Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação
 
Matemática
 
Disciplina: SMA0350 - Ensino de Matemática para Alunos com Necessidades Especiais
Mathematics Teaching for Students with Special Needs

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2020 Desativação:

Objetivos
Com esta disciplina pretende-se levar o licenciando a um exame da literatura e legislação disponíveis sobre a temática da inclusão escolar, com primazia para aqueles alunos portadores de necessidades especiais ou deficientes físicos/ mentais. Pretende-se, num segundo momento, relacionar essa temática com questões específicas do ensino e aprendizagem de Matemática nos níveis Fundamental e Médio e suas relações com a formação do professor dessa disciplina.
 
The main aims of this discipline are that future mathematics teachers: exam literature and laws related to the theme of scholar inclusion, mainly for students with special needs; relate this theme to specific questions of teaching and learning of mathematics at Elementary and High School, and to mathematics teachers professional preparation.
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
6726550 - Esther de Almeida Prado Rodrigues
 
Programa Resumido
A literatura sobre a temática da inclusão. Legislação Brasileira a respeito. A formação do professor de matemática para a inclusão de alunos portadores de necessidades especiais e a inclusão sociocultural. Estudos sobre o ensino e a aprendizagem de Matemática com relação a esse alunado específico.
 
The literature about inclusion. Brazilian Laws about scholar inclusion. The professional preparation of mathematics teachers for the inclusion of students with special needs and social inclusion. Practical studies about the teaching and learning of mathematics for students with special needs.
 
 
Programa
A literatura sobre a temática da inclusão, no Brasil e em outros países. A relação entre “fracasso escolar” e a inclusão de “deficientes sociais” e de deficientes  físicos/mentais. Legislação Brasileira: a LDB e a inclusão. A formação do professor de matemática para a inclusão de alunos portadores de necessidades especiais (deficientes físicos/mentais) e a inclusão sociocultural: requisitos para uma inclusão efetiva; a relação com a família; a avaliação psicopedagógica.  Estudos sobre o ensino e a aprendizagem  de Matemática com relação a esse alunado específico: alguns artigos que tratam dessa relação, na literatura brasileira.
 
The literature about inclusion. Brazilian Laws about scholar inclusion. The professional preparation of mathematics teachers for the inclusion of students with special needs and social inclusion. Practical studies about the teaching and learning of mathematics for students with special needs.
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, Seminários, trabalhos práticos em grupo e individuais.
Critério
Avaliação por meio de provas escritas, trabalhos e seminários.
Norma de Recuperação
Número de provas: no mínimo uma (01) e no máximo duas (02) provas.
Critério de aprovação: a nota final (MF) do aluno que realizou provas de recuperação dependerá da média do semestre (MS) e da média das provas de recuperação (MR), como segue:
MF=5 se 5 <= MR <= 10 - MS;
MF = (MS + MR) / 2 se MR 10 - MS
MF = MS se MR 5.
 
Bibliografia
     
Livros-Textos: 
• CANDAU, V.M. (org.) A Didática em questão. 8ed., Petrópolis: Vozes, 1989 
• HAYDT, R.C.C. Curso de Didática Geral. São Paulo: Ática, 1994. 
• LIBANEO, J.C., Didática. São Paulo: Cortez, 1991. 
• LUCKESI, C.C. Filosofia da Educação. São Paulo: Cortez, 1991. 
• PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000. 
• CANDAU, V.M. Rumo a uma nova didática 20ª Ed., Petrópolis: Vozes, 2010.

 Complementares: 
• ABRECHT, R. Avaliação formativa. Portugal: ASA, 1994. 
• CASTRO, A.D. de & Carvalho, A.M.P. de (orgs.). Ensinar a ensinar: didática para a escola fundamental e média. São Paulo: Pioneira, 2001. 
DECLARAÇÃO DE SALAMANCA. Sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais. Disponível em portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acessado em 11/07/2017. 
• FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 17ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. 
. FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
• MELLO, Roseli; BRAGA, Fabiana; GABASSA, Vanessa. Comunidades de Aprendizagem: uma outra escola é possível. São Carlos: EdUFSCar, 2012. 
• • MISUKAMI, M.G.N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986. 
•MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Disponível em portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/EdgarMorin.pdf. Acessado em 20/01/2018. 
PIMENTA, Selma G. (Org.). Didática e formação de professores. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2010. 
• SACRISTÁN, J. Gimeno; Pérez GÓMEZ, A. I. Compreender e transformar o ensino. 4.ed. Porto Alegre: ArtMed, 1998. 
• SAVIANI, D. Escola e democracia. São Paulo: Cortez, 1984. 
• SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. São Paulo: Cortez, 1991. 
• SOARES, Magda. Metamemória-memórias: travessia de uma educadora. São Paulo: Cortez, 2001 
• TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências com relação à formação do magistério. Revista Brasileira de Educação, jan./mar., n. 13, p. 5-24, 2000 
• VASCONCELLOS, C.S. Planejamento: projeto de ensino-aprendizagem e projetos políticos pedagógicos. 7ed., São Paulo: Libertad, 2000. 
• VEIGA, I.P.A. (org.) Técnicas de ensino: por que não? Campinas: Papirus, 1996. 
•VEIGA, I. P. A.. Inovações e projeto político-pedagógico: uma relação regulatória ou emancipatória? Cad. Cedes, Campinas, v. 23, n. 61, p. 267-281, dezembro 2003
 

Clique para consultar os requisitos para SMA0350

Clique para consultar o oferecimento para SMA0350

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2023 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP