Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Engenharia de São Carlos
 
Engenharia de Produção
 
Disciplina: SEP0359 - Adequação Ambiental de Empresas II: Sistemas e Programas
Environmentally Benign Companies II: Assessment Techniques

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2017 Desativação:

Objetivos
Fornecer conhecimentos teóricos e práticos das técnicas e programas da engenharia e gestão do ciclo de vida de produtos.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3026366 - Aldo Roberto Ometto
 
Programa Resumido
1. Gestão do ciclo de vida, ecologia industrial, economia circular e responsabilidade social corporativa. 2. SGA 3. Ecoinovação e Ecodesign. 4. P+L. 5. Estratégias de fim de vida de produto. 6. Certificação, Auditoria e Rotulagem ambiental.
 
 
 
Programa
1. Gestão do Ciclo de Vida e ecologia industrial: conceitos e pensamentos de ciclo de vida; estrutura; componentes e implementação da gestão do ciclo de vida, conceitos e princípios de ecologia industrial. Economia Circular: conceitos e aplicações; Casos e exemplos. Responsabilidade Social Corporativa: conceito, programa e indicadores do GRI. 2. Sistema de Gestão Ambiental (SGA); NBR ISO 14001 e 14004; requisitos com orientações para uso (NBR ISO 14001), diretrizes gerais sobre princípios, sistemas e técnicas de apoio (NBR ISO 14004). 3. Ecoinovação e Ecodesign: conceitos, técnicas, modelos e práticas. Exemplos e casos. 4. Produção mais Limpa: noções de co-eficiência, conceitos e metodologias, planejamento e organização, identificação de oportunidades, análise de viabilidade, monitoramento e melhoria contínua. 5. Estratégias de fim de vida de produto: reuso, reciclagem, remanufatura e logística reversa. 6. Certificação, Auditoria e Rotulagem Ambientais: conceitos, procedimentos e tipos de certificação, rotulagem e auditoria ambientais.
 
 
 
Avaliação
     
Método
2 (duas) provas individuais, trabalhos teóricos e práticos, seminários e participação em sala de aula.
Critério
Média ponderada das provas, trabalhos, seminários e participação.
Norma de Recuperação
Os critérios de avaliação da recuperação devem ser similares aos aplicados durante o semestre regular do oferecimento da disciplina;
1) A nota final (MF) do aluno que realizou provas de recuperação dependerá da média do semestre (MS) e da média das provas de recuperação (MR), como segue:
d) MF=5 se 5 ≤MR ≤ (10 - MS);
e) MF = (MS + MR) / 2 se MR > (10 – MS)
f) MF = MS se MR < 5.
2) O período de recuperação das disciplinas deve se estender do início até um mês antes do final do semestre subsequente ao da reprovação do aluno em primeira avaliação.
 
Bibliografia
     
ABNT. NBR ISO 14001. Sistemas de Gestão Ambiental: especificação e diretrizes para o uso. Rio de Janeiro, 2015. ABNT. NBR ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental: especificação e diretrizes para o uso. Rio de Janeiro, 2004. ABNT. NBR ISO 14040. Gestão Ambiental - Avaliação do ciclo de vida - Princípios e estrutura. ABNT. Rio de Janeiro, 2009. ABNT. NBR ISO 14044. Gestão Ambiental - Avaliação do ciclo de vida - Requisitos e orientações. ABNT. Rio de Janeiro, 2009. ABNT. NBR ISO 19011. Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão. Rio de Janeiro, 2012. ABNT. NBR ISO 26000. Diretrizes sobre responsabilidade social. Rio de Janeiro, 2010. BARBIERI, J.C. Gestão Ambiental Empresarial. São Paulo: Saraiva, 2004. DONAIRE, D. Gestão ambiental na empresa. 2. Ed. São Paulo: Atlas, 1999. ELLEN MacArthur Foundation. (2015). Rumo à economia circular: o racional de negócio para acelerar a transição. Cowes, Isle of Wight: Ellen Mac Arthur Foundation, 2015. Disponível em: ELKINGTON, J. Sustentabilidade: Canibais com garfo e faca. M. Books, 2011. GIANNETTI, B. F., ALMEIDA, C. M. V. B. Ecologia Industrial. Conceitos, ferramentas e aplicações. Edgard Blucher, 2006. MANZINI, E., VEZZOLI, C. O Desenvolvimento de Produtos Sustentáveis - Os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: Edusp, 2002. 367 p. OMETTO, A. R. Avaliação do Ciclo de Vida do Álcool Etílico Combustível por meio dos métodos EDIP, Exergia e Emergia. Tese (doutorado). EESC-USP. 2005. PORTER, M. E., KRAMER, M. R. Strategy and Society: A Link Between Competitive Advantage and Corporate Social Responsibility. In: Harvard Business Review, Dec, 2006. SLACK, N., CHAMBERS, S., HARLAND, C., HARRISON, A., JOHNSTON, R. Administração da Produção. São Paulo: Atlas, 2002. UNEP. Cleaner Production: A trainning resource package. First edition. March, 1996. UNEP. UNEP Guide to Life Cycle Management: A bridge to sustainable products. 2006. UNEP. Life Cycle Management: A business guide to sustainability. 2007. Disponível em: http://www.unep.org/pdf/dtie/DTI0889PA.pdf UNEP. Life Cycle Management. How business uses it to decrease footprint, create opportunities and make chains more sustainable. Disponível em: http://www.unep.fr/shared/publications/pdf/DTIx1208xPA-LifeCycleApproach-Howbusinessusesit.pdf WENZEL, H., HAUSCHILD, M., ALTING L. Environmental Assessment of Products. Bonton/Dordrecht/London; Kluwer Academic Publihers. V.1, 1997.
 

Clique para consultar os requisitos para SEP0359

Clique para consultar o oferecimento para SEP0359

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP