problemas associados à gestão de um sistema de produção, os alunos devem estar preparados para resolvê-los, a partir da aquisição de habilidades de modelagem dos processos básicos do Planejamento e Controle da Produção; para aplicar métodos e técnicas de solução de problemas de estoques e programação da produção.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3356034 - Walther Azzolini Junior
 
Programa Resumido
Tipologia dos sistemas de produção. A classificação proposta por Wild. Principais problemas associados aos sistemas de produção. Gestão da capacidade, Estratégias de Atendimento à Demanda, Programação das Atividades.
 
 
 
Programa
1) Produção por encomenda. Características, objetivos e processos decisórios. A programação de atividades (programação da produção). Aplicação dos gráficos de Gantt (simulação por tabuleiro e utilização de planilhas do Excel para integração de conceitos de contabilidade e custos) caracterizando o uso do Mapa de Carga.
2) Produção para estoques. Características, objetivos, problemas e processos decisórios. Definição das Estratégias de Atendimento à Demanda. Políticas de reposição e priorização. A tipologia ETO e MTO.
3) Produção intermitente repetitiva. Características e principais problemas.
4) Produção contínua. Características, objetivos, problemas e processos decisórios. Balanceamento de linha (simulação por meio de um jogo). A tipologia ATO.
5) A classificação proposta por Wild. Funções e estruturas dos sistemas de operações.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas teóricas, estudos de caso, palestras e projetos.
ATIVIDADES DISCENTES: Participação em aulas teóricas, em seminários e visitas técnicas. Elaboração de trabalhos em equipe e de projetos individuais.
Critério
n
Norma de Recuperação
Os critérios de avaliação da recuperação devem ser similares aos aplicados durante o semestre regular do oferecimento da disciplina;
1) A nota final (MF) do aluno que realizou provas de recuperação dependerá da média do semestre (MS) e da média das provas de recuperação (MR), como segue:
d) MF=5 se 5 ≤MR ≤ (10 - MS);
e) MF = (MS + MR) / 2 se MR > (10 – MS)
f) MF = MS se MR < 5.
2) O período de recuperação das disciplinas deve se estender do início até um mês antes do final do semestre subsequente ao da reprovação do aluno em primeira avaliação.
 
Bibliografia
     
Daniel A. Moreira. Introdução à administração da produção e operações. Editora Pioneira. São Paulo, 2008 (2ª edição).
Flávio César Faria Fernandes & Moacir Godinho Filho. Planejamento e Controle da Produção – dos fundamentos ao essencial. Editora Atlas, 2010.
James G. Correll & Kevin Herbert. Gaining Control – Managing Capacity & Priorities. John Wiley, 2007.
Ray Wild. Concepts for operations management. John Wiley, 1977.
Nigel Slack et al.. Administração da produção. Edição Compacta. Editora Atlas. São Paulo, 2009 (3ª edição).
Silvio R.I. Pires. Gestão estratégica da produção. Piracicaba: Universidade Metodista de Piracicaba, 1995.
 

Clique para consultar os requisitos para SEP0251

Clique para consultar o oferecimento para SEP0251

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2023 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP